Pular para o conteúdo principal

Como a SpaceX planeja ir até Marte



A SpaceX planeja construir uma cidade “auto-sustentável” em Marte, segundo anunciou Elon Musk, bilionário e CEO da companhia, nesta terça-feira (27). Porém, ficamos sabendo mais sobre como a SpaceX planeja fazer viagens para o planeta vermelho do que as condições que farão as pessoas se manterem vivas lá.

Musk fez o anúncio para a imprensa durante o International Astronautical Congress em Guadalajara, no México, onde previamente ele tinha revelado os planos da companhia de enviar pessoas para Marte. Hoje, finalmente soubemos como a empresa quer alcançar esses objetivos.

Criaturas multiplanetárias
“Eu não tenho uma profecia imediata para o dia do juízo”, disse Musk. No entanto, ele observou que vê dois possíveis caminhos para o futuro.

“Um é continuarmos na Terra para sempre e haverá algum evento de extinção”, disse. “A alternativa é nos tornarmos criaturas multiplanetárias, que eu espero que vocês concordem que este é o melhor caminho.”


Visão de Marte da espaçonave. (Crédito: SpaceX)

Um pouco antes da apresentação, a SpaceX liberou um vídeo do que nós podemos esperar do novo Interplanetary Transport System — previamente chamado de Mars Colonial Transporter, quando Musk mudou o nome após sugerir que a iniciativa seria mais do que só levar pessoas para Marte.

O voo até Marte

O vídeo nos dá uma ideia da sequência de eventos sobre como o sistema funcionaria:



Primeiramente, vemos um foguete partir da plataforma de lançamento 39a, do Cabo Canaveral, com um impulso de 130 mil toneladas. Após o estágio de separação, a espaçonave ficará “estacionada” na órbita, enquanto o intensificador volta à Terra, onde ele aterrissará. Um tanque propulsor será carregado no intensificador que levará uma carga extra de combustível para a espaçonave chegar em Marte. O tanque, então, volta à Terra e a espaçonave irá em direção ao planeta vermelho.

Durante o processo, os painéis solares serão estendidos e a nave finalmente chegará à órbita de Marte. A nave, então, pousa na superfície de Marte e, então, os astronautas conseguem ver o solo marciano.

Detalhes da viagem
O vídeo não mostra o tipo de infraestrutura que faria com que esses astronautas se mantenham vivo após aterrissar no local. Agora, parece que a SpaceX tem planos de construir uma cidade permanente para poder receber viajantes. Com 1.000 viagens com 200 pessoas cada, Musk estima que levaria de 40 a 100 anos para conseguir ter uma civilização auto-sustentável em Marte.

Uma das grandes barreiras em fazer isso é o custo por tíquete. Musk detalhou quatro formas que ele acredita que fariam possível comprar uma passagem para a Marte. O plano o uso de foguetes reutilizáveis, reabastecer a espaçonave no espaço e usar metano como combustível em fez dos utilizados nos foguetes tradicionais. O mais interessante disso é o fato de ser possível coletar metano de Marte.

Nós também ficamos sabendo alguns detalhes do foguete, e como ele conseguiria realizar esta viagem. Como vimos anteriormente com a Falcon 9, o o propulsor do foguete voltará à Terra e será reutilizado. O foguete vai ser incrivelmente grande, deixando no chinelo mesmo o gigante Falcon Heavy.



A viagem em si seria agradável, disse Musk. “Será bem divertido ir — vocês irão se divertir muito” Para ser dessa forma eles deverão fazer a parte interior do foguete bem confortável para a viagem, que deve durar 80 dias. Musk disse que ele acredita que as viagens poderão ser veitas no futuro em um mês.

Agora se isso é viável depende muito do fato de a SpaceX conseguir juntar dinheiro para isso. Musk passou parte do tempo falando sobre a economia de um tíquete individual que, segundo ele, poderia chegar a US$ 100.000. Mas antes de vender os tíquetes, a SpaceX precisa ainda de muito dinheiro para construir a infraestrutura.

Musk sugeriu que ele pessoalmente iria usar sua fortuna para o projeto, quando disse: “Não tenho nenhuma outra motivação pessoal para acumular bens, exceto para fazer a maior contribuição que eu puder para tornar viável a vida multiplanetária.” Mesmo assim, a companhia precisaria ainda de mais investimento.

“Sei que há um monte de gente no setor privado interessado em bancar uma viagem para Marte. Tenho esperança que também deve haver investimento governamental”, disse. “Creio que vai ser uma grande parceria público-privada.”

Quão rápido isso vai acontecer depende da quantidade de investimento. Porém, se houver dinheiro e tudo estiver certo na parte técnica, Musk disse que podemos os voos para Marte podem começar em 2023 — embora ele tenha ressaltado que o cronograma possa ser alterado. Ele também manteve a data de partida das missões Red Dragon com direção ao planeta vermelho, que devem ocorrer em 2018 e devem carregar entre 2 ou 3 toneladas.



Porém, enquanto Musk descrevia o projeto de uma cidade auto-sustentável, nós não ouvimos nada sobre a infraestrutura em longo termo que tornaria possível as pessoas ficarem vivas ao chegarem em Marte. “O objetivo da SpaceX é construir o sistema de transporte”, disse Musk, antes de sugerir que os primeiros colonos fariam as primeiras construções. “Quem quer ser um dos primeiros a começar a construir, de refinarias a pizzarias?”

