Pular para o conteúdo principal

10 astros de Hollywood que eram inventores geniais


(Gage Skidmore; United States Library of Congress' Prints and Photographs division; Ed Schipul/Reprodução)

Você sabia que Houdini criou uma roupa de mergulho inédita e que a intérprete da Mulher-Gato patenteou a meia-calça?

Por Marcelo Testoni

Quando se pensa em feitos para lá de fantásticos, a imagem que vem à mente é a de cientistas trabalhando em superlaboratórios, e não de celebridades consagradas por Hollywood. No entanto, é grande o número de famosos detentores de patentes em áreas pouco ou nada relacionadas com o universo do show business.

1) Marlon Brando

(Reprodução/Reprodução)

No auge da fama, o galã de Uma Rua Chamada Pecado (1951) vivia engajado em movimentos a favor da preservação da cultura indígena-americana e até aprendeu a batucar bongôs. No entanto, por ser muito requisitado no meio artístico, Brando teve de abandonar o instrumento e só voltou a tocá-lo nos anos 2000. Nessa época, prestes a se aposentar, ele se descobriu como designer e criou um tipo de ajuste de tambor, que, embora útil, nunca foi fabricado.


2) Hedy Lamarr

(MGM/Clarence Bull/Wikimedia Commons)

Além de um rostinho bonito, a diva de Sansão e Dalila (1949) também criou o sistema-base do GPS e wi-fi, concluído em 1942. Na época, Lamarr, que entendia de radiocomunicação, bolou o “salto de frequência”, um sistema baseado em ondas de som produzidas pelas teclas do piano. Ofereceu à ideia aos EUA, a fim de que o programassem nos aviões e navios de guerra para despistar os radares nazistas. Porém, o sistema era caro demais e só foi redescoberto na virada do milênio – e até hoje é aplicado.


3) Steven Spielberg

(Gage Skidmore/Wikimedia Commons)

O mestre dos filmes de aventura já se aventurou no mundo dos videogames. Ele projetou jogos de ação e aventura para Sony e Nintendo. Em 1999, Spielberg lançou Medal of Honor, o primeiro game de tiro da Segunda Guerra em primeira pessoa. O sucesso levou a plataforma do PlayStation para PC e Macintosh.


4) Walt Disney

(Domínio Público/Wikimedia Commons)

Demitido “por não ter boas ideias”, como alegou seu patrão em 1919, o pai do Mickey Mouse não apenas se consagrou no mundo das animações como é o responsável pela criação do som surround, o áudio alto e nítido das salas de cinema. A tecnologia foi desenvolvida do desapontamento de Disney com o filme musical Fantasia (1940), que produziu com o maestro Leopold Stokowski. Para exaltar a trilha sonora, que soava baixa, Disney então regravou o filme inteiro com microfone e o reproduziu com a ajuda de vários alto-falantes instalados ao redor das salas.


5) Zeppo Marx

(Divulgação/Reprodução)

Engenheiro mecânico e dono de uma fábrica de engrenagens e correias hidráulicas, o ator e caçula da família de comediantes Os Quatro Batutas (1931) teve participação ativa durante a Segunda Guerra. Foi de sua cabeça que saiu o projeto para o suporte da bomba atômica no avião Enola Gay, que a despejou em Hiroshima, no Japão. Marx também ficou conhecido por criar motores de motocicleta de alta eficiência e baixa potência.


6) Harry Houdini

(Domínio Público/Wikimedia Commons)

Dos ilusionistas das três primeiras décadas do século 20, ele foi o primeiro a mostrar nos palcos como eram criados os truques dos mágicos. Houdini também atuou como dublê e ator de películas de suspense e ficção científica, como O Mestre do Mistério (1919) e a Ilha do Terror (1920). Criou em 1921 a primeira roupa de mergulho de metal e borracha usada em operações de resgaste submarino. A peça original, porém, foi destruída durante um incêndio em 1995.


7) Bill Nye

(Ed Schipul/Wikimedia Commons)

Apresentador da série científica Eureka (1993-1998) e anfitrião do parque Epcot na Disney World, Nye também é engenheiro aeroespacial e cientista da Nasa. Em 2006 ele até participou do comitê da União Astronômica Internacional, que rebaixou Plutão da categoria de planeta para planetoide. No entanto, o feito mais emblemático da vida de Nye ocorreu no anonimato. Em 1969, quando ele era apenas um mecânico de aeronaves de grande porte, desenvolveu o sistema de ajuste de pressão das válvulas do Boeing 747.


