Pular para o conteúdo principal

Bilionário japonês será o primeiro turista a viajar até a Lua


O empreendedor Yusaku Maezawa afirmou que convidará artistas para acompanhá-lo na missão, que deverá acontecer em 2023

Uma nova etapa da exploração espacial foi iniciada nesta segunda-feira (17 de setembro): o empreendedor Yusaku Maezawa será o primeiro turista a viajar em direção à Lua e dar uma volta ao redor de nosso satélite natural a bordo de uma espaçonave. O bilionário sul-africano Elon Musk, fundador da empresa SpaceX, realizou o comunicado na sede da companhia— o evento foi transmitido ao vivo pela internet e contou com a presença do futuro viajante.

Maezawa será o 25º humano a circundar a Lua e observar o seu "lado oculto" — por conta da sincronia de movimentos com a Terra, parte do nosso satélite sempre permanece oculto ao nosso olhar. Ao contrário das outras pessoas que tiveram o privilégio de realizar essa viagem, entretanto, Maezawa embarcará nessa aventura por fins exclusivamente turísticos. A última missão humana que visitou a Lua aconteceu em 1972, com o projeto norte-americano Apollo.

Ao ser apresentado como o turista que viajará a bordo da nave da SpaceX, Maezawa afirmou que estava muito entusiasmado com a possibilidade de conhecer a Lua. Como uma contribuição para levar uma mensagem de paz, ele afirmou que convidará artistas para embarcar nessa missão: em um site lançado hoje, Maezawa afirma que levar pessoas criativas para conhecer a Lua será uma maneira de inspirar a humanidade. Designers, fotógrafos, músicos, estilistas e artistas plásticos são alguns dos profissionais que poderão participar do projeto, batizado de "Dear Moon" (Querida Lua, em português).

Aos 42 anos, Maezawa é conhecido por suas iniciativas ligadas à arte: em 2017, ele pagou US$ 110,5 milhões (o equivalente a R$ 456,78 milhões) em um quadro do artista norte-americano Jean-Michel Basquiat.

De acordo com a SpaceX, o voo comercial em direção à Lua será realizado por meio do veículo Big Falcon Rocket (BFR), um foguete reutilizável que será considerado o maior e mais poderoso transporte espacial já desenvolvido. Em sua extensão total, o foguete terá 118 metros de extensão. No espaço, um módulo de 55 metros e equipado com sete motores se desprenderá e realizará a viagem até a Lua. Os protótipos do BFR já estão sendo desenvolvidos e testados pelos engenheiros da companhia — que foram elogiados por Musk durante o comunicado.

Musk explicou que, inicialmente, o passeio consistirá em circundar a Lua a bordo da espaçonave para então retornar à Terra. O tempo desse percurso demorará de quatro a cinco dias, de acordo com as estimativas da SpaceX.


ELON MUSK DURANTE O COMUNICADO NESTA SEGUNDA-FEIRA (FOTO: REPRODUÇÃO/YOUTUBE)

A missão turística deverá acontecer até 2024. Até lá, Maezawa realizará treinamentos para viajar até a Lua em segurança. O valor do contrato assinado entre o turista e a SpaceX não foi divulgado, mas não deve ser nada barato: de acordo com especialistas consultados, desenvolver um foguete e realizar o transporte de passageiros custará centenas de milhões de dólares para a companhia norte-americana.



Criada em 2002 nos Estados Unidos, a SpaceX é considerada a maior empresa aeroespacial privada do planeta e já realizou diferentes projetos em parceria com outras companhias e instituições governamentais, como a NASA. Em seu comunicado, Musk afirmou que a criação da SpaceX tem o objetivo de "levar a vida para além da Terra", explorando diferentes planetas do Sistema Solar, como os planos de colonização de Marte.

Até hoje, sete pessoas já realizaram viagens ao espaço como turistas. A missão, entretanto, era bem mais modesta: a bordo do foguete russo Soyuz, os passageiros visitaram a Estação Espacial Internacional. Outras empresas como a Virgn Galactic e a Blue Origin também planejam investir em viagens mais "ousadas" para além da Terra.




https://dearmoon.earth/

FONTE: REVISTA GALILEU

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mémorias da Ufologia: Caso SANTA ISABEL

FOTOS DO LAUDO

Na localidade de Santa Izabel(SP) em junho de 1999, a Sra. Alzira Maria de Jesus foi encontrada morta na sua cama, e por volta das 8 hs da manhã sua nora percebe o fato e sai imediatamente para ir ao orelhão e ligar para o seu marido e espera à ajuda e , ao chegar de volta em casa quase 40 min.depois a nora vê o corpo da sra. com o rosto totalmente desfigurado e praticamente sem carne; foi feito o boletim de ocorrência na delegacia da cidade sob n°145/99 em 24 de Junho. Posteriormente confirmou-se que à causa da morte foi a parada respiratória, mas o que aconteceu realmente como rosto desta sra. num espaço menor de uma hora?O laudo é cita sobre as configurações do mesmo, inclusive nas cavidades oculares, mas o que teria causado à perda do rosto ficou indeterminada. Mais estranho ainda é que na noite anterior aos fatos foram vistas bolas de luz voando nessa região rural e no início da madrugada os animais,como cachorros,gansos,e outros começaram à fazer um intenso barulh…

O caso Artur Berlet, O homem que foi para o Planeta Acart

O "Caso Berlet" ocorreu em 25 de maio de 1958 (faleceu em 1995), quando o gaúcho Artur Berlet, da cidade de Sarandí – RS, desapareceu por 11 dias.
Segundo Berlet teria sido abduzido e levado para um planeta chamado Acart aproximadamente 65,000,000 km da terra, demorou cerca de 38horas para chegar, onde ficou 11 dias em uma cidade com quase 90 milhões de habitantes. O curioso do fato que conseguiu comunicação com extraterrestres através do idioma Alemão.

Durante esse tempo, Berlet teve a chance de ver a Terra a partir do espaço. conhecer objetos e tecnologias que só teríamos posteriormente no decorrer do avanço dos humanos.
Após décadas, a fantástica história do gaúcho ainda surpreende a todos. Quem reconstituiu a história desse caso para a RBS foi a professora Ana Berlet, filha de Artur.

Vejam o nível da informação:

O Artur Berlet através de uma aparelho de Acart o qual olhou a terra, disse;
“a terra era AZUL.”



Ok ! parece nada demais, mas o fato é que ele disse anos ant…

Filme "Intruders" (Intrusos) 1992

Ao pesquisar problemas de duas de suas pacientes, proeminente psiquiatra de um importante hospital de Los Angeles (Interpretado pelo falecido ator Richard Crenna na vida real John Mack, psiquiatra formado em Harvard Medical School, 1955.) acaba penetrando em um universo de estranhas ocorrências relacionadas com OVNIs, que modificarão sua própria vida.

"Intruders" foi baseado no best-seller de Budd Hopkins e em casos verídicos que hoje compõem um vasto arquivo de histórias vividas por muitas pessoas que passaram por experiências com seres extraterrestres, e que neste filme colaboraram com renomados pesquisadores do assunto na reconstituição dos episódios.

Best Seller "Intruders" (Intrusos)

Algumas cenas do filme:








Filme legendado em português:




Inspiração do filme Intruders (Intrusos), mulher relata contato com ETs



A americana Debbie Jordan, que relata um contato com extraterrestres há 34 anos, comentou que ficaria chocada se houvesse uma nova aproximação, mas não enc…