Pular para o conteúdo principal

Começa busca por exoplanetas habitáveis orbitando estrelas frias


Os quatro telescópios do SPECULOOS estão quase prontos para começar a procurar planetas do tamanho da Terra potencialmente habitáveis.[Imagem: tau-tec GmbH]

Planetas de estrelas frias

Quatro telescópios projetados para procurar planetas habitáveis em órbita de estrelas ultra-frias começaram a operar de forma bem-sucedida no Observatório do Paranal no Chile.

O projeto SPECULOOS, liderado pelo Observatório Europeu do Sul (ESO) fez as suas primeiras observações em busca de planetas do tamanho da Terra que orbitam estrelas ultra-frias e anãs marrons próximas.

As primeiras imagens ainda pertencem à fase de engenharia e calibração - um processo conhecido por primeira luz. Quando terminar esta fase de comissionamento, esta nova rede de telescópios caçadores de planetas irá começar as operações científicas, o que deverá acontecer a partir de Janeiro de 2019.

O sistema é constituído por quatro telescópios equipados com espelhos primários de 1 metro de diâmetro cada um, batizados de Io, Europa, Ganimedes e Calisto, como os quatro satélites galileanos de Júpiter.

SPECULOOS é uma sigla para Search for habitable Planets EClipsing ULtra-cOOl Stars (Busca por planetas habitáveis eclipsando estrelas ultra-frias), mas é também o nome de um biscoito de especiarias (canela, noz moscada, cravinho, gengibre, entre outros) tradicionalmente confeccionado para o dia de São Nicolau, refletindo a origem belga do projeto. O telescópio TRAPPIST tem também o mesmo tipo de nome belga, referindo-se às cervejas Trappist, a maioria das quais são produzidas na Bélgica.


"Primeira luz" dos telescópios caçadores de exoplanetas na zona habitável de estrelas frias. [Imagem: SPECULOOS Team/E. Jehin/ESO]

Exoplanetas orbitando estrelas frias

A grande tarefa será procurar pelas estrelas frias e, a seguir, por exoplanetas que as orbitem. Apesar de serem difíceis de observar, estas estrelas de brilho tênue são bastante abundantes - cerca de 15% das estrelas do Universo próximo. Em sua fase inicial, o SPECULOOS irá explorar 1.000 dessas estrelas, incluindo as mais próximas, as mais brilhantes e as menores, em busca de planetas do tamanho da Terra situados na zona de habitabilidade - com temperaturas adequadas para a existência de água líquida em sua superfície.

O SPECULOOS irá procurar exoplanetas pelo método do trânsito, seguindo o exemplo do seu telescópio protótipo TRAPPIST-Sul, também instalado no Observatório de La Silla. Em operação desde 2011, o TRAPPIST detectou o famoso sistema planetário TRAPPIST-1, com nada menos do que sete exoplanetas.

Quando um planeta passa à frente da sua estrela, ele bloqueia uma pequena parte da emissão estelar - dando essencialmente origem a um pequeno eclipse parcial - o que resulta numa diminuição sutil, mas detectável, da luz da estrela. Os exoplanetas com estrelas hospedeiras menores bloqueiam mais quantidade de emissão estelar durante o trânsito, fazendo com que estes eclipses periódicos sejam mais fáceis de detectar do que os associados a estrelas maiores.

Até agora, apenas uma pequena fração dos exoplanetas detectados por este método possuem um tamanho semelhante ou inferior ao da Terra. No entanto, o pequeno tamanho das estrelas alvo do SPECULOOS, combinado com a elevada sensibilidade dos telescópios, permitirá detectar planetas em trânsito de tamanho terrestre situados nas zonas de habitabilidade das estrelas. Estes planetas serão os candidatos ideais para observações de seguimento, a serem executadas por grandes telescópios, situados tanto no solo como no espaço.

FONTE: SITE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mémorias da Ufologia: Caso SANTA ISABEL

FOTOS DO LAUDO

Na localidade de Santa Izabel(SP) em junho de 1999, a Sra. Alzira Maria de Jesus foi encontrada morta na sua cama, e por volta das 8 hs da manhã sua nora percebe o fato e sai imediatamente para ir ao orelhão e ligar para o seu marido e espera à ajuda e , ao chegar de volta em casa quase 40 min.depois a nora vê o corpo da sra. com o rosto totalmente desfigurado e praticamente sem carne; foi feito o boletim de ocorrência na delegacia da cidade sob n°145/99 em 24 de Junho. Posteriormente confirmou-se que à causa da morte foi a parada respiratória, mas o que aconteceu realmente como rosto desta sra. num espaço menor de uma hora?O laudo é cita sobre as configurações do mesmo, inclusive nas cavidades oculares, mas o que teria causado à perda do rosto ficou indeterminada. Mais estranho ainda é que na noite anterior aos fatos foram vistas bolas de luz voando nessa região rural e no início da madrugada os animais,como cachorros,gansos,e outros começaram à fazer um intenso barulh…

Ovnis e estranhas criaturas próximos ao Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (RN)

Desde o ano de 2016 militares da Aeronáutica que trabalham na Barreira do Inferno já percebiam bolas de luzes alaranjadas como também feixes de luzes amarelados no céu noturno, bem próximo daquela região. Por desconhecerem totalmente a origem dessas luzes misteriosas e a finalidade delas, vários militares observavam intrigados e chegavam a comentar entre eles sobre esses fenômenos luminosos. Dias após a percepção dessas claridades no céu noturno, alguns militares começaram a perceber ao redor daquela localidade o aparecimento de criaturas vivas, de seres que não eram humanos. Um dos militares chegou a ver um "Urso Polar" e imediatamente comunicou a outros militares de plantão. Tal militar chegou a passar mal após a aparição de tal criatura. Já um outro militar flagrou uma outra criatura aparentando ser um "homem de grande porte" sair andando de dentro da água do mar. Outro militar relata que presenciou duas criaturas que de início pareciam apenas dois cachorros g…

A noite em que Lavras (MG) parou para ver um UFO

Serra da Bocaina no município de Lavras (MG)

Na noite de 1º de junho de 1969, um UFO sobrevoou a cidade de Lavras, região Sul do estado de Minas Gerais, sendo observado por centenas de pessoas. O fotógrafo amador e médico Dr. Rêmulo Tourino Furtini tirou diversas fotografias do estranho objeto, que chegou a fazer um pouso em um pasto existente na época. O sargento Inocêncio França do Tiro de Guerra local e vários atiradores comprovaram o pouso, constatado tecnicamente após o ocorrido. Na época, o caso foi notícia na mídia de todo o país, despertando o interesse da Nasa e até mesmo do extinto bloco soviético.


Ufo é fotografado na madrugada

Naquela fria madrugada de 1º de junho de 1969 algumas pessoas encontram-se nas ruas, já que no tradicional Clube de Lavras estava acontecendo um dos seus famosos bailes. Alguns bares encontravam-se abertos e alguns bêbados ziguezagueavam por aquelas ruas tranquilas.

Era uma noite comum de inverno, como tantas outras em uma cidade interiorana, quando…