Pular para o conteúdo principal

Inteligência artificial demonstra criatividade criando ficção


O resultado é muitas vezes maluco, mas às vezes funciona, criando ficções que fazem sentido. [Imagem: Kuziki]

Ideação

Pesquisadores do projeto europey WHIM acreditam ter alcançado um grande avanço no campo da criatividade computacional.

Eles desenvolveram um programa de computador que não apenas gera enredos totalmente ficcionais, mas também julga a sua utilidade e o potencial apelo de cada ficção junto aos humanos.

WHIM é um acrônimo para What-if Machine, algo como "máquina do O que acontece Se".

"O WHIM é um antídoto para a inteligência artificial convencional, que é obcecada com a realidade. Estamos entre os primeiros a aplicar a inteligência artificial à ficção," explica Simon Colton, coordenador do projeto e professor da Universidade de Londres.

A "Máquina-O Que-Se" também é o nome da primeira "ideação" ficcional computadorizada - ideação é o processo criativo de gerar, desenvolver e comunicar novas ideias.

Inteligência artificial aplicada à ficção

O software gera mini-narrativas ou histórias de ficção utilizando técnicas de processamento de linguagem natural e um banco de dados de fatos extraídos da web, que funciona como um repositório de fatos "verdadeiros". O software então inverte ou torce os fatos para criar questões do tipo "O que acontece se".

O resultado é muitas vezes maluco, como "E se houvesse uma mulher que acordasse em um beco como um gato, mas ainda pudesse andar de bicicleta?" Mas muitas vezes funciona, criando coisas que fazem sentido. Como as ideias geradas são, em última instância, destinadas ao consumo humano, esses resultados são avaliados por voluntários.

"Pode-se argumentar que a ficção é subjetiva, mas há padrões," diz o professor Colton. "Se 99% das pessoas acham que um comediante é engraçado, então poderíamos dizer que o comediante é engraçado, pelo menos na percepção da maioria das pessoas."

Os pesquisadores também estão tentando ensinar os computadores a produzir ideias metafóricas e ironias, invertendo e cruzando estereótipos coletados na web.

Criatividade computacional

Embora muitas das ideias de ficção geradas pareçam lunáticas, o projeto é baseado em ciência sólida. O esforço é parte do emergente campo da "criatividade computacional", um empreendimento interdisciplinar localizado no cruzamento da inteligência artificial, psicologia cognitiva, filosofia e artes.

Os programas criados pelo projeto poderão ter aplicações em vários domínios. Em uma iniciativa, há planos para transformar as narrativas ficcionais em jogos de vídeo. Outra iniciativa envolve o projeto computacional de uma produção teatral, incluindo o enredo, o cenário e a música. Todo o processo está sendo filmado para um documentário.

A criatividade computacional também poderia ser usada pelos moderadores em conferências científicas para fazer perguntas aos entrevistados, a fim de explorar diferentes hipóteses ou cenários, ou ajudar em processos de "tempestade cerebral" (brainstorming).

O projeto WHIM, que continuará até 2016, conta com pesquisadores de cinco universidades e financiamento da União Europeia de €1,7 milhão (cerca de R$ 6 milhões).

FONTE: http://www.inovacaotecnologica.com.br/

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ovnis e estranhas criaturas próximos ao Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (RN)

Desde o ano de 2016 militares da Aeronáutica que trabalham na Barreira do Inferno já percebiam bolas de luzes alaranjadas como também feixes de luzes amarelados no céu noturno, bem próximo daquela região. Por desconhecerem totalmente a origem dessas luzes misteriosas e a finalidade delas, vários militares observavam intrigados e chegavam a comentar entre eles sobre esses fenômenos luminosos. Dias após a percepção dessas claridades no céu noturno, alguns militares começaram a perceber ao redor daquela localidade o aparecimento de criaturas vivas, de seres que não eram humanos. Um dos militares chegou a ver um "Urso Polar" e imediatamente comunicou a outros militares de plantão. Tal militar chegou a passar mal após a aparição de tal criatura. Já um outro militar flagrou uma outra criatura aparentando ser um "homem de grande porte" sair andando de dentro da água do mar. Outro militar relata que presenciou duas criaturas que de início pareciam apenas dois cachorros g…

Sintomas bizarros de “ataque sônico” estariam se espalhando por diplomatas americanos pelo mundo

Por: Rhett Jones

Por mais de um ano e meio, diplomatas norte-americanos sofreram de doenças parecidas, que incluíam danos cerebrais leves e perda de audição, depois de terem alegado ouvir sons incomuns. Os incidentes começaram em Cuba, mas os relatos agora se espalharam para outros países. À medida que as autoridades ampliaram os esforços para tratar os casos potenciais, quase 200 pessoas teriam se apresentado para serem examinadas.

O Departamento de Estado dos Estados Unidos teve pouco a dizer sobre os incidentes que começaram em Havana, no fim de 2016, e o vácuo de informações abriu as portas para teorias da conspiração e outras alegações não checadas. Por ora, ninguém pode dizer com certeza o que está acontecendo nesses casos, mas parece que diplomatas norte-americanos estão sendo alvos de algum tipo de ataque que tem deixado os especialistas perplexos. No começo, os oficiais acreditavam que algum “dispositivo sônico” desconhecido estivesse sendo usado contra as vítimas, mas outra…

Fazendeiro grego encontra túmulo de 3.400 anos debaixo de suas oliveiras

Por: George Dvorsky

Um túmulo de 3.400 anos contendo dois caixões e dúzias de artefatos que remontam ao fim da era Minoica estava escondido debaixo do olival de um fazendeiro grego, no sudeste da ilha de Creta, na Grécia.

Como noticiado pelo Cretapost, o homem, que não teve seu nome revelado, estava tentando estacionar seu veículo debaixo da sombra de uma oliveira quando o solo debaixo dele começou a afundar. Depois de se afastar, o fazendeiro notou que um buraco medindo cerca de 1,2 metro de largura apareceu de repente. Quando ele olhou para o vazio abaixo, rapidamente percebeu que havia se deparado com algo importante.


O buraco. Imagem: Eforato de Antiguidades de Lasithi

O fazendeiro contatou o Eforato de Antiguidades de Lassithi — ministério de patrimônio local —, que enviou arqueólogos para investigar. Descobriram então que o fazendeiro havia se deparado com um túmulo da era Minoica contendo um par de caixões, cada um deles com um só esqueleto. Duas dúzias de vasos com ornamentos…