Pular para o conteúdo principal

Cientistas ainda debatem o mistério da estrela KIC 8462852


A hipótese da megaestrutura ao redor de KIC 8462852 embora improvável, continua a ser discutida

Também conhecida como Estrela de Tabby, astro distante tem comportamento que desafia todas as explicações; hipótese da megaestrutura de uma avançada civilização alienígena ainda não foi refutada

Há mais de um ano os astrônomos debatem o intrigante mistério da estrela KIC 8462852, situada a 1.500 anos-luz de nós. Seu estranho comportamento foi primeiramente detectado por meio de uma análise dos dados obtidos pelo telescópio espacial Kepler da NASA, feita pela equipe da astrônoma Tabetha "Tabby" Boyajian, da Universidade Yale de Connecticut. O astro foi inclusive apelidado de Estrela de Tabby, por causa do apelido de Tabetha, e o que intrigou os cientistas foi o fenômeno de diminuição detectado por duas vezes pelo Kepler, uma de 15%, e outra de 22%.

Os astrônomos sabem que um planeta gigante gasoso como Júpiter produz uma diminuição de brilho de sua estrela, durante um trânsito, de cerca de um por cento. Assim, algo de proporções verdadeiramente monumentais deveria ser o responsável pelo bizarro fenômeno. Boyajian e sua equipe primeiro apresentaram a hipótese de um enxame de cometas se fragmentando ser o responsável pelas observações, e outros astrônomos indicaram que os destroços de um planeta esfacelado igualmente poderia ser uma explicação. Outras hipóteses naturais apresentadas foram uma variação da atividade da própria estrela, e algum tipo desconhecido de nuvem interestelar situada entre KIC 8462852 e nós.

A hipótese considerada menos provável pelos cientistas é aquela que granjeou fama para essa estrela: a de que uma avançada civilização alienígena estaria construindo uma colossal estrutura, um enxame ou esfera de Dyson, a fim de coletar a energia emitida por esse sol. Até hoje, inclusive, boa parte de sites científicos chama esse astro de "a estrela da megaestrutura alienígena". Mas mesmo essa hipótese remota também está sendo estudada, como por exemplo pelo projeto Breakthrough Listen, que utiliza o radiotelescópio de Green Bank para tentar captar sinais de rádio emitidos por essa civilização alienígena. Essa iniciativa será encerrada no próximo mês e até o momento, como outras do tipo, não resultou em dados significativos.

DIMINUIÇÃO DE LUMINOSIDADE AO LONGO DO ÚLTIMO SÉCULO


KIC 8462852 em infravermelho e ultravioleta; seu comportamento continua a desafiar os astrônomos

Causou polêmica a descoberta de Bradley Schaefer, da Louisiana State University, que a estrela teria diminuído sua emissão luminosa em cerca de 20% entre 1890 e 1989, o que foi contestado por muitos. Porém, um outro estudo descobriu que a Estrela de Tabby diminuiu seu brilho em 3% entre 2009 e 2013. Jason Wright, da Pennsylvania State University e membro do Breakthrough Listen, afirma que diante dos dados disponíveis a hipótese de uma nuvem interestrelar está se fortalecendo, mas reconheceu: "Teria que ser uma nuvem muito maluca, algo que ainda não conhecemos". Ele complementa: "Acredito que é provável que ainda não tenhamos ouvido a resposta certa ainda". Contudo, uma nova hipótese foi apresentada em um trabalho assinado pelo professor Eduard Heindl, da Universidade Furtwangen na Alemanha.

