Pular para o conteúdo principal

Anomalia em estrela levanta hipótese de estrutura alienígena


enômeno observado na KIC 8462852 é único entre 150 mil estrelas

A KIC 8462852, localizada na constelação de Cygnus, poderia ser apenas mais uma entre as centenas de milhares de estrelas catalogadas pelo observatório espacial Kepler, mas uma anomalia está intrigando cientistas. Normalmente, planetas e outros corpos celestes que orbitam os astros provocam sombras regulares e de curta duração, que são detectadas pelo telescópio. No caso da KIC 8462852, astrônomos observaram “misteriosos eventos” que podem durar entre 5 e 80 dias. Ainda não existe explicação para o fenômeno, e alguns levantam a hipótese de se tratar de uma estrutura alienígena.

A descoberta foi feita por astrônomos profissionais e amadores do programa “Planet Hunters”, e descrita em artigo publicado recentemente na revista científica “Monthly Notices of the Royal Astronomical Society”. O “Planet Hunters” consiste em uma rede de voluntários que analisa visualmente toneladas de dados gerados pelo Kepler, em busca de alterações na luminosidade de estrelas, que podem indicar a presença de exoplanetas. No caso da KIC 8462852, a curva de luz foi classificada pelos voluntários como “bizarra” e “interessante”.

Intrigados, os pesquisadores foram em busca de fenômenos semelhantes. Com um algoritmo, analisaram dados captados pelo Kepler de outras 150 mil estrelas em busca de correspondências. Nada foi encontrado.

— Nós nunca vimos algo desse tipo em outras estrelas — disse a líder da pesquisa Tabetha Boyajian, pesquisadora da Universidade Yale e supervisora do programa “Planet Hunters”, em entrevista à revista “The Atlantic”. — Foi muito estranho. Nós pensamos que pudesse se tratar de dados corrompidos ou movimentos na espaçonave, mas tudo foi checado.

HIPÓTESES DESCARTADAS

A estrela foi observada por um período de quatro anos. As análises apontam que o fluxo de luminosidade da KIC 8462852 é relativamente constante pela maior parte do tempo, mas dois eventos chamaram a atenção dos cientistas. Um deles durou 80 dias e chegou a cobrir 22% dos fótons captados pelo Kepler.

No artigo, os pesquisadores sugerem explicações para o fenômeno. A primeira hipótese levantada foi se tratar de uma estrela jovem, com nuvens de poeira que pudessem interferir o trânsito da luz. Porém, todos os outros dados indicam se tratar de uma estrela madura. Outra possível explicação seria a presença de detritos de uma grande colisão planetária, como a que levou à formação da nossa Lua, mas a falta de padrão no período orbital descarta essa possibilidade.

Hipóteses de colisões catastróficas no cinturão de asteróides ou da acumulação de planetesimais (corpos de gelo que medem entre 0,1 e 100 quilômetros) também foram levantadas, mas a explicação considerada mais plausível cientificamente seria a passagem simultânea de uma grande quantidade de exocometas. Tabetha explicou que o artigo revisou apenas “cenários naturais”, mas “outros cenários” também estão sendo considerados.

COLETOR DE ENERGIA ALIENÍGENA

Jason Wright, astrônomo da Penn State University, está trabalhando em uma interpretação alternativa do padrão de luz da KIC 8462852. Segundo ele e seus colegas de pesquisa, o padrão anômalo da estrela seria consistente com um “enxame de megastruturas”, talvez coletores de luz estelar, tecnologia desenvolvida para extrair energia de estrelas.

— Quando (Tabetha) me mostrou os dados, eu fiquei fascinado por quão loucos eles eram — disse Wright. — Aliens devem ser sempre a última hipótese considerada, mas isso seria algo que você esperaria que uma civilização alienígena construísse.

No momento, Tabetha está trabalhando com Wright e Andrew Siemion, diretor do Centro de Pesquisas SETI na Universidade da Califórnia. O trio está trabalhando numa proposta de estudo, de apontar imensas antenas de rádio diretamente para a KIC 8462852, para tentar captar sinais de rádio associadas com atividades tecnológicas. Se tudo correr como o planejado, as primeiras observações serão realizadas em janeiro próximo.

FONTE: O GLOBO

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ovnis e estranhas criaturas próximos ao Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (RN)

Desde o ano de 2016 militares da Aeronáutica que trabalham na Barreira do Inferno já percebiam bolas de luzes alaranjadas como também feixes de luzes amarelados no céu noturno, bem próximo daquela região. Por desconhecerem totalmente a origem dessas luzes misteriosas e a finalidade delas, vários militares observavam intrigados e chegavam a comentar entre eles sobre esses fenômenos luminosos. Dias após a percepção dessas claridades no céu noturno, alguns militares começaram a perceber ao redor daquela localidade o aparecimento de criaturas vivas, de seres que não eram humanos. Um dos militares chegou a ver um "Urso Polar" e imediatamente comunicou a outros militares de plantão. Tal militar chegou a passar mal após a aparição de tal criatura. Já um outro militar flagrou uma outra criatura aparentando ser um "homem de grande porte" sair andando de dentro da água do mar. Outro militar relata que presenciou duas criaturas que de início pareciam apenas dois cachorros g…

Ovnis em Iporanga (SP)

Entrada da Casa de Pedra, caverna com maior boca do Mundo, 215 metros.

Iporanga em tupi significa “Rio Bonito” e foi palco da exploração de ouro no período colonial e, posteriormente da exploração de chumbo e zinco no século passado. Na região há famosas cavernas: Formação Iporanga e Formação Votuverava. Em Iporanga, efetuaram-se diversos estudos de mapeamento geológico e pesquisa mineral, sobretudo pela CPRM - Serviço Geológico do Brasil. A seção geológica mais conhecida é o famoso perfil Apiaí-Iporanga. A cidade atrai muitos visitantes por possuir lindas cachoeiras, piscinas naturais, vales, grutas e cavernas. Iporanga é a cidade que possui o maior número de cachoeiras em todo o Brasil, nas 365 cavernas cadastradas. O turista poderá praticar esportes radicais como o rapel, canyonismo e trekking. Atrativos culturais podem ser visitados como o museu da cidade, a Igreja Matriz e as casas com o estilo colonial. Por todos estes motivos, Iporanga é considerada um dos mais importantes cent…

O caso Roswell nordestino: Queda de UFO na Bahia, em Janeiro de 1995

Por Ufo Bahia: Nessa data, as 09:00 horas, uma in­formante do G-PAZ, "M" da TV BAHIA me ligou contando uma mirabolante his­tória de queda de um UFO em Feira deSantana(BA) a 112 Km de Salvador. Umfazendeiro de apelido Beto, tinha ligadopara TV SUBAÉ daquela cidade oferecen­do – em troca de dinheiro – um furo dereportagem; um disco voador tinha caído na sua fazenda e ele tinha provas e ima­gens do fato!
Apenas depois do meio dia, conse­gui – por fim – falar com Beto, que apóssua proposta de negócio, ante minha (apa­rente) frieza, me contou com bastante de­talhes o acontecido. Soube que tambémtentara vender suas provas a TV BAHIA,onde procurou o repórter José Raimundo:
"Ontem pela madrugada caiu algu­ma coisa na minha fazenda, dentro de umalagoa. Era do tamanho de um fusca; aqui­lo ficou boiando parcialmente submerso,perto da beirada. Tentei puxar como pude,trazendo para perto de mim, com uma vara.Aquilo parecia um parto... (quando seabriu uma porta) começou primeiro a sa…