Pular para o conteúdo principal

Cai n° de avistamentos ovnis em Piracicaba (SP), diz ufólogo


Foto: Del Rodrigues/ AAN
Michel garante que Serra de São Pedro ainda registra seres e naves estelares

Matéria veiculada em 10/03/2014

Entre o final da década 90 e o início dos anos 2000 houve uma grande sequência de fenômenos ufológicos na região de Piracicaba, entre avistamentos e até tentativas de abduções. Mas há mais de dez anos o tráfego de OVNIs por aqui diminuiu drasticamente e, desde então, não há registros de aparições de naves ou seres espaciais.

A comparação é do ufólogo professor Michel que, apesar da calmaria, garante que alguns pontos da Serra de São Pedro ainda são locais estratégicos para os visitantes estelares.

Professor Michel é o pseudônimo profissional de Francisco Henrique Conejo Cervello, que desde 1995 se dedica ao estudo de fenômenos ufológicos.

Michel também é astrólogo e trabalha realizando previsões, consultas por telefone e mapa astral para clientes de vários pontos do país.

O encontro com a reportagem do Portal RAC foi em um salão de festas de um condomínio, onde há cerca de 15 anos aconteciam as reuniões de uma entusiasmada turma de ufólogos, que mais tarde criariam o grupo UFO-Gênesis.

“O grupo foi criado em fevereiro de 1996, um mês depois do caso do ET de Varginha. Sou um dos fundadores. Nos reuníamos aqui, víamos vídeos, discutíamos casos e planejávamos vigílias”, conta Michel, fazendo menção à equipe que depois se desfez.

Com um pacote cheio de recortes de jornais debaixo do braço, que relatam aparições de naves espaciais e outros fenômenos estranhos, Michel relembra casos ocorridos na região, em especial o de duas mulheres que teriam sido abordadas por ETs.

“Aqui em Piracicaba acontecem muitos fenômenos que você só ouve falar na Discovery, no History, nesses canais a cabo. É uma região privilegiada, não sei o porquê”, fala.

Depois da fundação do UFO-Gênesis os integrantes começaram a fazer as primeiras vigílias.

“Levamos uns três anos até achar um ponto que tem muitas manifestações ufológicas. É no alto da Serra de São Pedro, lá a gente sempre via alguma coisa. Tudo indica que ainda tem muita coisa que sai daquele lado lá e se espalha para a região inteira. Tem moradores antigos daquela região que falam ter visto esferas saindo de dentro de gruta, no pé da serra”, relata o ufólogo.

De acordo com Michel, em 1997 houve uma grande “onda de fenômenos ufológicos” na região.

“Essa onda coincidiu com a história do Chupacabra, que é uma coisa que eu nunca acreditei. Chupacabra é um mito”, garante.

Mas a serra de São Pedro, ele frisa, ainda é um local misterioso.

“Com certeza ainda está acontecendo alguma coisa ali na serra de São Pedro. Lá é ponto estratégico deles, não sei o porquê. Mas sempre tem gente que mora ali por perto que diz que viu uma bola luminosa”.

Despreparada

A humanidade, na opinião de Michel, ainda não está preparada para um encontro oficial com ETs.

“Se acontecer uma manifestação muito clara para o mundo inteiro, ou seja, um evento ufológico inquestionável, a primeira coisa que será abalada é a estrutura religiosa das pessoas, porque de acordo com certas religiões o homem é o suprassumo da criação. Então, se de repente aparecerem uns monstrinhos verdes por aí, ou lagartos, que podem ser até mais inteligentes do que a gente, aí como é que vai ficar?”, questiona o ufólogo.

ET

Seriam os ETs pacíficos? Para o ufólogo “há várias raças de ETs de diferentes lugares do universo que vêm para cá”. E segundo suas deduções, alguns são pacíficos, outros nem tanto.

“Algumas são éticas, outras não. Isso já deu para perceber. As raças ruins fazem abdução, estragos”, diz Michel, que observa nunca ter visto um ser do espaço mas garante já ter vivido uma experiência telepática.

Mas por que os ETs são seres reservados, sempre fazem aparições para uma ou poucas pessoas? Por que não surgem num estádio lotado de pessoas, com redes de TV transmitindo ao vivo?.

“Ufologia tem muita pergunta e pouca resposta”, ensina Michel. “Mas há um relato na Alemanha, no começo do ano, de um objeto ter sido visto próximo a um estádio. Tem até filmagem disso”.

Primeiro relato

De acordo com Michel, um relato do padre Anchieta, no distante século 16, é considerado a primeira descrição de um fenômeno ufológico no Brasil. “É um fenômeno luminoso que corre pela praia e acomete os índios com rapidez”, escreveu o religioso, sobre provavelmente o fenômeno conhecido como fogo-fátuo que, depois, foi associado ao folclore na figura do Boitatá.

“Na verdade, tem muito fenômeno ufológico que está associado ao folclore brasileiro”, afirma.

