Pular para o conteúdo principal

A Abdução de Luli Oswald


Luli Oswald

Luli Oswald é o nome artístico da pianista de renome internacional e abduzida Margarida Henriqueta Marquesini que enquanto casada se chamou Margarida Henriqueta Marquesini Teixeira de Freitas. Aos dois anos e meio de idade começou a tocar piano e aos três já tocava bem. Teve 7 filhos e faleceu de infarto agudo do miocárdio em Saquarema/RJ em 2 de janeiro de 2005.

Consta nas páginas 222 e 223 do livro “Rubinstein – A life”, de Harvey Sacs, que foi filha do romance proibido do famoso pianista plebeu judeu polonês Arthur Rubinstein (1887-1982) com a nobre italiana Paola Medici (loira?), princesa de Viggiano, e que foi entregue recém nascida provavelmente em 1924 ao amigo do pai, o maestro e compositor brasileiro Henrique Oswald (1852-1931), biografado nas principais enciclopédias brasileiras, o que não ocorreu até agora em relação à Luli.

Museus da Imagem e do Som e o Arquivo Público do Estado de São Paulo também não têm documentação sobre ela. Espera-se que a Wikipédia brevemente a biografe. Luli foi criada por Edoardo Marchesini e sua mulher Maria Oswald Marchesini (Mimma), filha do compositor, que estão na árvore genealógica parcial da família em www.oswald.com.br, onde Luli não consta.

Luli estudou piano no Brasil, França, Inglaterra, Hungria, Polônia e Estados Unidos e foi aluna, entre outros, de seu pai Arthur Rubinstein e Madalena Tagliaferro. Foi jurada de concursos de piano várias vezes no Brasil e Japão. Foi solista de piano e tocou em concertos com orquestras de 1960 a 1994 no Brasil, Argentina, EUA, Hungria, Ilhas Canárias, Alemanha e México.

Após o assassinato do presidente Kennedy adotou nos EUA o nome artístico de Luli de Freitas, já que o sobrenome Oswald passou a ser antipatizado por causa de Lee Oswald, acusado pelo crime. Assim se apresentou, por exemplo, em 13/4/1966, na Universidade do Texas. Em 1991 tocou no Brasil o Concerto de Mozart para três Pianos, ao lado de Nelson Freire, 1º piano, e André Carrara, 3º piano.


A pesquisadora Irene Granchi e Luli Oswald.

Luli e a Ufologia

Em 15 de outubro de 1979 um universitário amigo da família precisou ir do Rio de Janeiro a Saquarema (92 quilômetros) à noite buscar documentos que havia esquecido na casa de filha da Luli e ela, que tinha 54 anos, aproveitou para ir junto. Estranhamente ele errou a estrada e foi por uma de terra. No caminho viram OSNIs/OVNIs saindo do mar. Ficaram pouco tempo em Saquarema e, na volta, FX (ou FG) que aparece com idades de 18 a 25 anos em diferentes textos, errou novamente o caminho e voltaram a aparecer os objetos voadores quando estavam perto de Ponta Negra, provocando efeitos raros no carro.

Quando Luli e FX pararam para tomar um café, constataram que estavam com amnésia (missing time) de cerca de 2 horas. Em 9 de janeiro de 1980 Luli foi hipnotizada em Niteroi pelo professor de medicina Dr. Sílvio (Pereira do) Lago (1909-1998), um dos primeiros hipnólogos em ufologia do Brasil e do mundo, com a presença da ufóloga e autora Irene Masloum Granchi (n.1913) e do Ufólogo Brasileiro Honorário, jornalista e autor dos EUA Bob Pratt. Retirado o “missing time” se revelou uma dupla abdução. Luli e FX foram levados com o carro para dentro de uma enorme nave mãe e examinados a bordo por seres parecidos a ratos, com pés como os de patos, com pele entre os dedos. O nome do FX foi revelado por http://www.waterufo.net/item.php?id=275.


Luli mostra o local de sua experiência, no alto. A foto tem
o desenho do objeto avistado e a região ocupada por este.

Metade dessa história foi contada por Irene Granchi na revista OVNI Documento nº 8 e complementada na revista Planeta 98, de novembro de 1980 com 5 páginas A4 ilustradas. O falecido Bob Pratt publicou o caso em seu extinto site , com ilustrações e a transcrição da hipnose. O caso foi também publicado, com foto, em “Não Existem Discos Voadores”, 1986, de Max Sussol. Anos depois Luli, durante uma palestra sobre ufologia, se assustou muito ao ver projeção de desenhos representando os seres que a abduziram, pois ficou com Transtorno do Estresse Pós Traumático (ver http://www.terra.com.br/istoegente/203/saude/).

Como os OSNIs/OVNIs saíram do mar e voaram muito perto dos Aeroportos do Galeão e Santos Dumont e de bases da Marinha, devem ter sido registrados pelos radares. Como essas abduções completarão 30 anos em 2009, é de se esperar que o governo confirme a invasão de nossos espaços aéreo e marítimo naquele local, data e hora, como manda a lei 11.111/2005, cujo cumprimento é de responsabilidade da CAAIS – Comissão para Averiguação e Análise de Informações Sigilosas, coordenada pela Casa Civil com a participação dos Ministros da Defesa, Justiça, Relações Exteriores, Segurança Institucional, o advogado geral da União e o secretário especial dos Direitos Humanos. Qualquer cidadão pode requerer liberação de informações.

