Pular para o conteúdo principal

Par de estrelas anãs-brancas está se aproximando e união vai resultar em explosão


Ilustração mostra o centro da nebulosa planetária Henize 2-428, onde astrônomos identificaram uma dupla de estrelas anãs-brancas numa dança gravitacional mortal que resultará na sua fusão e subsequente explosão em uma supernova daqui a centenas de milhõe - ESO/L. Calçada

No mundo das artes, estrelas se casam e separam com uma frequência impressionante, mas, apesar dos eventuais dramas, raramente estas uniões acabam em tragédia. No Universo, no entanto, a maior parte dos “casamentos” entre estrelas são indissolúveis (a maioria das estrelas que conseguimos ver no céu a olho nu são na verdade sistemas binários ou múltiplos), e agora astrônomos, tal qual os infames paparazzi, flagraram um par delas cuja união final está destinada a terminar com a desintegração de ambas em uma enorme explosão de uma supernova.

Liderados por Miguel Santander-García, pesquisador do Observatório Astronômico Nacional de Alcalá de Henares, na Espanha, os astrônomos usaram telescópios do Observatório Europeu do Sul (ESO) no Chile e outros equipamentos do tipo instalados nas Ilhas Canárias para identificar uma dupla de anãs-brancas, pequenos e extremamente densos restos de estrelas como o Sol, em uma dança mortal que terminará com sua fusão daqui a 700 milhões de anos.

E como a massa conjunta do sistema é de cerca de 1,8 vez a do Sol, o objeto resultante desta união ficará com acima do chamado limite de Chandrasekhar, de aproximadamente 1,4 vez a massa de nossa estrela, e o máximo que uma anã-branca pode suportar sem entrar em colapso gravitacional. Além disso, tem início uma reação nuclear em cadeia cujo final é uma explosão de supernova do tipo conhecido como Ia.

A descoberta da dupla destinada à tragédia ao estilo “Romeu e Julieta” aconteceu por acaso. Inicialmente, os astrônomos pretendiam estudar como algumas estrelas produzem nebulosas com formatos estranhos e assimétricos perto do fim de suas vidas. E uma destas chamadas nebulosas planetárias estranhas no céu é um objeto conhecido como Henize 2-428, localizado a pouco menos de 5 mil anos-luz de distância da Terra na direção da constelação de Aquila (Águia).

- Mas quando observamos a estrela central deste objeto com o telescópio VLT do ESO, descobrimos não uma, mas um par de estrelas no coração desta estranha nuvem brilhante – conta Henri Boffin, astrônomo do ESO e coautor de artigo sobre a descoberta, publicado online nesta segunda-feira no site da revista “Nature”.

Segundo os astrônomos, a descoberta de que havia duas estrelas no centro da nebulosa reforçou a teoria de que objetos do tipo com formatos assimétricos são resultado da presença de mais de um astro na sua formação, mas as surpresas não pararam aí. Observações posteriores com telescópios nas Ilhas Canárias permitiram aos astrônomos determinar a órbita descrita pelas duas estrelas e assim deduzir tanto sua massa quanto sua separação.

Os cientistas descobriram então que cada uma das anãs-brancas tem uma massa um pouco menor do que a do Sol, completando uma volta em torno do centro de gravidade comum do sistema binário a cada quatro horas. Com isso, elas estão próximas o bastante para que, de acordo com a Teoria da Relatividade de Einstein, se aproximem cada vez mais, numa espiral alimentada pela emissão de ondas gravitacionais que eventualmente levará a sua fusão dentro dos próximos 700 milhões de anos, deflagrando a supernova.

Até agora, a formação de supernovas do tipo Ia pela fusão de duas anãs-brancas era algo puramente teórico, mas o par de estrelas na nebulosa Henize 2-428 é a isso tornado em realidade – explica David Jones, também coautor do estudo e astrônomo do ESO na época da descoberta da dupla.

