Pular para o conteúdo principal

Lembram de Projeto U.F.O.?


(E-D) Caskey Swain e Edward Winter em “Projeto U.F.O.”

A série foi produzida entre 1978 e 1979, com um total de 26 episódios, capitalizando a mania de objetos voadores não identificados que existia nessa época. Tendo como referência casos reais, as histórias acompanhavam as atividades de dois militares investigando o testemunho de diferentes pessoas, que alegavam ter visto discos voadores. “Projeto U.F.O./Project U.F.O.” foi […]

Por Fernanda Furquim

A série foi produzida entre 1978 e 1979, com um total de 26 episódios, capitalizando a mania de objetos voadores não identificados que existia nessa época.

Tendo como referência casos reais, as histórias acompanhavam as atividades de dois militares investigando o testemunho de diferentes pessoas, que alegavam ter visto discos voadores.

“Projeto U.F.O./Project U.F.O.” foi criada por Harold Jack Bloom a partir de uma ideia de Jack Webb, ator e produtor que ficara famoso pelas séries “Dragnet”, “Emergência” e “Marcus Welby”.

Fascinado pelo tema, Webb resolveu produzir uma série sobre discos voadores quando tomou conhecimento da existência do Projeto Livro Azul, mantido pela Força Aérea entre 1952 e 1969.

O objetivo desse projeto era investigar as declarações que eram feitas sobre discos voadores em território americano. Considerado secreto enquanto esteve em atividade, o Projeto Livro Azul se tornou alvo de curiosidade e especulações quando o governo anunciou que encerraria as atividades em torno dele.

Webb teve acesso aos arquivos, abertos ao público. Na época, existiam 12.618 mil casos registrados, os quais Webb utilizou como referência para criar a série “Projeto U.F.O.”

Mas, se por um lado o Projeto Livro Azul nunca estabeleceu a presença alienígena na Terra, sua versão ficcional deixava em aberto a possibilidade de que extraterrestres estariam estudando a vida no planeta.

A série foi produzida pela Mark VII Limited em parceria com a Worldvision Enterprises, empresa que seria comprada pela CBS Corporation, tendo como produtor executivo o Major aposentado da Força Aérea Bill T. Coleman, um dos oficiais que foi responsável pelo Projeto Livro Azul.

“Projeto U.F.O.” apresentava o Major Jake Gatlin (William Jordan), um piloto da Força Aérea que, após testemunhar a aparição de um objeto voador não identificado, pede transferência para trabalhar com o Projeto Livro Azul, através do qual passa a investigar a existência ou não de vida extraterrestre na Terra.


(E-D) William Jordan e Caskey Swain

Ao lado de seu assistente, o Sargento Harry Fitz (Caskey Swaim), um jovem que veio do sul e tem pouca experiência nessa área, os dois oficiais entrevistam testemunhas que registraram ocorrências. O objetivo da dupla não era desacreditar os depoimentos destas testemunhas, mas trazer uma justificativa ou uma explicação para aquilo que elas viram.

Cada episódio apresentava um caso diferente. Tal qual foi feito com “Dragnet”, série policial dos anos de 1950, criada por Jack Webb, a série “Projeto U.F.O.” não tomava partido. A situação era apresentada na introdução de cada episódio e posteriormente relatada aos oficiais, que depois passavam a investigar o local e os envolvidos, finalizando com uma explicação.

Geralmente eles atribuíam o fato a uma situação climática ou ao resultado de ações de terceiros, sem de fato relacioná-los a uma aparição alienígena. No entanto, em alguns casos, após eles partirem cenas mostravam que nem sempre eles estavam certos. Poucas foram as vezes em que a dupla reconheceu que não tinha uma explicação plausível para o que foi testemunhado.

Quando a série entrou para a segunda temporada, o ator William Jordan foi substituído por Edward Winter, que interpretou o Capitão Ben Ryan. Os produtores não chegaram a justificar a troca de atores. Orçada em 500 mil dólares por episódio, a série foi exibida pela rede NBC.

