Pular para o conteúdo principal

Neurologista estuda onda cerebrais de abduzidos por ETs



Um homem entra no consultório de um neurologista e diz: “Doutor, fui abduzido por alienígenas, os quais implantaram algo no meu cérebro”. O médico:

a) Indica um psiquiatra ao homem?

b) Pede para ele se dirigir à Área 51?

c) Confere a apólice de seguro do homem para ver se ele está coberto?

Se você for o Dr. Michael B. Russo, você conecta o homem a uma máquina especial, mapeia as suas ondas cerebrais, as compara com outros pacientes que alegam ter sido abduzidos e publica os surpreendentes resultados.

O Dr. Russo possui a única máquina de eletroencéfalografia de conjunto denso (iniciais em inglês: DEEG) no Havaí – um aparelho de US$ 200.000,00, para mapear as ondas cerebrais. A Grande Ilha deve ser um local popular para os alienígenas, pois o Dr. Russo tem recebido vários pacientes alegando terem sido abduzidos e que receberam implantes cerebrais. Ele faz uma varredura de todos e compara os resultados. O que o Dr. Russo descobriu foi que todos os pacientes mostraram anormalidades em seus lóbulos parietais (em verde na gravura abaixo).



Russo explica o que isto pode significar:

Essa é a região que faz a integração visual e auditiva com a sequência alta de pensamento. As áreas parietais processam os dados visuais e de audição, mas podem intrinsecamente criá-los por si mesmas e enviá-los para a região pré-frontal, onde você se torna ciente disso. …há algo nas regiões parietais que está gerando (o sentimento de que transmissões de alienígenas estão sendo enviadas para o cérebro).

A onda elétrica cerebral se parece muito com a de pacientes que têm passado por ferimentos cerebrais traumáticos. Isto significa que seus cérebros podem ter sido machucados enquanto receberam os implantes? Infelizmente, o DEEG não é uma máquina de raio-X. Russo diz aos pacientes que pode lhes medicar para reduzir a dor e os sons, bem como as sensações das transmissões, mas ele não pode remover o transmissor.

Para tal, eles necessitariam ver alguém como o Dr. Roger K. Leir, um especialista em doenças de pé e autor de “Casebook: Alien Implants”, o qual fez cirurgias em 15 pessoas que alegavam ter sido abduzidas, e removeu 16 objetos implantados nestes pacientes. Infelizmente, o Dr. Leir faleceu em 2014.

Isto nos deixa com algumas perguntas interessantes que o Dr. Russo pode endereçar quando apresentar seu estudo no vindouro evento da Organização de Mapeamento do Cérebro Humano. Seriam as abduções alienígenas e as histórias de implantes somente sintomas de um cérebro danificado? Teria o dano sido causado pelo implante ou algo mais? Deveria o Dr. Russo obter o livro do Dr. Lear e tentar encontrar os implantes em seus pacientes? Por que há tantos desses casos no Havaí?

FONTE: http://mysteriousuniverse.org/

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça histórias de pessoas que foram abduzidas por Extraterrestres

As pessoas do mundo se dividem em dois grandes grupos e um terceiro bem pequeno.

Os dois grandes grupos são: aqueles que acham que ETs existem e aqueles que acham que ETs não existem.

Correndo por fora, existe uma minoria silenciosa que se mantém quietinha, aparentemente, porque, se essas pessoas disserem as coisas que elas sabem, ninguém acreditaria nelas.

Elas fazem parte do pequeno grupo que jura de pé junto ter feito contato com seres extraterrestres.

O fotógrafo nova-iorquino Steven Hirsch, de 63 anos, é um cara que, se não acredita nessas pessoas, pelo menos acredita no direito que elas têm de contar suas histórias do jeito que quiserem.

Por isso, ele criou um blog em que entrevista e fotografa gente que diz ter sido abduzida por alienígenas. O endereço é littlestickylegs.blogspot.co.uk.

- Eu não quero que os meus leitores tenham nenhum tipo de ideia pré-concebida sobre essas pessoas até qie eles vejam suas imagens e leiam suas palavras. Minhas entrevistas mal conseguem ir além…

Mémorias da Ufologia: Caso SANTA ISABEL

FOTOS DO LAUDO

Na localidade de Santa Izabel(SP) em junho de 1999, a Sra. Alzira Maria de Jesus foi encontrada morta na sua cama, e por volta das 8 hs da manhã sua nora percebe o fato e sai imediatamente para ir ao orelhão e ligar para o seu marido e espera à ajuda e , ao chegar de volta em casa quase 40 min.depois a nora vê o corpo da sra. com o rosto totalmente desfigurado e praticamente sem carne; foi feito o boletim de ocorrência na delegacia da cidade sob n°145/99 em 24 de Junho. Posteriormente confirmou-se que à causa da morte foi a parada respiratória, mas o que aconteceu realmente como rosto desta sra. num espaço menor de uma hora?O laudo é cita sobre as configurações do mesmo, inclusive nas cavidades oculares, mas o que teria causado à perda do rosto ficou indeterminada. Mais estranho ainda é que na noite anterior aos fatos foram vistas bolas de luz voando nessa região rural e no início da madrugada os animais,como cachorros,gansos,e outros começaram à fazer um intenso barulh…

O caso Roswell nordestino: Queda de UFO na Bahia, em Janeiro de 1995

Por Ufo Bahia: Nessa data, as 09:00 horas, uma in­formante do G-PAZ, "M" da TV BAHIA me ligou contando uma mirabolante his­tória de queda de um UFO em Feira deSantana(BA) a 112 Km de Salvador. Umfazendeiro de apelido Beto, tinha ligadopara TV SUBAÉ daquela cidade oferecen­do – em troca de dinheiro – um furo dereportagem; um disco voador tinha caído na sua fazenda e ele tinha provas e ima­gens do fato!
Apenas depois do meio dia, conse­gui – por fim – falar com Beto, que apóssua proposta de negócio, ante minha (apa­rente) frieza, me contou com bastante de­talhes o acontecido. Soube que tambémtentara vender suas provas a TV BAHIA,onde procurou o repórter José Raimundo:
"Ontem pela madrugada caiu algu­ma coisa na minha fazenda, dentro de umalagoa. Era do tamanho de um fusca; aqui­lo ficou boiando parcialmente submerso,perto da beirada. Tentei puxar como pude,trazendo para perto de mim, com uma vara.Aquilo parecia um parto... (quando seabriu uma porta) começou primeiro a sa…