Pular para o conteúdo principal

Carl Jung acusou a Força Aérea norte-americana de acobertar informações sobre UFOs

Carl Jung, uma das primeiras pessoas com credibilidade e reputação a denunciar o acobertamento de informações sobre UFOs

Conhecido psicanalista analisou a questão ufológica do ponto de vista psicológico, e órgãos de Inteligência temiam seu envolvimento e de outras personalidades com o assunto

Os documentos liberados recentemente pela Agência Central de Inteligência (CIA) continuam a repercutir fortemente, com mais revelações surpreendentes vindo à tona de tempos em tempos. Os papéis permitem traçar um panorama de como o governo norte-americano lidou com o Fenômeno UFO e as pessoas nele interessadas. Um exemplo é o famoso caso ocorrido sobre Washington em 1952, que obrigou o próprio presidente na ocasião, Harry Truman, a responder aos questionamentos da imprensa. Em seguida o assunto dos UFOs foi envolvido em uma cortina de segredos ainda mais espessa do que antes.

Documentos mais recentes mostram como a questão ufológica foi classificada dentro dos chamados Programas de Acesso Especial, tão sensíveis que não precisavam passar por supervisão do Congresso. Roscoe Hilenkoetter, antigo chefe da CIA, chegou a afirmar: "Nos bastidores, oficiais de alta patente da Força Aérea (USAF) estão muito preocupados com os UFOs. Mas por meio do segredo oficial e os programas para ridicularizar o assunto, muitos cidadãos estão sendo levados a acreditar que os discos voadores são uma bobagem". E, mesmo diante da maior abertura de hoje e a farta utilização da Lei de Liberdade de Informações, há fartas evidências que o governo ainda oculta a maior parte do que sabe da população.

Um novo documento comprova ainda o temor dos organismos de Inteligência quanto a figuras públicas e de elevada reputação se interessarem pelos UFOs. Um desses papéis é de autoria de certo Fred A. Kirsch. Ele destaca o interesse do famoso psiquiatra e psicanalista Dr. Carl Gustav Jung pelos discos voadores, além de suas acusações de que a USAF acobertava evidências a respeito. Kirsch aponta que Jung não foi a primeira pessoa de elevada integridade e reputação a fazer tais acusações, mas na época era meramente a mais recente. O documento prossegue: "Essas acusações foram feitas também pelo almirante Demar Fahrney, ex-diretor do programa de pesquisa naval de mísseis guiados, e por Roscoe Hilenkoeter, ex-chefe da CIA. Se fosse apenas Jung que fizesse as acusações poderíamos tratar como mera bobagem. Mas quando um grande número de pilotos, operadores de radar e outros observadores treinados afirmam que os UFOs são reais, precisamos fazer uma séria reavaliação da situação".

ANALISANDO A QUESTÃO PSICOLÓGICA DOS UFOS

Flying Saucers: A Modern Myth of Things Seen in the Sky, livro de Carl Jung

O documento comprova a preocupação da CIA com o envolvimento de pessoas altamente capacitadas e de elevada reputação e credibilidade com a questão ufológica. O Dr. Carl Jung sem dúvida levava em conta a possibilidade de que boa parte dos UFOs fossem naves extraterrestres em visita a nosso planeta, e especulou a respeito em seu livro Flying Saucers: A Modern Myth of Things Seen in the Sky. Jung estudou os UFOs por mais de uma década, e disse: "Não posso afirmar se eles existem ou não, e sei que estou arriscando minha reputação duramente conquistada, além de minha confiabilidade e capacidade de julgamento científico".

Ele também disse que analisou um número considerável de casos, incluindo duas testemunhas que conhecia pessoalmente. Carl Jung chegou à conclusão de que não era um rumor, e sim que algo estava acontecendo, e disse: "O que me espanta é que a Força Aérea norte-americana, apesar de toda informação que possui e alegando seu temor em criar pânico, trabalha sistematicamente nessa direção, como se fosse a Guerra dos Mundos de Orson Welles em 1938. Eles nunca publicaram um relatório dos fatos autêntico e honesto, e somente de forma ocasional permitiram que alguma informação fosse obtida por jornalistas".


Leia o documento da CIA falando sobre Carl Jung: https://www.cia.gov/library/readingroom/docs/CIA-RDP68-00046R000200090032-4.pdf

FONTE: REVISTA UFO

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ovnis e estranhas criaturas próximos ao Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (RN)

Desde o ano de 2016 militares da Aeronáutica que trabalham na Barreira do Inferno já percebiam bolas de luzes alaranjadas como também feixes de luzes amarelados no céu noturno, bem próximo daquela região. Por desconhecerem totalmente a origem dessas luzes misteriosas e a finalidade delas, vários militares observavam intrigados e chegavam a comentar entre eles sobre esses fenômenos luminosos. Dias após a percepção dessas claridades no céu noturno, alguns militares começaram a perceber ao redor daquela localidade o aparecimento de criaturas vivas, de seres que não eram humanos. Um dos militares chegou a ver um "Urso Polar" e imediatamente comunicou a outros militares de plantão. Tal militar chegou a passar mal após a aparição de tal criatura. Já um outro militar flagrou uma outra criatura aparentando ser um "homem de grande porte" sair andando de dentro da água do mar. Outro militar relata que presenciou duas criaturas que de início pareciam apenas dois cachorros g…

Ovnis em Iporanga (SP)

Entrada da Casa de Pedra, caverna com maior boca do Mundo, 215 metros.

Iporanga em tupi significa “Rio Bonito” e foi palco da exploração de ouro no período colonial e, posteriormente da exploração de chumbo e zinco no século passado. Na região há famosas cavernas: Formação Iporanga e Formação Votuverava. Em Iporanga, efetuaram-se diversos estudos de mapeamento geológico e pesquisa mineral, sobretudo pela CPRM - Serviço Geológico do Brasil. A seção geológica mais conhecida é o famoso perfil Apiaí-Iporanga. A cidade atrai muitos visitantes por possuir lindas cachoeiras, piscinas naturais, vales, grutas e cavernas. Iporanga é a cidade que possui o maior número de cachoeiras em todo o Brasil, nas 365 cavernas cadastradas. O turista poderá praticar esportes radicais como o rapel, canyonismo e trekking. Atrativos culturais podem ser visitados como o museu da cidade, a Igreja Matriz e as casas com o estilo colonial. Por todos estes motivos, Iporanga é considerada um dos mais importantes cent…

Conheça histórias de pessoas que foram abduzidas por Extraterrestres

As pessoas do mundo se dividem em dois grandes grupos e um terceiro bem pequeno.

Os dois grandes grupos são: aqueles que acham que ETs existem e aqueles que acham que ETs não existem.

Correndo por fora, existe uma minoria silenciosa que se mantém quietinha, aparentemente, porque, se essas pessoas disserem as coisas que elas sabem, ninguém acreditaria nelas.

Elas fazem parte do pequeno grupo que jura de pé junto ter feito contato com seres extraterrestres.

O fotógrafo nova-iorquino Steven Hirsch, de 63 anos, é um cara que, se não acredita nessas pessoas, pelo menos acredita no direito que elas têm de contar suas histórias do jeito que quiserem.

Por isso, ele criou um blog em que entrevista e fotografa gente que diz ter sido abduzida por alienígenas. O endereço é littlestickylegs.blogspot.co.uk.

- Eu não quero que os meus leitores tenham nenhum tipo de ideia pré-concebida sobre essas pessoas até qie eles vejam suas imagens e leiam suas palavras. Minhas entrevistas mal conseguem ir além…