O Projeto Livro Azul voltaria a fazer parte do universo das séries em outras produções como, por exemplo, “Galactica 1980″, spinoff de “Galactica”, na qual os personagens chegam à Terra. O projeto também seria reutilizado em “Twin Peaks”, onde o personagem de Don S. Davis (Major Briggs) é um dos oficiais que trabalham com o projeto.

Abaixo 3 episódios da série:







FONTE: Revista Veja - lindholm thibeault - Argentino Patriota

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mémorias da Ufologia: Caso SANTA ISABEL

FOTOS DO LAUDO

Na localidade de Santa Izabel(SP) em junho de 1999, a Sra. Alzira Maria de Jesus foi encontrada morta na sua cama, e por volta das 8 hs da manhã sua nora percebe o fato e sai imediatamente para ir ao orelhão e ligar para o seu marido e espera à ajuda e , ao chegar de volta em casa quase 40 min.depois a nora vê o corpo da sra. com o rosto totalmente desfigurado e praticamente sem carne; foi feito o boletim de ocorrência na delegacia da cidade sob n°145/99 em 24 de Junho. Posteriormente confirmou-se que à causa da morte foi a parada respiratória, mas o que aconteceu realmente como rosto desta sra. num espaço menor de uma hora?O laudo é cita sobre as configurações do mesmo, inclusive nas cavidades oculares, mas o que teria causado à perda do rosto ficou indeterminada. Mais estranho ainda é que na noite anterior aos fatos foram vistas bolas de luz voando nessa região rural e no início da madrugada os animais,como cachorros,gansos,e outros começaram à fazer um intenso barulh…

O caso Artur Berlet, O homem que foi para o Planeta Acart

O "Caso Berlet" ocorreu em 25 de maio de 1958 (faleceu em 1995), quando o gaúcho Artur Berlet, da cidade de Sarandí – RS, desapareceu por 11 dias.
Segundo Berlet teria sido abduzido e levado para um planeta chamado Acart aproximadamente 65,000,000 km da terra, demorou cerca de 38horas para chegar, onde ficou 11 dias em uma cidade com quase 90 milhões de habitantes. O curioso do fato que conseguiu comunicação com extraterrestres através do idioma Alemão.

Durante esse tempo, Berlet teve a chance de ver a Terra a partir do espaço. conhecer objetos e tecnologias que só teríamos posteriormente no decorrer do avanço dos humanos.
Após décadas, a fantástica história do gaúcho ainda surpreende a todos. Quem reconstituiu a história desse caso para a RBS foi a professora Ana Berlet, filha de Artur.

Vejam o nível da informação:

O Artur Berlet através de uma aparelho de Acart o qual olhou a terra, disse;
“a terra era AZUL.”



Ok ! parece nada demais, mas o fato é que ele disse anos ant…

Filme "Intruders" (Intrusos) 1992

Ao pesquisar problemas de duas de suas pacientes, proeminente psiquiatra de um importante hospital de Los Angeles (Interpretado pelo falecido ator Richard Crenna na vida real John Mack, psiquiatra formado em Harvard Medical School, 1955.) acaba penetrando em um universo de estranhas ocorrências relacionadas com OVNIs, que modificarão sua própria vida.

"Intruders" foi baseado no best-seller de Budd Hopkins e em casos verídicos que hoje compõem um vasto arquivo de histórias vividas por muitas pessoas que passaram por experiências com seres extraterrestres, e que neste filme colaboraram com renomados pesquisadores do assunto na reconstituição dos episódios.

Best Seller "Intruders" (Intrusos)

Algumas cenas do filme:








Filme legendado em português:




Inspiração do filme Intruders (Intrusos), mulher relata contato com ETs



A americana Debbie Jordan, que relata um contato com extraterrestres há 34 anos, comentou que ficaria chocada se houvesse uma nova aproximação, mas não enc…