Contato

Madrugada de dezembro de 1999: duas mulheres e um homem trafegavam em um carro no sentido Piracicaba-São Pedro na SP-304, em direção a uma chácara, no bairro de Ártemis.

De repente, um estranho objeto voador se aproxima velozmente em direção à rodovia e ao veículo, um Opala, que era conduzido por Creusa Aparecida Delbagi Rossi e no qual ainda estavam Maria Eugênia Cardoso e um amigo delas, que dormia no banco traseiro.

O objeto voador, que tinha mais de 30 metros, ficou rente ao chão da pista.

Bastante assustados, os três ocupantes deixaram o carro, antes do OVNI desviar sua trajetória e sumir pelo céu.

Depois do episódio, que ganhou destaque na mídia, o grupo UFO-Gênesis foi acionado. A equipe decidiu realizar uma hipnose regressiva com Creuza e Maria Eugênia. O terceiro ocupante se recusou a conversar com os ufólogos.
Elas foram hipnotizadas separadamente.

A conclusão dos ufólogos é que Maria Eugênia poderia ser o alvo principal dos ETs, que possivelmente queriam sequestrá-la. Isso porque durante a hipnose ela relatou ter visto uma espécie de tubo por onde seria levada para dentro da nave. Mas como ofereceu resistência, os ETs teriam desistido da abdução. Mas não sem antes deixar a mensagem; “Nós vamos voltar”.

Dias depois, Creusa novamente teria avistado uma nave espacial na SP-304 e em outra ocasião seu filho teria sentido uma presença alienígena na chácara onde morava com a mãe.

Caso ovni ocorrido em 1997 na cidade de Piracicaba SP:



FONTE: http://correio.rac.com.br/

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ovnis e estranhas criaturas próximos ao Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (RN)

Desde o ano de 2016 militares da Aeronáutica que trabalham na Barreira do Inferno já percebiam bolas de luzes alaranjadas como também feixes de luzes amarelados no céu noturno, bem próximo daquela região. Por desconhecerem totalmente a origem dessas luzes misteriosas e a finalidade delas, vários militares observavam intrigados e chegavam a comentar entre eles sobre esses fenômenos luminosos. Dias após a percepção dessas claridades no céu noturno, alguns militares começaram a perceber ao redor daquela localidade o aparecimento de criaturas vivas, de seres que não eram humanos. Um dos militares chegou a ver um "Urso Polar" e imediatamente comunicou a outros militares de plantão. Tal militar chegou a passar mal após a aparição de tal criatura. Já um outro militar flagrou uma outra criatura aparentando ser um "homem de grande porte" sair andando de dentro da água do mar. Outro militar relata que presenciou duas criaturas que de início pareciam apenas dois cachorros g…

Mémorias da Ufologia: Caso SANTA ISABEL

FOTOS DO LAUDO

Na localidade de Santa Izabel(SP) em junho de 1999, a Sra. Alzira Maria de Jesus foi encontrada morta na sua cama, e por volta das 8 hs da manhã sua nora percebe o fato e sai imediatamente para ir ao orelhão e ligar para o seu marido e espera à ajuda e , ao chegar de volta em casa quase 40 min.depois a nora vê o corpo da sra. com o rosto totalmente desfigurado e praticamente sem carne; foi feito o boletim de ocorrência na delegacia da cidade sob n°145/99 em 24 de Junho. Posteriormente confirmou-se que à causa da morte foi a parada respiratória, mas o que aconteceu realmente como rosto desta sra. num espaço menor de uma hora?O laudo é cita sobre as configurações do mesmo, inclusive nas cavidades oculares, mas o que teria causado à perda do rosto ficou indeterminada. Mais estranho ainda é que na noite anterior aos fatos foram vistas bolas de luz voando nessa região rural e no início da madrugada os animais,como cachorros,gansos,e outros começaram à fazer um intenso barulh…

Fazendeiro grego encontra túmulo de 3.400 anos debaixo de suas oliveiras

Por: George Dvorsky

Um túmulo de 3.400 anos contendo dois caixões e dúzias de artefatos que remontam ao fim da era Minoica estava escondido debaixo do olival de um fazendeiro grego, no sudeste da ilha de Creta, na Grécia.

Como noticiado pelo Cretapost, o homem, que não teve seu nome revelado, estava tentando estacionar seu veículo debaixo da sombra de uma oliveira quando o solo debaixo dele começou a afundar. Depois de se afastar, o fazendeiro notou que um buraco medindo cerca de 1,2 metro de largura apareceu de repente. Quando ele olhou para o vazio abaixo, rapidamente percebeu que havia se deparado com algo importante.


O buraco. Imagem: Eforato de Antiguidades de Lasithi

O fazendeiro contatou o Eforato de Antiguidades de Lassithi — ministério de patrimônio local —, que enviou arqueólogos para investigar. Descobriram então que o fazendeiro havia se deparado com um túmulo da era Minoica contendo um par de caixões, cada um deles com um só esqueleto. Duas dúzias de vasos com ornamentos…