Pular para o conteúdo principal

Prossegue a investigação sobre o caso do avião da Azul


O encontro de um avião da Azul com um UFO em janeiro permanece sob investigação

A Revista UFO ainda não obteve resposta das autoridades ou da companhia aérea; relembre outros importantes casos de encontros de aeronaves com UFOs

A primeira grande ocorrência ufológica de 2017 continua a ser investigada e apesar da falta de cooperação dos envolvidos esperam-se novas informações para muito breve. Na noite de 21 para 22 de janeiro, um voo da empresa aérea Azul foi acompanhado por duas luzes não identificadas de forte intensidade e que emitiam fachos nas cores azul e prateada. O incidente durou ao menos dez minutos e após esse tempo decorrido os UFOs se afastaram na direção nordeste.

Conforme se poderia esperar, a presença de objetos desconhecidos sobre a capital do país acionou o alerta no Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta), que inclusive alertou o controle aéreo na região de Recife, pois era para lá que os UFOs rumavam antes de desaparecer. De acordo com a fonte que passou as informações para a Revista UFO, um militar que não pode ser identificado, todo o sistema de defesa aérea foi acionado, incluindo o Comando de Defesa Aeroespacial Brasileiro (Comdabra). A Revista UFO já tentou por diversas vezes obter mais informações, por meio de contatos tanto com o Cindacta quanto com a Azul, porém ainda não obteve resposta.

A ocorrência é mais uma envolvendo aeronaves, pilotos e controladores de voo, e entra para o rol de importantes casos ocorridos nas mesmas circunstâncias. Um famoso exemplo é o que envolveu o Voo 1628 da Japan Airlines (JAL), feito por um Boeing 747 cargueiro que se deslocava de Paris a Reikjavik (Islândia). O trajeto prosseguia depois pelo Atlântico, Groenlândia e cruzando o Canadá até Anchorage, no Alasca. Naquele 17 de novembro de 1986 a tripulação era composta pelo capitão Kenju Terauchi, o copiloto Takanori Tamefuji e o engenheiro de voo Yoshio Tsukuba. Aproximando-se de Anchorage por volta das 17h11, Terauchi observou uma luz estranha 600 m abaixo deles e 30 graus à esquerda, diante do avião. Considerando que fosse uma aeronave militar eles não deram mais atenção ao fato, porém logo o intruso se aproximou rapidamente do Boeing, revelando-se como dois objetos intensamente luminosos, um acima do outro, voando próximo do 747.


Um Boeing 747 da JAL, como o que protagonizou o caso de 1986

ENCONTROS IMPRESSIONANTES COM UFOS

Os tripulantes perceberam que os UFOs pareciam objetos estruturados, com algo semelhante a saídas de escape na fuselagem e que emitiam fagulhas quando manobravam. Os pilotos descreveram luzes vermelhas, laranjas, brancas e verdes, e os UFOs voavam em sincronia perfeita e muitos próximos um do outro. Um terceiro objeto surgiu e o radar meteorológico do Boeing o detectou a cerca de 15 km de distância, exatamente na posição que o viam. Às 17h25 o Centro de Controle Operacional de Elmendorf, radar militar nas proximidades, anunciou que detectava os UFO. O objeto se aproximou muito do 747, assustando os pilotos que pediram uma mudança de rota, e apesar de seguidos a distância pousaram em Anchorage sem problemas. As explicações oficiais, de que os radares haviam detectado o Boeing da JAL e seu reflexo nas nuvens, foram imediatamente rechaçadas pelos envolvidos.


Um Boeing 727 da Vasp como esse foi o protagonista do histórico Caso do Voo 169

Um dos maiores clássicos da Ufologia Brasileira também envolveu um avião de carreira acompanhado por um UFO. Em 08 de fevereiro de 1982 um objeto desconhecido acompanhou um Boeing 727 da extinta companhia aérea Vasp, rumando de Fortaleza para o Rio de Janeiro. A bordo havia 150 passageiros e a aeronave era comandada pelo capitão Gerson Maciel de Britto, veterano com 26.000 horas de voo. O objeto passou a acompanhar o voo a partir de Petrolina, interior de Pernambuco, e realizou várias aproximações iluminando o interior do avião. Britto, em dado momento, teve a iniciativa de chamar os passageiros para que também observassem o UFO, e chamou repetidas vezes o Cindacta, que afinal admitiu que havia captado o objeto. O caso teve uma colossal repercussão na imprensa, que inclusive destacou a polêmica envolvendo dom Aloísio Lorscheider, então presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) que estava a bordo. Apesar de ter informado Britto sobre a aproximação do UFO, depois o Cindacta e a Força Aérea Brasileira (FAB) negaram o fato, apesar de estar documentado nos arquivos liberados graças à campanha UFOs: Liberdade de Informação Já.






