Pular para o conteúdo principal

Como é voltar à Terra depois de morar no espaço?



A comida é muito melhor aqui na Terra. E tomar banho e ir ao banheiro também são coisas bem mais fáceis de fazer aqui. Mas você passa por um processo de adaptação estranho quando volta à Terra.

A primeira coisa que se nota é que tudo parece muito pesado. Depois de 95 dias na Estação Espacial Internacional, voltei para a Terra no ônibus espacial Discovery. Tirei o capacete e parecia que eu estava segurando a âncora do U.S.S. Nimitz. Ah, que ótimo, pensei, como é que vou escovar os dentes — a escova vai estar muito pesada!

A próxima coisa que você nota é que o seu sistema vestibular está todo desarrumado. Atividades simples, como sentar, precisam de muita concentração. Depois de cerca de 15 minutos eu conseguia ficar de pé, mas eu teria caído se não houvesse um monte de coisas para me apoiar no Discovery.

Como você pode ver, o seu cérebro é extremamente adaptável. Depois de apenas alguns dias no espaço, ele descobre que seu ouvido interno está produzindo nada além de sinais ruins, então reduz a amplificação em seu filtro de Kalman e intensifica a amplificação dos seus sensores visuais, os olhos.

Fica ótimo, até a hora de voltar para a Terra. Agora você precisa de seu sensor do ouvido interno de novo, mas o cérebro ainda está filtrando estes sinais. Aos poucos, o cérebro o calibra novamente, mas isso leva um tempo.

Para mim, o processo foi muito rápido. Não sei por que, mas informalmente posso dizer que as pessoas baixas e troncudinhas se readaptam mais rapidamente do que as altas e esguias. Esta foi a segunda vez na minha vida que ser baixinho valeu a pena. (A primeira vez foi durante concursos de limbo no Bar Mitzvahs, em New Jersey, no início dos anos 80).

Depois de cerca de uma hora, eu conseguia caminhar ao redor do Shuttle na pista do Centro Espacial Kennedy e já era capaz de ir a um bar local com os meus colegas de tripulação. Consegui, aliás, comer metade de um cheeseburger e tomar meia cerveja.

No meu segundo voo, STS-132, que foi de apenas cerca de 2 semanas de duração, fomos para o mesmo bar e eu pedi um cheeseburger inteiro e um copo inteiro de cerveja. Então, quando as pessoas me perguntam qual foi a diferença entre um voo espacial de longa duração e um voo espacial e de curta duração, eu tenho uma resposta quantificável: um meio-cheeseburger e meia cerveja!

FONTE: http://gizmodo.uol.com.br/

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ovnis e estranhas criaturas próximos ao Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (RN)

Desde o ano de 2016 militares da Aeronáutica que trabalham na Barreira do Inferno já percebiam bolas de luzes alaranjadas como também feixes de luzes amarelados no céu noturno, bem próximo daquela região. Por desconhecerem totalmente a origem dessas luzes misteriosas e a finalidade delas, vários militares observavam intrigados e chegavam a comentar entre eles sobre esses fenômenos luminosos. Dias após a percepção dessas claridades no céu noturno, alguns militares começaram a perceber ao redor daquela localidade o aparecimento de criaturas vivas, de seres que não eram humanos. Um dos militares chegou a ver um "Urso Polar" e imediatamente comunicou a outros militares de plantão. Tal militar chegou a passar mal após a aparição de tal criatura. Já um outro militar flagrou uma outra criatura aparentando ser um "homem de grande porte" sair andando de dentro da água do mar. Outro militar relata que presenciou duas criaturas que de início pareciam apenas dois cachorros g…

Ovnis em Iporanga (SP)

Entrada da Casa de Pedra, caverna com maior boca do Mundo, 215 metros.

Iporanga em tupi significa “Rio Bonito” e foi palco da exploração de ouro no período colonial e, posteriormente da exploração de chumbo e zinco no século passado. Na região há famosas cavernas: Formação Iporanga e Formação Votuverava. Em Iporanga, efetuaram-se diversos estudos de mapeamento geológico e pesquisa mineral, sobretudo pela CPRM - Serviço Geológico do Brasil. A seção geológica mais conhecida é o famoso perfil Apiaí-Iporanga. A cidade atrai muitos visitantes por possuir lindas cachoeiras, piscinas naturais, vales, grutas e cavernas. Iporanga é a cidade que possui o maior número de cachoeiras em todo o Brasil, nas 365 cavernas cadastradas. O turista poderá praticar esportes radicais como o rapel, canyonismo e trekking. Atrativos culturais podem ser visitados como o museu da cidade, a Igreja Matriz e as casas com o estilo colonial. Por todos estes motivos, Iporanga é considerada um dos mais importantes cent…

O caso Roswell nordestino: Queda de UFO na Bahia, em Janeiro de 1995

Por Ufo Bahia: Nessa data, as 09:00 horas, uma in­formante do G-PAZ, "M" da TV BAHIA me ligou contando uma mirabolante his­tória de queda de um UFO em Feira deSantana(BA) a 112 Km de Salvador. Umfazendeiro de apelido Beto, tinha ligadopara TV SUBAÉ daquela cidade oferecen­do – em troca de dinheiro – um furo dereportagem; um disco voador tinha caído na sua fazenda e ele tinha provas e ima­gens do fato!
Apenas depois do meio dia, conse­gui – por fim – falar com Beto, que apóssua proposta de negócio, ante minha (apa­rente) frieza, me contou com bastante de­talhes o acontecido. Soube que tambémtentara vender suas provas a TV BAHIA,onde procurou o repórter José Raimundo:
"Ontem pela madrugada caiu algu­ma coisa na minha fazenda, dentro de umalagoa. Era do tamanho de um fusca; aqui­lo ficou boiando parcialmente submerso,perto da beirada. Tentei puxar como pude,trazendo para perto de mim, com uma vara.Aquilo parecia um parto... (quando seabriu uma porta) começou primeiro a sa…