Vários países já revelaram a autenticidade dos ovnis, como a França, Itália, Reino Unido, Dinamarca e Canadá, e colocaram documentação e informações pormenorizadas na Internet. Vários outros já revelaram ocorrências ufológicas, como o Irã, Peru, Chile, Uruguai, México, Bélgica. A presença frequente de OVNIs pilotados na Terra já não é segredo militar internacional. O Brasil “deu um jeitinho”, fez um “faz de conta”, e revelou pouquíssimos fatos que já eram bem conhecidos.

Uma das atuações de Luli no piano interpretando Chopin:



Luiz Antonio Gasparetto no programa 3ª Visão, transmitido pela TV Bandeirantes (SP) em 17/04/1987, idealizado pelo diretor Augusto Cesar Vanucci, entrevista a pianista Luli Oswald que descreve sua abdução ocorrida em 1979, fato pesquisado por Irene Granchi, Silvio Lago e Waldo Vieira, com dramatização feita pelos atores Geny Prado e Josimar Martins. Redação: Eloy Santos. Pesquisa: Elsie Dubugras. Reportagem: Saulo Gomes. Veja o programa na íntegra, neste canal, com o titulo "Ufo Enigma no Céu".[Acervo Enzo Trombetti (in memorian). Agradecimentos a Rosangela Marega].



FONTES: http://www.viafanzine.jor.br
* Mário Nogueira Rangel é hipnólogo em ufologia, autor e pesquisador.
- Este texto foi publicado originalmente pelo blog Biografia dos Ufólogos Brasileiros.
- Imagens: Acervos de Luli Oswald.
Canal Youtube nelsonpinta/Constança Teixeira de Freitas



Comentários

  1. A descrição dos seres que ela faz, do caso dela, é muito semelhante com a descrição dos seres do Caso Kelly, ocorrido nos Estados Unidos na década de 1950.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Ovnis e estranhas criaturas próximos ao Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (RN)

Desde o ano de 2016 militares da Aeronáutica que trabalham na Barreira do Inferno já percebiam bolas de luzes alaranjadas como também feixes de luzes amarelados no céu noturno, bem próximo daquela região. Por desconhecerem totalmente a origem dessas luzes misteriosas e a finalidade delas, vários militares observavam intrigados e chegavam a comentar entre eles sobre esses fenômenos luminosos. Dias após a percepção dessas claridades no céu noturno, alguns militares começaram a perceber ao redor daquela localidade o aparecimento de criaturas vivas, de seres que não eram humanos. Um dos militares chegou a ver um "Urso Polar" e imediatamente comunicou a outros militares de plantão. Tal militar chegou a passar mal após a aparição de tal criatura. Já um outro militar flagrou uma outra criatura aparentando ser um "homem de grande porte" sair andando de dentro da água do mar. Outro militar relata que presenciou duas criaturas que de início pareciam apenas dois cachorros g…

Ovnis em Iporanga (SP)

Entrada da Casa de Pedra, caverna com maior boca do Mundo, 215 metros.

Iporanga em tupi significa “Rio Bonito” e foi palco da exploração de ouro no período colonial e, posteriormente da exploração de chumbo e zinco no século passado. Na região há famosas cavernas: Formação Iporanga e Formação Votuverava. Em Iporanga, efetuaram-se diversos estudos de mapeamento geológico e pesquisa mineral, sobretudo pela CPRM - Serviço Geológico do Brasil. A seção geológica mais conhecida é o famoso perfil Apiaí-Iporanga. A cidade atrai muitos visitantes por possuir lindas cachoeiras, piscinas naturais, vales, grutas e cavernas. Iporanga é a cidade que possui o maior número de cachoeiras em todo o Brasil, nas 365 cavernas cadastradas. O turista poderá praticar esportes radicais como o rapel, canyonismo e trekking. Atrativos culturais podem ser visitados como o museu da cidade, a Igreja Matriz e as casas com o estilo colonial. Por todos estes motivos, Iporanga é considerada um dos mais importantes cent…

O caso Roswell nordestino: Queda de UFO na Bahia, em Janeiro de 1995

Por Ufo Bahia: Nessa data, as 09:00 horas, uma in­formante do G-PAZ, "M" da TV BAHIA me ligou contando uma mirabolante his­tória de queda de um UFO em Feira deSantana(BA) a 112 Km de Salvador. Umfazendeiro de apelido Beto, tinha ligadopara TV SUBAÉ daquela cidade oferecen­do – em troca de dinheiro – um furo dereportagem; um disco voador tinha caído na sua fazenda e ele tinha provas e ima­gens do fato!
Apenas depois do meio dia, conse­gui – por fim – falar com Beto, que apóssua proposta de negócio, ante minha (apa­rente) frieza, me contou com bastante de­talhes o acontecido. Soube que tambémtentara vender suas provas a TV BAHIA,onde procurou o repórter José Raimundo:
"Ontem pela madrugada caiu algu­ma coisa na minha fazenda, dentro de umalagoa. Era do tamanho de um fusca; aqui­lo ficou boiando parcialmente submerso,perto da beirada. Tentei puxar como pude,trazendo para perto de mim, com uma vara.Aquilo parecia um parto... (quando seabriu uma porta) começou primeiro a sa…