FONTE: REVISTA UFO



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça histórias de pessoas que foram abduzidas por Extraterrestres

As pessoas do mundo se dividem em dois grandes grupos e um terceiro bem pequeno.

Os dois grandes grupos são: aqueles que acham que ETs existem e aqueles que acham que ETs não existem.

Correndo por fora, existe uma minoria silenciosa que se mantém quietinha, aparentemente, porque, se essas pessoas disserem as coisas que elas sabem, ninguém acreditaria nelas.

Elas fazem parte do pequeno grupo que jura de pé junto ter feito contato com seres extraterrestres.

O fotógrafo nova-iorquino Steven Hirsch, de 63 anos, é um cara que, se não acredita nessas pessoas, pelo menos acredita no direito que elas têm de contar suas histórias do jeito que quiserem.

Por isso, ele criou um blog em que entrevista e fotografa gente que diz ter sido abduzida por alienígenas. O endereço é littlestickylegs.blogspot.co.uk.

- Eu não quero que os meus leitores tenham nenhum tipo de ideia pré-concebida sobre essas pessoas até qie eles vejam suas imagens e leiam suas palavras. Minhas entrevistas mal conseguem ir além…

Mémorias da Ufologia: Caso SANTA ISABEL

FOTOS DO LAUDO

Na localidade de Santa Izabel(SP) em junho de 1999, a Sra. Alzira Maria de Jesus foi encontrada morta na sua cama, e por volta das 8 hs da manhã sua nora percebe o fato e sai imediatamente para ir ao orelhão e ligar para o seu marido e espera à ajuda e , ao chegar de volta em casa quase 40 min.depois a nora vê o corpo da sra. com o rosto totalmente desfigurado e praticamente sem carne; foi feito o boletim de ocorrência na delegacia da cidade sob n°145/99 em 24 de Junho. Posteriormente confirmou-se que à causa da morte foi a parada respiratória, mas o que aconteceu realmente como rosto desta sra. num espaço menor de uma hora?O laudo é cita sobre as configurações do mesmo, inclusive nas cavidades oculares, mas o que teria causado à perda do rosto ficou indeterminada. Mais estranho ainda é que na noite anterior aos fatos foram vistas bolas de luz voando nessa região rural e no início da madrugada os animais,como cachorros,gansos,e outros começaram à fazer um intenso barulh…

O caso Roswell nordestino: Queda de UFO na Bahia, em Janeiro de 1995

Por Ufo Bahia: Nessa data, as 09:00 horas, uma in­formante do G-PAZ, "M" da TV BAHIA me ligou contando uma mirabolante his­tória de queda de um UFO em Feira deSantana(BA) a 112 Km de Salvador. Umfazendeiro de apelido Beto, tinha ligadopara TV SUBAÉ daquela cidade oferecen­do – em troca de dinheiro – um furo dereportagem; um disco voador tinha caído na sua fazenda e ele tinha provas e ima­gens do fato!
Apenas depois do meio dia, conse­gui – por fim – falar com Beto, que apóssua proposta de negócio, ante minha (apa­rente) frieza, me contou com bastante de­talhes o acontecido. Soube que tambémtentara vender suas provas a TV BAHIA,onde procurou o repórter José Raimundo:
"Ontem pela madrugada caiu algu­ma coisa na minha fazenda, dentro de umalagoa. Era do tamanho de um fusca; aqui­lo ficou boiando parcialmente submerso,perto da beirada. Tentei puxar como pude,trazendo para perto de mim, com uma vara.Aquilo parecia um parto... (quando seabriu uma porta) começou primeiro a sa…