Pular para o conteúdo principal

Análise de DNA revela a origem de povo citado na Bíblia


ESCAVAÇÃO NO CEMITÉRIO FILISTEU DA CIDADE DE ASCALÃO. INVESTIGAÇÕES GENÉTICAS DO POVO BÍBLICO INDICAM ORIGEM EUROPEIA. (FOTO: MELISSA AJA/LEON LEVY EXPEDITION)

Equipe sequenciou genomas dos filisteus, que viviam em cidade portuária de Israel entre séculos 12 e 8 a.C.

A análise do DNA de 10 indivíduos mostrou que a origem de um dos povos bíblicos mais misteriosos, os filisteus, vem da Europa. A descoberta foi realizada após os pesquisadores encontrarem os restos mortais de uma criança na região de Ascalão, em Israel. A cidade era lar de um dos portos mais importantes durante a Idade do Ferro e a Idade do Bronze (entre 3,6 mil e 2,8 mil anos atrás).

De acordo com o estudo publicado na revista Science Advances, a equipe descobriu que os traços genéticos foram introduzidos em Ascalão por volta da chegada estimada dos filisteus no local, sugerindo que os ancestrais do povo migraram pelo Mediterrâneo e chegaram alí no início da Idade do Ferro. Também foi observada uma mistura genética entre aqueles que tinham DNA europeu e local, o que aponta para uma relação intensa entre a população local e os recém-chegados.

As evidências genéticas de Ascalão se encaixam a teoria de que, durante o colapso de algumas sociedade europeias da época, marinheiros do sul da Europa fugiram e se estabeleceram ao longo da costa leste do Mediterrâneo, onde foram apelidados de filisteus. Isso porque os resultados mostraram que os quatro indivíduos estudados apresentavam algumas assinaturas genéticas que se comparavam àquelas observadas em populações da Idade do Ferro da Grécia, Espanha e da região italiana da Sardenha.


CORPO DE UMA CRIANÇA FILISTÉIA ENCONTRADO EM ASCALÃ. FILISTEUS CAVAVAM UM PEQUENO BURACO E ENTERRAVAM MORTOS NA PRÓPRIA CASA. (FOTO: MELISSA AJA/LEON LEVY EXPEDITION)

Analisando indivíduos que viveram num momento mais tardio da Idade do Ferro na região de Ascalão, os pesquisadores descobriram que os traços europeus não podiam mais ser rastreado. "Em no máximo dois séculos essa pegada genética introduzida durante a Idade do Ferro não é mais detectável e parece ser diluída por um pool genético local relacionado ao Levante [região do Oriente Médio]", afirmou Choongwon Jeong, um dos autores do estudo.

Segundo o grupo, até então os filisteus pareciam geneticamente com os cananeus, fato que oferece informações adicionais sobre a cultura filisteia: “Quando eles vieram, eles não tinham nenhum tipo de tabu ou proibição de se casarem com outros grupos ao redor deles”, afirmou Daniel Master, também participante da pesquisa.

Filisteus

Segundo o relato presente na Bíblia cristã, os filisteu frequentemente eram os adversários do povo hebreu que vivia em Israel. O Antigo Testamento faz numerosas referências ao povo, que habitou cidades antigas vizinhas a Canaã, como Ascalão, Asdode e Ecrom. Segundo o Livro Sagrado, Golias, o "gigante" que lutou contra Davi, era um filisteu, como provavelmente era Dalila, que traiu Sansão cortando seu cabelo.

FONTE: REVISTA GALILEU

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mémorias da Ufologia: Caso SANTA ISABEL

FOTOS DO LAUDO

Na localidade de Santa Izabel(SP) em junho de 1999, a Sra. Alzira Maria de Jesus foi encontrada morta na sua cama, e por volta das 8 hs da manhã sua nora percebe o fato e sai imediatamente para ir ao orelhão e ligar para o seu marido e espera à ajuda e , ao chegar de volta em casa quase 40 min.depois a nora vê o corpo da sra. com o rosto totalmente desfigurado e praticamente sem carne; foi feito o boletim de ocorrência na delegacia da cidade sob n°145/99 em 24 de Junho. Posteriormente confirmou-se que à causa da morte foi a parada respiratória, mas o que aconteceu realmente como rosto desta sra. num espaço menor de uma hora?O laudo é cita sobre as configurações do mesmo, inclusive nas cavidades oculares, mas o que teria causado à perda do rosto ficou indeterminada. Mais estranho ainda é que na noite anterior aos fatos foram vistas bolas de luz voando nessa região rural e no início da madrugada os animais,como cachorros,gansos,e outros começaram à fazer um intenso barulh…

Ovnis e estranhas criaturas próximos ao Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (RN)

Desde o ano de 2016 militares da Aeronáutica que trabalham na Barreira do Inferno já percebiam bolas de luzes alaranjadas como também feixes de luzes amarelados no céu noturno, bem próximo daquela região. Por desconhecerem totalmente a origem dessas luzes misteriosas e a finalidade delas, vários militares observavam intrigados e chegavam a comentar entre eles sobre esses fenômenos luminosos. Dias após a percepção dessas claridades no céu noturno, alguns militares começaram a perceber ao redor daquela localidade o aparecimento de criaturas vivas, de seres que não eram humanos. Um dos militares chegou a ver um "Urso Polar" e imediatamente comunicou a outros militares de plantão. Tal militar chegou a passar mal após a aparição de tal criatura. Já um outro militar flagrou uma outra criatura aparentando ser um "homem de grande porte" sair andando de dentro da água do mar. Outro militar relata que presenciou duas criaturas que de início pareciam apenas dois cachorros g…

A noite em que Lavras (MG) parou para ver um UFO

Serra da Bocaina no município de Lavras (MG)

Na noite de 1º de junho de 1969, um UFO sobrevoou a cidade de Lavras, região Sul do estado de Minas Gerais, sendo observado por centenas de pessoas. O fotógrafo amador e médico Dr. Rêmulo Tourino Furtini tirou diversas fotografias do estranho objeto, que chegou a fazer um pouso em um pasto existente na época. O sargento Inocêncio França do Tiro de Guerra local e vários atiradores comprovaram o pouso, constatado tecnicamente após o ocorrido. Na época, o caso foi notícia na mídia de todo o país, despertando o interesse da Nasa e até mesmo do extinto bloco soviético.


Ufo é fotografado na madrugada

Naquela fria madrugada de 1º de junho de 1969 algumas pessoas encontram-se nas ruas, já que no tradicional Clube de Lavras estava acontecendo um dos seus famosos bailes. Alguns bares encontravam-se abertos e alguns bêbados ziguezagueavam por aquelas ruas tranquilas.

Era uma noite comum de inverno, como tantas outras em uma cidade interiorana, quando…