Pular para o conteúdo principal

Então, lembra a estrela Ross 128? Não eram ETs



POR SALVADOR NOGUEIRA

Mais uma edição do imprevisível bingo da busca por inteligência extraterrestre chega ao fim, de novo sem ganhador. Após novas observações e uma análise das circunstâncias, os cientistas ligados ao radiotelescópio de Arecibo, em Porto Rico, concluíram que o sinal que parecia emanar da estrela Ross 128, a 11 anos-luz de distância, era mesmo artificial… mas proveniente de satélites em volta da Terra.

Os pesquisadores batizaram o sinal de “Weird!” (esquisito) e estavam ansiosos por encontrar um novo fenômeno astrofísico (como já aconteceu tantas outras vezes com sinais estranhos, como na descoberta de pulsares, quasares e disparos rápidos de rádio). Em vez disso, o que eles encontraram foi uma região do céu com grande concentração de satélites geoestacionários.

Ficou decepcionado? Os cientistas também. Mas é o preço de viver numa época em que acompanhamos a ciência em “tempo real”. Nem tudo que parece promissor no começo da semana acaba com uma descoberta, e muitas vezes tudo não passa de um engano.

“Após uma cuidadosa análise das observações realizadas no último domingo no Observatório de Arecibo, junto com o SETI Berkeley no Telescópio de Green Bank e com o ATA do Instituto SETI, agora temos confiança sobre a origem do sinal ‘Weird!'”, escreveu Abel Mendez, da Universidade de Porto Rico. “A melhor explicação é que os sinais são transmissões de um ou mais satélites geoestacionários. Isso explica por que os sinais estavam dentro das frequências de satélite e só apareciam e persistiam em Ross 128; a estrela está próxima ao equador celeste em que muitos satélites geoestacionários estão localizados.”

Ross 128, em laranja, em meio a um mar de satélites geoestacionários. (Crédito: Breakthrough Listen)

Isso ainda deixa alguns pontos de interrogação na cabeça dos cientistas, mas encaminha a questão para uma solução bem trivial. “Essa hipótese ainda não explica os fortes traços de dispersão dos sinais; contudo, é possível que múltiplas reflexões causassem essas distorções, mas precisaremos de mais tempo para explorar esta e outras possibilidades.”

O desfecho está alinhado com uma das três hipóteses mais prováveis levantadas de saída pelos cientistas (nenhuma das quais era comunicação de inteligência extraterrestre), mas ajudou a revelar algo sobre a própria psique humana e sua tendência a, por vezes, abraçar hipóteses menos prováveis e mais atraentes.

Isso porque, surpresos pelo enorme interesse pelo sinal, ao longo da semana, os pesquisadores liderados por Mendez realizaram uma pequena enquete com cerca de 800 pessoas, dentre elas mais de 60 astrônomos.

A pergunta feita a elas foi: “O que você acha que é?”, e dez respostas possíveis estavam à disposição: (1) atividade estelar, (2) outra fonte astronômica, (3) um satélite, (4) interferência local, (5) falha instrumental, (6) erro na aquisição dos dados, (7) erro no processamento ou calibração dos dados, (8) padrão no ruído, (9) sinais alienígenas e (10) outra explicação. Para cada uma dessas opções, era preciso assinalar “quase certeza”, “altamente provável”, “improvável”, “muito improvável” e “apenas nos sonhos mais loucos”.


Os resultados da enquete feita pela equipe de Abel Mendez, da Universidade de Porto Rico. (Crédito: Abel Mendez/UPR)

Os resultados foram interessantes. De forma geral, a maioria das respostas se alinharam em torno das opções 1 e 2, que colocavam o sinal como uma potencial descoberta astronômica. Essas respostas, contudo, eram mais cautelosas, e se concentravam em torno da resposta “altamente provável”.

Em compensação, vimos uma resposta significativa na alternativa 9, sinais alienígenas. Ela foi a que teve o maior número de respostas na linha “quase certeza” — mais de 125. No geral, cerca de um quarto dos participantes achavam que a explicação mais provável era:


(Você sabe qual é a legenda deste meme.)
Um número ainda maior, contudo, considerava que essa hipótese só seria correta “nos sonhos mais loucos”.