Já o líder da equipe de astrônomos, Santander-García, destaca que isso vai levar a uma revisão dos estudos sobre supernovas do tipo Ia que pode ter profundas influências nas teorias sobre a criação e expansão do Universo:

- É um sistema extremamente enigmático. Ele terá importantes repercussões nos estudos das supernovas Ia, que são amplamente usadas para medir as distâncias astronômicas e foram a chave para a descoberta de que a expansão do Universo está se acelerando devido à ação da energia escura.

FONTE: http://oglobo.globo.com/

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ovnis e estranhas criaturas próximos ao Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (RN)

Desde o ano de 2016 militares da Aeronáutica que trabalham na Barreira do Inferno já percebiam bolas de luzes alaranjadas como também feixes de luzes amarelados no céu noturno, bem próximo daquela região. Por desconhecerem totalmente a origem dessas luzes misteriosas e a finalidade delas, vários militares observavam intrigados e chegavam a comentar entre eles sobre esses fenômenos luminosos. Dias após a percepção dessas claridades no céu noturno, alguns militares começaram a perceber ao redor daquela localidade o aparecimento de criaturas vivas, de seres que não eram humanos. Um dos militares chegou a ver um "Urso Polar" e imediatamente comunicou a outros militares de plantão. Tal militar chegou a passar mal após a aparição de tal criatura. Já um outro militar flagrou uma outra criatura aparentando ser um "homem de grande porte" sair andando de dentro da água do mar. Outro militar relata que presenciou duas criaturas que de início pareciam apenas dois cachorros g…

Ovnis em Iporanga (SP)

Entrada da Casa de Pedra, caverna com maior boca do Mundo, 215 metros.

Iporanga em tupi significa “Rio Bonito” e foi palco da exploração de ouro no período colonial e, posteriormente da exploração de chumbo e zinco no século passado. Na região há famosas cavernas: Formação Iporanga e Formação Votuverava. Em Iporanga, efetuaram-se diversos estudos de mapeamento geológico e pesquisa mineral, sobretudo pela CPRM - Serviço Geológico do Brasil. A seção geológica mais conhecida é o famoso perfil Apiaí-Iporanga. A cidade atrai muitos visitantes por possuir lindas cachoeiras, piscinas naturais, vales, grutas e cavernas. Iporanga é a cidade que possui o maior número de cachoeiras em todo o Brasil, nas 365 cavernas cadastradas. O turista poderá praticar esportes radicais como o rapel, canyonismo e trekking. Atrativos culturais podem ser visitados como o museu da cidade, a Igreja Matriz e as casas com o estilo colonial. Por todos estes motivos, Iporanga é considerada um dos mais importantes cent…

O caso Roswell nordestino: Queda de UFO na Bahia, em Janeiro de 1995

Por Ufo Bahia: Nessa data, as 09:00 horas, uma in­formante do G-PAZ, "M" da TV BAHIA me ligou contando uma mirabolante his­tória de queda de um UFO em Feira deSantana(BA) a 112 Km de Salvador. Umfazendeiro de apelido Beto, tinha ligadopara TV SUBAÉ daquela cidade oferecen­do – em troca de dinheiro – um furo dereportagem; um disco voador tinha caído na sua fazenda e ele tinha provas e ima­gens do fato!
Apenas depois do meio dia, conse­gui – por fim – falar com Beto, que apóssua proposta de negócio, ante minha (apa­rente) frieza, me contou com bastante de­talhes o acontecido. Soube que tambémtentara vender suas provas a TV BAHIA,onde procurou o repórter José Raimundo:
"Ontem pela madrugada caiu algu­ma coisa na minha fazenda, dentro de umalagoa. Era do tamanho de um fusca; aqui­lo ficou boiando parcialmente submerso,perto da beirada. Tentei puxar como pude,trazendo para perto de mim, com uma vara.Aquilo parecia um parto... (quando seabriu uma porta) começou primeiro a sa…