Pular para o conteúdo principal

Por que a China está disparando petróleo rumo ao espaço?



Nesta quarta-feira (6), o satélite SJ-10 da China será lançado em órbita a partir da remota base espacial de Jiuquan, no deserto de Gobi. O evento seria banal se não fosse a carga bastante incomum do satélite: seis cilindros de titânio com petróleo bruto, comprimido a 500 vezes a pressão atmosférica comum.

Lançar material em órbita é caro, e nós não precisamos de petróleo no espaço exterior – a maioria dos foguetes hoje funciona com hidrogênio e oxigênio líquido. Mas a China não está interessada em criar uma frota de naves espaciais movidas a gasolina: ela quer encontrar mais petróleo na Terra.

E estranhamente, realizar testes em gravidade zero pode ser a melhor maneira de fazer isso. O Experimento do Coeficiente de Soret no Petróleo Bruto consiste em seis pequenas amostras altamente comprimidas, e vai estudar como a mistura de moléculas encontradas no petróleo se redistribui sob pressões intensas e temperaturas irregulares.


O experimento Soret Coefficient in Crude Oil (ESA-A. Verga)

E essa informação é de grande interesse para as companhias de petróleo chinesas e europeias: elas esperam que isso nos leve a mais reservas de combustíveis fósseis aqui na Terra.

“Acredita-se que, no subterrâneo profundo, a pressão esmagadora e a temperatura alta – que aumentam quanto maior a profundidade – causam um efeito de difusão: os componentes do petróleo se deslocam devido à temperatura, basicamente desafiando a gravidade”, diz Olivier Minster, cientista da Agência Espacial Europeia e parceiro no projeto, em comunicado.

“Ao longo de eras geológicas, os depósitos mais pesados ​​acabam subindo, enquanto os mais leves afundam”, continua Minster. “O objetivo é quantificar esse efeito na ausência de gravidade. Isso tornará mais fácil criar modelos de computador de reservatórios de petróleo, que irão ajudar a orientar futuras decisões sobre a sua exploração.”

É algo curioso ver agências espaciais sendo contratadas por empresas de petróleo – PetroChina e a francesa Total – para nos ajudar a descobrir mais combustíveis fósseis.

E isso meses após o Acordo de Paris, compromisso firmado entre 195 países para reduzir a emissão de gases do efeito estufa. Para isso, vários governos no mundo se comprometeram a reduzir atividades como a queima de combustíveis fósseis.

No entanto, este ainda parece ser um experimento fascinante. A ESA diz que os cilindros de petróleo estão entre os itens de maior pressão já enviados para o espaço, e foram feitos para suportar mais que o dobro da pressão que aguentam normalmente.

[ESA]

Foto: base espacial de Jiuquan/ESA–A. Verga

FUENTE: GIZMODO BRASIL

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ovnis e estranhas criaturas próximos ao Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (RN)

Desde o ano de 2016 militares da Aeronáutica que trabalham na Barreira do Inferno já percebiam bolas de luzes alaranjadas como também feixes de luzes amarelados no céu noturno, bem próximo daquela região. Por desconhecerem totalmente a origem dessas luzes misteriosas e a finalidade delas, vários militares observavam intrigados e chegavam a comentar entre eles sobre esses fenômenos luminosos. Dias após a percepção dessas claridades no céu noturno, alguns militares começaram a perceber ao redor daquela localidade o aparecimento de criaturas vivas, de seres que não eram humanos. Um dos militares chegou a ver um "Urso Polar" e imediatamente comunicou a outros militares de plantão. Tal militar chegou a passar mal após a aparição de tal criatura. Já um outro militar flagrou uma outra criatura aparentando ser um "homem de grande porte" sair andando de dentro da água do mar. Outro militar relata que presenciou duas criaturas que de início pareciam apenas dois cachorros g…

Ovnis em Iporanga (SP)

Entrada da Casa de Pedra, caverna com maior boca do Mundo, 215 metros.

Iporanga em tupi significa “Rio Bonito” e foi palco da exploração de ouro no período colonial e, posteriormente da exploração de chumbo e zinco no século passado. Na região há famosas cavernas: Formação Iporanga e Formação Votuverava. Em Iporanga, efetuaram-se diversos estudos de mapeamento geológico e pesquisa mineral, sobretudo pela CPRM - Serviço Geológico do Brasil. A seção geológica mais conhecida é o famoso perfil Apiaí-Iporanga. A cidade atrai muitos visitantes por possuir lindas cachoeiras, piscinas naturais, vales, grutas e cavernas. Iporanga é a cidade que possui o maior número de cachoeiras em todo o Brasil, nas 365 cavernas cadastradas. O turista poderá praticar esportes radicais como o rapel, canyonismo e trekking. Atrativos culturais podem ser visitados como o museu da cidade, a Igreja Matriz e as casas com o estilo colonial. Por todos estes motivos, Iporanga é considerada um dos mais importantes cent…

O caso Roswell nordestino: Queda de UFO na Bahia, em Janeiro de 1995

Por Ufo Bahia: Nessa data, as 09:00 horas, uma in­formante do G-PAZ, "M" da TV BAHIA me ligou contando uma mirabolante his­tória de queda de um UFO em Feira deSantana(BA) a 112 Km de Salvador. Umfazendeiro de apelido Beto, tinha ligadopara TV SUBAÉ daquela cidade oferecen­do – em troca de dinheiro – um furo dereportagem; um disco voador tinha caído na sua fazenda e ele tinha provas e ima­gens do fato!
Apenas depois do meio dia, conse­gui – por fim – falar com Beto, que apóssua proposta de negócio, ante minha (apa­rente) frieza, me contou com bastante de­talhes o acontecido. Soube que tambémtentara vender suas provas a TV BAHIA,onde procurou o repórter José Raimundo:
"Ontem pela madrugada caiu algu­ma coisa na minha fazenda, dentro de umalagoa. Era do tamanho de um fusca; aqui­lo ficou boiando parcialmente submerso,perto da beirada. Tentei puxar como pude,trazendo para perto de mim, com uma vara.Aquilo parecia um parto... (quando seabriu uma porta) começou primeiro a sa…