“Embora nós não necessariamente compartilhemos qualquer dessas opiniões, esses resultados refletem as expectativas ainda altas que o público mantém da possibilidade de contatar inteligência extraterrestre”, escreveu Mendez.

Bem, como esperado, não foi desta vez. Mas ninguém está desistindo.

http://ufos-wilson.blogspot.com.br/2017/07/sinal-de-radio-vindo-de-ross-128.html

FONTE: http://mensageirosideral.blogfolha.uol.com.br

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ovnis e estranhas criaturas próximos ao Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (RN)

Desde o ano de 2016 militares da Aeronáutica que trabalham na Barreira do Inferno já percebiam bolas de luzes alaranjadas como também feixes de luzes amarelados no céu noturno, bem próximo daquela região. Por desconhecerem totalmente a origem dessas luzes misteriosas e a finalidade delas, vários militares observavam intrigados e chegavam a comentar entre eles sobre esses fenômenos luminosos. Dias após a percepção dessas claridades no céu noturno, alguns militares começaram a perceber ao redor daquela localidade o aparecimento de criaturas vivas, de seres que não eram humanos. Um dos militares chegou a ver um "Urso Polar" e imediatamente comunicou a outros militares de plantão. Tal militar chegou a passar mal após a aparição de tal criatura. Já um outro militar flagrou uma outra criatura aparentando ser um "homem de grande porte" sair andando de dentro da água do mar. Outro militar relata que presenciou duas criaturas que de início pareciam apenas dois cachorros g…

Ovnis em Iporanga (SP)

Entrada da Casa de Pedra, caverna com maior boca do Mundo, 215 metros.

Iporanga em tupi significa “Rio Bonito” e foi palco da exploração de ouro no período colonial e, posteriormente da exploração de chumbo e zinco no século passado. Na região há famosas cavernas: Formação Iporanga e Formação Votuverava. Em Iporanga, efetuaram-se diversos estudos de mapeamento geológico e pesquisa mineral, sobretudo pela CPRM - Serviço Geológico do Brasil. A seção geológica mais conhecida é o famoso perfil Apiaí-Iporanga. A cidade atrai muitos visitantes por possuir lindas cachoeiras, piscinas naturais, vales, grutas e cavernas. Iporanga é a cidade que possui o maior número de cachoeiras em todo o Brasil, nas 365 cavernas cadastradas. O turista poderá praticar esportes radicais como o rapel, canyonismo e trekking. Atrativos culturais podem ser visitados como o museu da cidade, a Igreja Matriz e as casas com o estilo colonial. Por todos estes motivos, Iporanga é considerada um dos mais importantes cent…

O caso Roswell nordestino: Queda de UFO na Bahia, em Janeiro de 1995

Por Ufo Bahia: Nessa data, as 09:00 horas, uma in­formante do G-PAZ, "M" da TV BAHIA me ligou contando uma mirabolante his­tória de queda de um UFO em Feira deSantana(BA) a 112 Km de Salvador. Umfazendeiro de apelido Beto, tinha ligadopara TV SUBAÉ daquela cidade oferecen­do – em troca de dinheiro – um furo dereportagem; um disco voador tinha caído na sua fazenda e ele tinha provas e ima­gens do fato!
Apenas depois do meio dia, conse­gui – por fim – falar com Beto, que apóssua proposta de negócio, ante minha (apa­rente) frieza, me contou com bastante de­talhes o acontecido. Soube que tambémtentara vender suas provas a TV BAHIA,onde procurou o repórter José Raimundo:
"Ontem pela madrugada caiu algu­ma coisa na minha fazenda, dentro de umalagoa. Era do tamanho de um fusca; aqui­lo ficou boiando parcialmente submerso,perto da beirada. Tentei puxar como pude,trazendo para perto de mim, com uma vara.Aquilo parecia um parto... (quando seabriu uma porta) começou primeiro a sa…