Pular para o conteúdo principal

Avião quase colidiu com UFO triangular sobre oceano


Um enorme UFO triangular se aproximou de um pequeno avião civil sobre o Atlântico

Caso aconteceu na costa norte-americana, e piloto realizou manobras para se desviar do objeto

Charlie Little era um aviador experiente, habilitado para voar aeronaves de mais de um motor e instrutor de voo. Em 27 de outubro de 1967 ele voava um Piper Twin Comanche, tendo como passageiros dois outros pilotos e uma quarta pessoa. Eles decolaram de Opa-Locka, Flórida, com destino a Morristown em New Jersey. O céu não apresentava nuvens e as estrelas eram visíveis, e eles estavam a aproximadamente 2.400 m de altitude sobre o Atlântico quando entraram em contato com o controle em terra, pois os instrumentos a bordo não funcionavam adequadamente.

Quando estavam praticamente na metade do caminho os ocupantes viram uma luz se movendo pelo céu, e assumiram que fosse um avião comercial a uma altitude mais elevada que a deles, rumando para Miami. Porém subitamente a luz começou a descer e se aproximar de seu avião, e o piloto se comunicou com o controle, que respondeu que não havia qualquer outro tráfego na área. O comandante Little acionou as luzes de pouso e de taxiamento do Piper, porém o objeto desconhecido continuava a se aproximar, parecendo que passaria muito perto do avião. Little então pediu permissão para realizar uma descida imediata, o que foi concedido.

Ele então fez o Piper descer até cerca de 1.900 m, porém o objeto desconhecido continuava cada vez mais próximo, sendo que agora viam seis luzes em linha horizontal, grandes e muito brilhantes. A colisão parecia iminente, e o piloto, em princípio de pânico, gritou aos passageiros que não conseguiriam impedir o choque. Little ainda cobriu os olhos com a mão devido ao intenso brilho, mas então a cabine foi tomada por uma luz verde muito suave, o UFO realizou uma manobra de 180 graus e se evadiu após acompanhar o avião por mais alguns segundos. Dois dos passageiros afirmaram que o UFO era um triângulo cinza, com cada lado medindo aproximadamente 60 metros e espessura de seis metros, sem detalhes como rebites, antenas, portas ou janelas. No centro havia uma abertura também triangular pela qual o Piper poderia passar.

SOFRENDO RIDICULARIZAÇÃO


Um Piper Comanche como o que protagonizou o encontro próximo com o enorme UFO triangular

Charlie Little relatou via rádio a observação que tiveram, contudo sua descrição foi recebida com ridículo e piadas. Nervoso, ele chegou a jogar ao chão da aeronave o microfone. Depois se instalou entre os pilotos a bordo o medo de que fossem impedidos de seguir em suas carreiras, pois pretendiam ser pilotos comerciais e o episódio poderia prejudicá-los. Um investigador da Narcap descobriu que Little recebeu a informação do controle radar de que um Boeing 727 da United Airlines teria observado o mesmo objeto nas proximidades de Washington, a 860 km de distância. A Narcap não encontrou documentos relacionados a esse outro avistamento. Os especialistas do grupo ainda discutem se o radar pode na verdade ter detectado o UFO e não o Piper, que em comparação, por ter tamanho significativamente menor, teria um correspondente retorno muito mais fraco.

FONTE: REVISTA UFO

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça histórias de pessoas que foram abduzidas por Extraterrestres

As pessoas do mundo se dividem em dois grandes grupos e um terceiro bem pequeno.

Os dois grandes grupos são: aqueles que acham que ETs existem e aqueles que acham que ETs não existem.

Correndo por fora, existe uma minoria silenciosa que se mantém quietinha, aparentemente, porque, se essas pessoas disserem as coisas que elas sabem, ninguém acreditaria nelas.

Elas fazem parte do pequeno grupo que jura de pé junto ter feito contato com seres extraterrestres.

O fotógrafo nova-iorquino Steven Hirsch, de 63 anos, é um cara que, se não acredita nessas pessoas, pelo menos acredita no direito que elas têm de contar suas histórias do jeito que quiserem.

Por isso, ele criou um blog em que entrevista e fotografa gente que diz ter sido abduzida por alienígenas. O endereço é littlestickylegs.blogspot.co.uk.

- Eu não quero que os meus leitores tenham nenhum tipo de ideia pré-concebida sobre essas pessoas até qie eles vejam suas imagens e leiam suas palavras. Minhas entrevistas mal conseguem ir além…

Mémorias da Ufologia: Caso SANTA ISABEL

FOTOS DO LAUDO

Na localidade de Santa Izabel(SP) em junho de 1999, a Sra. Alzira Maria de Jesus foi encontrada morta na sua cama, e por volta das 8 hs da manhã sua nora percebe o fato e sai imediatamente para ir ao orelhão e ligar para o seu marido e espera à ajuda e , ao chegar de volta em casa quase 40 min.depois a nora vê o corpo da sra. com o rosto totalmente desfigurado e praticamente sem carne; foi feito o boletim de ocorrência na delegacia da cidade sob n°145/99 em 24 de Junho. Posteriormente confirmou-se que à causa da morte foi a parada respiratória, mas o que aconteceu realmente como rosto desta sra. num espaço menor de uma hora?O laudo é cita sobre as configurações do mesmo, inclusive nas cavidades oculares, mas o que teria causado à perda do rosto ficou indeterminada. Mais estranho ainda é que na noite anterior aos fatos foram vistas bolas de luz voando nessa região rural e no início da madrugada os animais,como cachorros,gansos,e outros começaram à fazer um intenso barulh…

O caso Roswell nordestino: Queda de UFO na Bahia, em Janeiro de 1995

Por Ufo Bahia: Nessa data, as 09:00 horas, uma in­formante do G-PAZ, "M" da TV BAHIA me ligou contando uma mirabolante his­tória de queda de um UFO em Feira deSantana(BA) a 112 Km de Salvador. Umfazendeiro de apelido Beto, tinha ligadopara TV SUBAÉ daquela cidade oferecen­do – em troca de dinheiro – um furo dereportagem; um disco voador tinha caído na sua fazenda e ele tinha provas e ima­gens do fato!
Apenas depois do meio dia, conse­gui – por fim – falar com Beto, que apóssua proposta de negócio, ante minha (apa­rente) frieza, me contou com bastante de­talhes o acontecido. Soube que tambémtentara vender suas provas a TV BAHIA,onde procurou o repórter José Raimundo:
"Ontem pela madrugada caiu algu­ma coisa na minha fazenda, dentro de umalagoa. Era do tamanho de um fusca; aqui­lo ficou boiando parcialmente submerso,perto da beirada. Tentei puxar como pude,trazendo para perto de mim, com uma vara.Aquilo parecia um parto... (quando seabriu uma porta) começou primeiro a sa…