No entanto, antes de fazer uma pizzaria, você precisa um monte de outras coisas — como água limpa e potável, uma habitaão espacial e algum tipo de transporte para as pessoas se dirigirem até o estabelecimento. Ainda não está claro quem fará a infraestrutura básica.

De sua parte, Musk disse que ele gostaria de fazer a primeria viagem — mas só após definir um plano B para sua empresa, caso ocorra um desastre. “Gostaria muito de ir à órbita, visitar a estação espacial e ir para Marte”, afirmou. “Preciso primeiro assegurar que, se algo acontecer no voo e eu morrer, há um bom plano de sucessão e que a missão da companhia continuará.”

E sobre as possibilidades ir além de Marte? Musk disse o seguinte: “Se tivermos um depósito de propulsores, você pode ir de Marte até Júpiter, sem nenhum problema. Isso significa ter acesso a todo o sistema solar.”

O anúncio vem a menos de um mês após a empresa privada de foguetes ter explodido uma de suas unidades em uma plataforma de lançamento. Desde então, a companhia liberou os resultados de investigações iniciais, que dão conta de que houve um problema no fornecimento de hélio, e anunciou que planeja lançar foguetes novamente em novembro.

O primeiro passo da iniciativa consiste em estabelecer viagens regulares — ou pelo menos a primeira — para Marte. E se isso vai ser, de fato, possível, teremos de esperar.

FONTE: GIZMODO BRASIL

Comentários

  1. Elon Musk tem visão futurista. Mas é preciso de cautela. Mas parece que ele tem. Do contrário do que ocorre com a ufologia nacional, onde misturam espiritismo fantasioso com casos de ufologia e chamam de "Congresso de Ufologia Atrasado".
    Boa matéria.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça histórias de pessoas que foram abduzidas por Extraterrestres

As pessoas do mundo se dividem em dois grandes grupos e um terceiro bem pequeno.

Os dois grandes grupos são: aqueles que acham que ETs existem e aqueles que acham que ETs não existem.

Correndo por fora, existe uma minoria silenciosa que se mantém quietinha, aparentemente, porque, se essas pessoas disserem as coisas que elas sabem, ninguém acreditaria nelas.

Elas fazem parte do pequeno grupo que jura de pé junto ter feito contato com seres extraterrestres.

O fotógrafo nova-iorquino Steven Hirsch, de 63 anos, é um cara que, se não acredita nessas pessoas, pelo menos acredita no direito que elas têm de contar suas histórias do jeito que quiserem.

Por isso, ele criou um blog em que entrevista e fotografa gente que diz ter sido abduzida por alienígenas. O endereço é littlestickylegs.blogspot.co.uk.

- Eu não quero que os meus leitores tenham nenhum tipo de ideia pré-concebida sobre essas pessoas até qie eles vejam suas imagens e leiam suas palavras. Minhas entrevistas mal conseguem ir além…

Mémorias da Ufologia: Caso SANTA ISABEL

FOTOS DO LAUDO

Na localidade de Santa Izabel(SP) em junho de 1999, a Sra. Alzira Maria de Jesus foi encontrada morta na sua cama, e por volta das 8 hs da manhã sua nora percebe o fato e sai imediatamente para ir ao orelhão e ligar para o seu marido e espera à ajuda e , ao chegar de volta em casa quase 40 min.depois a nora vê o corpo da sra. com o rosto totalmente desfigurado e praticamente sem carne; foi feito o boletim de ocorrência na delegacia da cidade sob n°145/99 em 24 de Junho. Posteriormente confirmou-se que à causa da morte foi a parada respiratória, mas o que aconteceu realmente como rosto desta sra. num espaço menor de uma hora?O laudo é cita sobre as configurações do mesmo, inclusive nas cavidades oculares, mas o que teria causado à perda do rosto ficou indeterminada. Mais estranho ainda é que na noite anterior aos fatos foram vistas bolas de luz voando nessa região rural e no início da madrugada os animais,como cachorros,gansos,e outros começaram à fazer um intenso barulh…

O caso Roswell nordestino: Queda de UFO na Bahia, em Janeiro de 1995

Por Ufo Bahia: Nessa data, as 09:00 horas, uma in­formante do G-PAZ, "M" da TV BAHIA me ligou contando uma mirabolante his­tória de queda de um UFO em Feira deSantana(BA) a 112 Km de Salvador. Umfazendeiro de apelido Beto, tinha ligadopara TV SUBAÉ daquela cidade oferecen­do – em troca de dinheiro – um furo dereportagem; um disco voador tinha caído na sua fazenda e ele tinha provas e ima­gens do fato!
Apenas depois do meio dia, conse­gui – por fim – falar com Beto, que apóssua proposta de negócio, ante minha (apa­rente) frieza, me contou com bastante de­talhes o acontecido. Soube que tambémtentara vender suas provas a TV BAHIA,onde procurou o repórter José Raimundo:
"Ontem pela madrugada caiu algu­ma coisa na minha fazenda, dentro de umalagoa. Era do tamanho de um fusca; aqui­lo ficou boiando parcialmente submerso,perto da beirada. Tentei puxar como pude,trazendo para perto de mim, com uma vara.Aquilo parecia um parto... (quando seabriu uma porta) começou primeiro a sa…