Pular para o conteúdo principal

Testemunha seguida por UFO em estrada do Tennessee, USA


Avistamentos de UFOs são comuns em estradas isoladas, frequentemente levando pânico às testemunhas

aso ocorreu em rodovia do interior do estado norte-americano

A Rede Mútua de UFOs (Mufon), recebe todos os dias inúmeros relatos de aparições de UFOs. Porém, os acontecimentos descritos por uma testemunha, acontecidos em 27 de janeiro último e identificados como Caso 62906, se destacam. A testemunha dirigia por volta das 05h00 desse dia, fazendo um serviço de entrega de papel na área da cidade de Silerton, região dos condados de Chester e Hardeman no oeste do Tennesseem, com 111 habitantes. Nesse horário a pessoa ouviu ruído de helicóptero quando estava em um sinal de pare.

Cerca de seis quilômetros adiante, a testemunha observou um helicóptero com aparência de ser militar, acima da linha das árvores. Havia uma curva, e a pessoa acelerou pensando se tratar de um acidente, e quando seu campo visual ficou livre observou três helicópteros militares. Em seu relato, afirma que na cidade existe uma base da Guarda Nacional, e estava habituado a observar esses veículos. De qualquer forma prosseguiu em seu caminho, e as 06h15 entrou em uma reta de cerca de sete quilômetros, quando observou o que pareceram inicialmente duas estrelas mais brilhantes que o planeta Vênus.

A testemunha diz que estavam em lados opostos da estrada, e pensou serem de fato estrelas, porém descobriu que se moviam, parando completamente seu veículo para observar. Então verificou que estavam se movendo uma no sentido da outra. Nesse momento a testemunha decidiu piscar seus faróis, conforme descreve: "Era uma área muito aberta com pouca população, e pensei que se os via, eles também podiam me ver. Pisquei os faróis rápido duas vezes, fiz uma pausa de meio segundo, e depois pisquei novamente". A testemunha então voltou a dirigir, porém viu que os objetos haviam parado. Em seguida, ela viu o objeto a direita piscar, depois o da esquerda fez o mesmo, e então piscaram juntos, na mesma sequência que a pessoa havia apresentado.

PÂNICO NA ESTRADA

A testemunha prossegue: "Imediatamente peguei a saída seguinte. Sentia que precisava me esconder, e estacionei onde as árvores bloqueavam a visão para o objeto á direita. Peguei meu celular para mandar uma mensagem a minha esposa. Mas quando vi a bateria foi de 92 % de carga para zero, e desligou. Eu estava com o rádio na estação 107,7, ouvindo o programa bob e Sheri Snow, e também desligou. Apertei o botão de busca de estações e nenhuma foi selecionada. A estática então começou a pulsar na mesma sequência com a qual pisquei os faróis". Nesse ponto o único desejo da testemunha era ir para casa, e voltou a dirigir, retornando para o rumo sul de onde havia vindo. Chegando a um trecho onde a estrada era ladeada por árvores, percebeu que um objeto o seguia, porém vendo melhor notou que os dois UFOs estavam um sobre o outro, e lançando um tipo de raio de luz para baixo.

A testemunha conta: "Conforme eu diminuia, eles diminuiam, e virei depois para leste pela Montezuma Road. Os objetos estavam atrás de mim, e virei para a estrada 100 seguindo para o leste rumo a Henderson. Quando peguei a Wilson School Road, quase dois quilômetros adiante, vi um ônibus escolar adiante e me senti mais seguro por alguma razão. Porém a testemunha voltou a observar os UFOs através das árvores, e ainda não havia sinal de rádio. Acabou retornando ao mesmo ponto onde os vira primeiro, e quando notou isso viu de novo helicópteros, dois deles seguindo na direção dos objetos. Os equipamentos eletrônicos voltaram então a funcionar, e a testemunha retornou para casa. A pessoa confessa que foi a experiência mais bizarra que já teve, e que não se sentiu confortável sequer para conversar a respeito com a esposa, dizendo-se com medo até de voltar ao trabalho e percorrer a mesma rota novamente.

FONTE: REVISTA UFO

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça histórias de pessoas que foram abduzidas por Extraterrestres

As pessoas do mundo se dividem em dois grandes grupos e um terceiro bem pequeno.

Os dois grandes grupos são: aqueles que acham que ETs existem e aqueles que acham que ETs não existem.

Correndo por fora, existe uma minoria silenciosa que se mantém quietinha, aparentemente, porque, se essas pessoas disserem as coisas que elas sabem, ninguém acreditaria nelas.

Elas fazem parte do pequeno grupo que jura de pé junto ter feito contato com seres extraterrestres.

O fotógrafo nova-iorquino Steven Hirsch, de 63 anos, é um cara que, se não acredita nessas pessoas, pelo menos acredita no direito que elas têm de contar suas histórias do jeito que quiserem.

Por isso, ele criou um blog em que entrevista e fotografa gente que diz ter sido abduzida por alienígenas. O endereço é littlestickylegs.blogspot.co.uk.

- Eu não quero que os meus leitores tenham nenhum tipo de ideia pré-concebida sobre essas pessoas até qie eles vejam suas imagens e leiam suas palavras. Minhas entrevistas mal conseguem ir além…

Mémorias da Ufologia: Caso SANTA ISABEL

FOTOS DO LAUDO

Na localidade de Santa Izabel(SP) em junho de 1999, a Sra. Alzira Maria de Jesus foi encontrada morta na sua cama, e por volta das 8 hs da manhã sua nora percebe o fato e sai imediatamente para ir ao orelhão e ligar para o seu marido e espera à ajuda e , ao chegar de volta em casa quase 40 min.depois a nora vê o corpo da sra. com o rosto totalmente desfigurado e praticamente sem carne; foi feito o boletim de ocorrência na delegacia da cidade sob n°145/99 em 24 de Junho. Posteriormente confirmou-se que à causa da morte foi a parada respiratória, mas o que aconteceu realmente como rosto desta sra. num espaço menor de uma hora?O laudo é cita sobre as configurações do mesmo, inclusive nas cavidades oculares, mas o que teria causado à perda do rosto ficou indeterminada. Mais estranho ainda é que na noite anterior aos fatos foram vistas bolas de luz voando nessa região rural e no início da madrugada os animais,como cachorros,gansos,e outros começaram à fazer um intenso barulh…

O caso Roswell nordestino: Queda de UFO na Bahia, em Janeiro de 1995

Por Ufo Bahia: Nessa data, as 09:00 horas, uma in­formante do G-PAZ, "M" da TV BAHIA me ligou contando uma mirabolante his­tória de queda de um UFO em Feira deSantana(BA) a 112 Km de Salvador. Umfazendeiro de apelido Beto, tinha ligadopara TV SUBAÉ daquela cidade oferecen­do – em troca de dinheiro – um furo dereportagem; um disco voador tinha caído na sua fazenda e ele tinha provas e ima­gens do fato!
Apenas depois do meio dia, conse­gui – por fim – falar com Beto, que apóssua proposta de negócio, ante minha (apa­rente) frieza, me contou com bastante de­talhes o acontecido. Soube que tambémtentara vender suas provas a TV BAHIA,onde procurou o repórter José Raimundo:
"Ontem pela madrugada caiu algu­ma coisa na minha fazenda, dentro de umalagoa. Era do tamanho de um fusca; aqui­lo ficou boiando parcialmente submerso,perto da beirada. Tentei puxar como pude,trazendo para perto de mim, com uma vara.Aquilo parecia um parto... (quando seabriu uma porta) começou primeiro a sa…