Pular para o conteúdo principal

Estas são as primeiras imagens da sonda InSight vista do espaço


IMAGENS DA MRO MOSTRAM A SONDA INSIGHT DA NASA VISTA DO ESPAÇO (FOTO: NASA/JPL-CALTECH/UNIVERSITY OF ARIZONA)

Registros feitos por outra nave da NASA, a Mars Reconnaissance Orbiter, mostram InSight em Marte

ANASA divulgou as primeiras imagens da sonda InSight vista do espaço. A nave viajou mais de 480 milhões de quilômetros com o objetivo de passar dois anos em Marte estudando sua estrutura para entender como ele e outros objetos rochosos, como a Terra, por exemplo, foram formados.

As fotos foram captadas pela câmera HiRISE de outra nave da agência espacial norte-americana, a Mars Reconnaissance Orbiter (MRO), nos dias 6 e 11 de dezembro. A InSight, seu escudo e paraquedas aparecem a 300 metros de distância uns dos outros na Elysium Planitia, planícia de lava onde a sonda aterrissou.


A SONDA INSIGHT NA ELYSIUM PLANITIA EM MARTE (FOTO: NASA/JPL-CALTECH/UNIVERSITY OF ARIZONA)

Nas imagens, partes da superfície marciana aparecem em azul-petróleo, que não é a cor verdadeira delas. Isso acontece porque, no momento dos registros, a luz refletiu a superfície deixando a cor saturada.


A NAVE CHEGOU NO PLANETA VERMELHO NO FIM DE NOVEMBRO (FOTO: NASA/JPL-CALTECH/UNIVERSITY OF ARIZONA)

As porções escuras em torno da sonda são resultado da combustão realizada durante sua aterrissagem.


A INSIGHT ESTÁ A 300 METROS DE SEU ESCUDO E PARAQUEDAS (FOTO: NASA/JPL-CALTECH/UNIVERSITY OF ARIZONA)

Missão científica

Durante sua estadia, a InSight estudará as partes mais profundas da estrutura do planeta vermelho. Primeiro, o Instrument Deployment Arm (IDA) aplicará no solo o sismômetro, o Experimento Sísmico para Estrutura Interna (SEIS) e a HP3, sonda de fluxo de calor e propriedades físicas. Esse trio será auxiliado por análises científicas de rádio do Rotation and Interior Structure Experiment (RISE).

SEIS será o primeiro sismógrafo a chegar em Marte em 40 anos, e sentirá tremores, impactos de meteoritos ou mesmo agitação de magma. Junto com o SEIS, a HP3 irá descer cinco metros na crosta marciana – o que representa apenas 10% da crosta de Marte, mas a profundidade é boa o suficiente para permitir análises do calor interior do planeta.


SONDA INSIGHT DA NASA (FOTO: NASA/WIKIMEDIA COMMONS)

FONTE: REVISTA GALILEU

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mémorias da Ufologia: Caso SANTA ISABEL

FOTOS DO LAUDO

Na localidade de Santa Izabel(SP) em junho de 1999, a Sra. Alzira Maria de Jesus foi encontrada morta na sua cama, e por volta das 8 hs da manhã sua nora percebe o fato e sai imediatamente para ir ao orelhão e ligar para o seu marido e espera à ajuda e , ao chegar de volta em casa quase 40 min.depois a nora vê o corpo da sra. com o rosto totalmente desfigurado e praticamente sem carne; foi feito o boletim de ocorrência na delegacia da cidade sob n°145/99 em 24 de Junho. Posteriormente confirmou-se que à causa da morte foi a parada respiratória, mas o que aconteceu realmente como rosto desta sra. num espaço menor de uma hora?O laudo é cita sobre as configurações do mesmo, inclusive nas cavidades oculares, mas o que teria causado à perda do rosto ficou indeterminada. Mais estranho ainda é que na noite anterior aos fatos foram vistas bolas de luz voando nessa região rural e no início da madrugada os animais,como cachorros,gansos,e outros começaram à fazer um intenso barulh…

O caso Artur Berlet, O homem que foi para o Planeta Acart

O "Caso Berlet" ocorreu em 25 de maio de 1958 (faleceu em 1995), quando o gaúcho Artur Berlet, da cidade de Sarandí – RS, desapareceu por 11 dias.
Segundo Berlet teria sido abduzido e levado para um planeta chamado Acart aproximadamente 65,000,000 km da terra, demorou cerca de 38horas para chegar, onde ficou 11 dias em uma cidade com quase 90 milhões de habitantes. O curioso do fato que conseguiu comunicação com extraterrestres através do idioma Alemão.

Durante esse tempo, Berlet teve a chance de ver a Terra a partir do espaço. conhecer objetos e tecnologias que só teríamos posteriormente no decorrer do avanço dos humanos.
Após décadas, a fantástica história do gaúcho ainda surpreende a todos. Quem reconstituiu a história desse caso para a RBS foi a professora Ana Berlet, filha de Artur.

Vejam o nível da informação:

O Artur Berlet através de uma aparelho de Acart o qual olhou a terra, disse;
“a terra era AZUL.”



Ok ! parece nada demais, mas o fato é que ele disse anos ant…

A noite em que Lavras (MG) parou para ver um UFO

Serra da Bocaina no município de Lavras (MG)

Na noite de 1º de junho de 1969, um UFO sobrevoou a cidade de Lavras, região Sul do estado de Minas Gerais, sendo observado por centenas de pessoas. O fotógrafo amador e médico Dr. Rêmulo Tourino Furtini tirou diversas fotografias do estranho objeto, que chegou a fazer um pouso em um pasto existente na época. O sargento Inocêncio França do Tiro de Guerra local e vários atiradores comprovaram o pouso, constatado tecnicamente após o ocorrido. Na época, o caso foi notícia na mídia de todo o país, despertando o interesse da Nasa e até mesmo do extinto bloco soviético.


Ufo é fotografado na madrugada

Naquela fria madrugada de 1º de junho de 1969 algumas pessoas encontram-se nas ruas, já que no tradicional Clube de Lavras estava acontecendo um dos seus famosos bailes. Alguns bares encontravam-se abertos e alguns bêbados ziguezagueavam por aquelas ruas tranquilas.

Era uma noite comum de inverno, como tantas outras em uma cidade interiorana, quando…