8) Paul Winchell

(Domínio Público/Wikimedia Commons)

O dublador do Dick Vigarista, vilão do desenho animado Corrida Maluca (1968-1986), era fã de Henry Heimlich, cirurgião queridinho das estrelas, e durante um evento brincou com ele sobre a possibilidade de se criar um coração artificial. Bastou! Heimlich achou a ideia interessante e pediu a Wintchell que a materializasse no papel. O resultado foi um protótipo que, depois de pronto, foi patenteado pelo astro e doado em 1963 para a Universidade de Utah.


9) Florence Lawrence

(Wisconsin Center for Film and Theater Research/Wikimedia Commons)

Não foi por falta de trabalho que essa atriz canadense do início do século 20 se enveredou pela ciência. Com mais de 300 filmes no currículo, Lawrence era também apaixonada por automobilismo, tanto que passou a desenvolver peças para carros. Em 1914, ela criou o “braço sinalizador automático”, hoje conhecido por seta sinalizadora, além da tecnologia das luzes de freio.


10) Julie Newmar

(Movie Studio/Wikimedia Commons)

A Mulher-Gato, ou melhor, sua primeira intérprete, na série de TV Batman (1966-1968), desenvolveu a meia-calça, patenteada em 1970. Em entrevistas que deu na época, a atriz revelou que sempre achou seu figurino pouco sedutor e que por isso teve a ideia de costurar meias de náilon escuras a uma calcinha preta. A tendência viralizou e as mulheres passaram a usar as meias “nudemar”, em referência à nudez de Newmar.

Referências: revista Aventuras na História e livro 1001 Invenções que Mudaram o Mundo, de Jack Challoner

FONTE: MUNDO ESTRANHO

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ovnis e estranhas criaturas próximos ao Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (RN)

Desde o ano de 2016 militares da Aeronáutica que trabalham na Barreira do Inferno já percebiam bolas de luzes alaranjadas como também feixes de luzes amarelados no céu noturno, bem próximo daquela região. Por desconhecerem totalmente a origem dessas luzes misteriosas e a finalidade delas, vários militares observavam intrigados e chegavam a comentar entre eles sobre esses fenômenos luminosos. Dias após a percepção dessas claridades no céu noturno, alguns militares começaram a perceber ao redor daquela localidade o aparecimento de criaturas vivas, de seres que não eram humanos. Um dos militares chegou a ver um "Urso Polar" e imediatamente comunicou a outros militares de plantão. Tal militar chegou a passar mal após a aparição de tal criatura. Já um outro militar flagrou uma outra criatura aparentando ser um "homem de grande porte" sair andando de dentro da água do mar. Outro militar relata que presenciou duas criaturas que de início pareciam apenas dois cachorros g…

Ovnis em Iporanga (SP)

Entrada da Casa de Pedra, caverna com maior boca do Mundo, 215 metros.

Iporanga em tupi significa “Rio Bonito” e foi palco da exploração de ouro no período colonial e, posteriormente da exploração de chumbo e zinco no século passado. Na região há famosas cavernas: Formação Iporanga e Formação Votuverava. Em Iporanga, efetuaram-se diversos estudos de mapeamento geológico e pesquisa mineral, sobretudo pela CPRM - Serviço Geológico do Brasil. A seção geológica mais conhecida é o famoso perfil Apiaí-Iporanga. A cidade atrai muitos visitantes por possuir lindas cachoeiras, piscinas naturais, vales, grutas e cavernas. Iporanga é a cidade que possui o maior número de cachoeiras em todo o Brasil, nas 365 cavernas cadastradas. O turista poderá praticar esportes radicais como o rapel, canyonismo e trekking. Atrativos culturais podem ser visitados como o museu da cidade, a Igreja Matriz e as casas com o estilo colonial. Por todos estes motivos, Iporanga é considerada um dos mais importantes cent…

Conheça histórias de pessoas que foram abduzidas por Extraterrestres

As pessoas do mundo se dividem em dois grandes grupos e um terceiro bem pequeno.

Os dois grandes grupos são: aqueles que acham que ETs existem e aqueles que acham que ETs não existem.

Correndo por fora, existe uma minoria silenciosa que se mantém quietinha, aparentemente, porque, se essas pessoas disserem as coisas que elas sabem, ninguém acreditaria nelas.

Elas fazem parte do pequeno grupo que jura de pé junto ter feito contato com seres extraterrestres.

O fotógrafo nova-iorquino Steven Hirsch, de 63 anos, é um cara que, se não acredita nessas pessoas, pelo menos acredita no direito que elas têm de contar suas histórias do jeito que quiserem.

Por isso, ele criou um blog em que entrevista e fotografa gente que diz ter sido abduzida por alienígenas. O endereço é littlestickylegs.blogspot.co.uk.

- Eu não quero que os meus leitores tenham nenhum tipo de ideia pré-concebida sobre essas pessoas até qie eles vejam suas imagens e leiam suas palavras. Minhas entrevistas mal conseguem ir além…