Ele elaborou um modelo matemático para examinar a possibilidade de intervenção alienígena nesse distante sistema e elaborou a teoria de que essa civilização está colhendo materiais diretamente da estrela. Essa mineração estelar seria então a responsável pela diminuição do brilho de KIC 8462852, e Heindl lembra que nosso Sol tem cerca de 6.000 vezes mais metais que todo o resto do Sistema Solar. Conforme ele explica: "Para minerar a estrela, eles teriam que elevar o material para uma órbita suficientemente mais fria para recolhê-lo. Não sabemos como poderiam fazer isso, mas uma ideia é aquecer além do normal um ponto na superfície com espelhos e gerar um raio de matéria com campos magnéticos". Heidl sugere que a diminuição do brilho não pode ser natural, pois a curva de luz observada é anormalmente suave, com bordas muito abruptas. O fato é que o comportamento da estrela KIC 8462852 continua a desafiar os cientistas.



FONTE: Revista Ufo/TED via Lizza Flowers

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ovnis e estranhas criaturas próximos ao Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (RN)

Desde o ano de 2016 militares da Aeronáutica que trabalham na Barreira do Inferno já percebiam bolas de luzes alaranjadas como também feixes de luzes amarelados no céu noturno, bem próximo daquela região. Por desconhecerem totalmente a origem dessas luzes misteriosas e a finalidade delas, vários militares observavam intrigados e chegavam a comentar entre eles sobre esses fenômenos luminosos. Dias após a percepção dessas claridades no céu noturno, alguns militares começaram a perceber ao redor daquela localidade o aparecimento de criaturas vivas, de seres que não eram humanos. Um dos militares chegou a ver um "Urso Polar" e imediatamente comunicou a outros militares de plantão. Tal militar chegou a passar mal após a aparição de tal criatura. Já um outro militar flagrou uma outra criatura aparentando ser um "homem de grande porte" sair andando de dentro da água do mar. Outro militar relata que presenciou duas criaturas que de início pareciam apenas dois cachorros g…

Ovnis em Iporanga (SP)

Entrada da Casa de Pedra, caverna com maior boca do Mundo, 215 metros.

Iporanga em tupi significa “Rio Bonito” e foi palco da exploração de ouro no período colonial e, posteriormente da exploração de chumbo e zinco no século passado. Na região há famosas cavernas: Formação Iporanga e Formação Votuverava. Em Iporanga, efetuaram-se diversos estudos de mapeamento geológico e pesquisa mineral, sobretudo pela CPRM - Serviço Geológico do Brasil. A seção geológica mais conhecida é o famoso perfil Apiaí-Iporanga. A cidade atrai muitos visitantes por possuir lindas cachoeiras, piscinas naturais, vales, grutas e cavernas. Iporanga é a cidade que possui o maior número de cachoeiras em todo o Brasil, nas 365 cavernas cadastradas. O turista poderá praticar esportes radicais como o rapel, canyonismo e trekking. Atrativos culturais podem ser visitados como o museu da cidade, a Igreja Matriz e as casas com o estilo colonial. Por todos estes motivos, Iporanga é considerada um dos mais importantes cent…

O caso Roswell nordestino: Queda de UFO na Bahia, em Janeiro de 1995

Por Ufo Bahia: Nessa data, as 09:00 horas, uma in­formante do G-PAZ, "M" da TV BAHIA me ligou contando uma mirabolante his­tória de queda de um UFO em Feira deSantana(BA) a 112 Km de Salvador. Umfazendeiro de apelido Beto, tinha ligadopara TV SUBAÉ daquela cidade oferecen­do – em troca de dinheiro – um furo dereportagem; um disco voador tinha caído na sua fazenda e ele tinha provas e ima­gens do fato!
Apenas depois do meio dia, conse­gui – por fim – falar com Beto, que apóssua proposta de negócio, ante minha (apa­rente) frieza, me contou com bastante de­talhes o acontecido. Soube que tambémtentara vender suas provas a TV BAHIA,onde procurou o repórter José Raimundo:
"Ontem pela madrugada caiu algu­ma coisa na minha fazenda, dentro de umalagoa. Era do tamanho de um fusca; aqui­lo ficou boiando parcialmente submerso,perto da beirada. Tentei puxar como pude,trazendo para perto de mim, com uma vara.Aquilo parecia um parto... (quando seabriu uma porta) começou primeiro a sa…