Pular para o conteúdo principal

Einstein e Tesla, dois dos cientistas mais brilhantes do mundo, viviam brigando


ALBERT EINSTEIN E NIKOLA TESLA EM 1943 (FOTO: REPRODUÇÃO) (FOTO: REPRODUÇÃO)

Carta encontrada recentemente nos arquivos do inventor sérvio mostra que o físico alemão até tentou ser cordial

Albert Einstein e Nikola Tesla foram pessoas bastante peculiares. Ambos introvertidos, muito inteligentes e até - há quem diga - loucos, os dois dedicaram as vidas aos seus empreendimentos científicos.

Albert Einstein dispensa apresentações. O físico, que nasceu na Alemanha, desenvolveu a teoria da relatividade, um dos pilares da física moderna. O cientista também é um dos maiores influenciadores da filosofia da ciência.

O sérvio-americano Nikola Tesla, por sua vez, foi inventor, engenheiro eletricista, engenheiro mecânico, físico e futurista. É mais conhecido por suas contribuições revolucionárias no campo do eletromagnetismo e por ter desenvolvido teorias que foram bases dos sistemas modernos de potência elétrica em corrente alternada, com os quais contribuiu imensamente na introdução da Segunda Revolução Industrial.

Parece inevitável que duas das mais brilhantes mentes da história da ciência batessem cabeça, vez ou outra.

Em 1931, no ano do 75º aniversário de Nikola Tesla, a revista Time pediu um comentário de Einstein sobre o colega cientista. “Um eminente pioneiro no campo de correntes de alta frequência... Quero parabeniza-lo pelo seu grande sucesso e pelo trabalho de sua vida”, respondeu o alemão, educadamente, mas curte e direto ao ponto.

O tom parece cordial demais, visto que Tesla e o poeta George Sylvester Viereck escreveram um poema criticando Einstein, em 1920. “Fragments of Olympian Gossip” contém os seguintes versos:

“Now a long haired crank, Einstein by name,
Puts on your high teaching all the blame.”


Alguns anos depois da publicação do poema e do aniversário de 75 anos de Tesla, em 1935, o inventor e engenheiro voltou a criticar Einstein, desta vez diretamente. Em entrevista ao New York Times, Tesla disse que a teoria da relatividade do alemão era “um mendigo envolto em roxo que pessoas ignorantes levam para um rei” e “uma massa de erros violentamente oposta aos ensinamentos dos grandes homens da ciência do passado e até do senso comum... A teoria amarra todos esses erros e falácias e os veste em roupas matemáticas elegantes que fascinam, encantam e deixam as pessoas cegas... Os exponentes dela são homens muito brilhantes, mas eles são metafísicos, não são cientistas. Nem uma só proposta da teoria da relatividade foi provada”, disparou.

Completa a discussão ainda um boato que, em uma entrevista, o repórter pediu que Einstein dissesse como é ser o homem mais inteligente da Terra, ao que o físico respondeu, ironicamente: “Eu não sei dizer. Pergunte a Nikola Tesla”.

Recentemente, foi encontrada nos arquivos de Nikola Tesla uma carta escrita a próprio punho por Einstein. Nela, uma mensagem de felicitações pelos 75 anos do colega, enviada no mesmo ano em que o alemão respondeu com um comentário seco ao pedido da Time por uma palavrinha sobre Tesla. A carta encontrada contém as seguintes palavras, traduzidas do alemão:

“Com alegria, soube que você comemora seu 75º aniversário. Você é um pioneiro bem-sucedido no campo das correntes de alta frequência, responsável pelo maravilhoso desenvolvimento desta área da tecnologia, permitindo grandes avanços. Quero apenas parabenizá-lo pelo sucesso, pelo trabalho, por tudo!

Albert Einstein”

Imagine só se esses dois pudessem mandar umas indiretinhas pelo Twitter, nos dias de hoje :p


CARTA DE EINSTEIN PARA TESLA (FOTO: REPRODUÇÃO/ARQUIVOS DE TESLA)

Em 2006 o cantor e ator David Bowie interpretou Nikola Tesla em "The Prestige", dirigido por Christopher Nolan (de "Memento" e "Batman Begins").



FONTE: REVISTA GALILEU

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ovnis e estranhas criaturas próximos ao Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (RN)

Desde o ano de 2016 militares da Aeronáutica que trabalham na Barreira do Inferno já percebiam bolas de luzes alaranjadas como também feixes de luzes amarelados no céu noturno, bem próximo daquela região. Por desconhecerem totalmente a origem dessas luzes misteriosas e a finalidade delas, vários militares observavam intrigados e chegavam a comentar entre eles sobre esses fenômenos luminosos. Dias após a percepção dessas claridades no céu noturno, alguns militares começaram a perceber ao redor daquela localidade o aparecimento de criaturas vivas, de seres que não eram humanos. Um dos militares chegou a ver um "Urso Polar" e imediatamente comunicou a outros militares de plantão. Tal militar chegou a passar mal após a aparição de tal criatura. Já um outro militar flagrou uma outra criatura aparentando ser um "homem de grande porte" sair andando de dentro da água do mar. Outro militar relata que presenciou duas criaturas que de início pareciam apenas dois cachorros g…

Ovnis em Iporanga (SP)

Entrada da Casa de Pedra, caverna com maior boca do Mundo, 215 metros.

Iporanga em tupi significa “Rio Bonito” e foi palco da exploração de ouro no período colonial e, posteriormente da exploração de chumbo e zinco no século passado. Na região há famosas cavernas: Formação Iporanga e Formação Votuverava. Em Iporanga, efetuaram-se diversos estudos de mapeamento geológico e pesquisa mineral, sobretudo pela CPRM - Serviço Geológico do Brasil. A seção geológica mais conhecida é o famoso perfil Apiaí-Iporanga. A cidade atrai muitos visitantes por possuir lindas cachoeiras, piscinas naturais, vales, grutas e cavernas. Iporanga é a cidade que possui o maior número de cachoeiras em todo o Brasil, nas 365 cavernas cadastradas. O turista poderá praticar esportes radicais como o rapel, canyonismo e trekking. Atrativos culturais podem ser visitados como o museu da cidade, a Igreja Matriz e as casas com o estilo colonial. Por todos estes motivos, Iporanga é considerada um dos mais importantes cent…

Conheça histórias de pessoas que foram abduzidas por Extraterrestres

As pessoas do mundo se dividem em dois grandes grupos e um terceiro bem pequeno.

Os dois grandes grupos são: aqueles que acham que ETs existem e aqueles que acham que ETs não existem.

Correndo por fora, existe uma minoria silenciosa que se mantém quietinha, aparentemente, porque, se essas pessoas disserem as coisas que elas sabem, ninguém acreditaria nelas.

Elas fazem parte do pequeno grupo que jura de pé junto ter feito contato com seres extraterrestres.

O fotógrafo nova-iorquino Steven Hirsch, de 63 anos, é um cara que, se não acredita nessas pessoas, pelo menos acredita no direito que elas têm de contar suas histórias do jeito que quiserem.

Por isso, ele criou um blog em que entrevista e fotografa gente que diz ter sido abduzida por alienígenas. O endereço é littlestickylegs.blogspot.co.uk.

- Eu não quero que os meus leitores tenham nenhum tipo de ideia pré-concebida sobre essas pessoas até qie eles vejam suas imagens e leiam suas palavras. Minhas entrevistas mal conseguem ir além…