Pular para o conteúdo principal

Os verdadeiros gênios estão se esvaindo pelos dedos da vida


Infelizmente estamos vivendo numa sociedade hipócrita, suja, cega e por ai seguem os adjetivos pejorativos, a mesma sociedade que se deixa ser manipulada por padrões ditados pelo sistema, sistema este predador em todos seus níveis, estética, caráter, consumismo, religiões, politica, o ter e não o ser. A grande parte desta "humanidade" confunde o ter com o saber, com o verdadeiro sentido de busca e verdadeiro conhecimento, não este conhecimento imbecil e idiota onde homens de jaleco branco se intitulam cientistas e afirmam categoricamente ser a matemática exata, mas sim o saber que vai de frente com física esdruxula e convencional que é condicionada em "ditas" mentes brilhantes que andam pelos corredores frios das Harvards da vida. Os verdadeiros gênios estão se esvaindo pelos dedos da vida e estamos deixando com que o fútil e o inútil tome conta de nós, há muitos gênios vivendo abandonados, esquecidos propositalmente pelo sistema, outros estão sendo absorvidos, se vendem e se deixam cair nesta rede perigosa e viciosa, enquanto isso tomam o cenário as bundas, os seios, os músculos, as novelas, futebol, os selfies, os tele jornais que em nada contribuem com nosso intelecto, pelo contrário, são depósitos de sangue e desgraças que nos mantém presos nesta matrix, neste mundo mentiroso e ordinário. Estas poucas pessoas estão nos deixando e nós não percebemos, ahhhhhhhh!!! Black Friday!!!! ahhhhhhh!!!! o Neymar fodeu a Marquezine!!! a bolsa de valores caiu!!!! subiu!!!! e assim seguimos por este mundo sujo e cretino, valorizando a pequenez que começamos a aprender lá na escola, no primário onde começaram a depositar mentiras em nosso eu. Dedico este texto a um gênio anônimo que não era Phd, não tinha pós ou doutorado, não era diplomado, porém dominava todos as disciplinas do saber humano e o além, que esta muito longe dos cegos mentais que se renderam e se ajoelharam ao sistema, ele continuará anônimo porém eternamente em minhas lembranças, em nossas conversas agradáveis em tardes de sábados e domingos, em nossas trocas de idéias e informações que foram tão cruciais ao meu saber, algumas delas somente me confirmando oque já sabia, a ele meu eterno muito obrigado!!!

(WILSON ROBERTO)

Comentários

  1. Muito bom, justamente isso. Quem seria esse amigo seu?

    ResponderExcluir
  2. Alguém que fará falta não somente a cidade provinciana em que vivo, porém ao mundo, um gênio jogado as traças que permanecerá anônimo!!

    ResponderExcluir
  3. Poxa vida! Por causa dessas situações, me sinto em muitos momentos tão negativo quanto a mim e o ser humano em geral... Podería cair no erro sempre vigente de pedir para que ele se apresentasse, mas devemos saber que este não é o propósito. Parece haver mesmo um "outro" mundo do qual esses seres vêm e voltam. Um mundo relativamente incompatível com este nosso. Sem mais a comentar... meus pesares ao seu amigo..

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Mémorias da Ufologia: Caso SANTA ISABEL

FOTOS DO LAUDO

Na localidade de Santa Izabel(SP) em junho de 1999, a Sra. Alzira Maria de Jesus foi encontrada morta na sua cama, e por volta das 8 hs da manhã sua nora percebe o fato e sai imediatamente para ir ao orelhão e ligar para o seu marido e espera à ajuda e , ao chegar de volta em casa quase 40 min.depois a nora vê o corpo da sra. com o rosto totalmente desfigurado e praticamente sem carne; foi feito o boletim de ocorrência na delegacia da cidade sob n°145/99 em 24 de Junho. Posteriormente confirmou-se que à causa da morte foi a parada respiratória, mas o que aconteceu realmente como rosto desta sra. num espaço menor de uma hora?O laudo é cita sobre as configurações do mesmo, inclusive nas cavidades oculares, mas o que teria causado à perda do rosto ficou indeterminada. Mais estranho ainda é que na noite anterior aos fatos foram vistas bolas de luz voando nessa região rural e no início da madrugada os animais,como cachorros,gansos,e outros começaram à fazer um intenso barulh…

Ovnis e estranhas criaturas próximos ao Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (RN)

Desde o ano de 2016 militares da Aeronáutica que trabalham na Barreira do Inferno já percebiam bolas de luzes alaranjadas como também feixes de luzes amarelados no céu noturno, bem próximo daquela região. Por desconhecerem totalmente a origem dessas luzes misteriosas e a finalidade delas, vários militares observavam intrigados e chegavam a comentar entre eles sobre esses fenômenos luminosos. Dias após a percepção dessas claridades no céu noturno, alguns militares começaram a perceber ao redor daquela localidade o aparecimento de criaturas vivas, de seres que não eram humanos. Um dos militares chegou a ver um "Urso Polar" e imediatamente comunicou a outros militares de plantão. Tal militar chegou a passar mal após a aparição de tal criatura. Já um outro militar flagrou uma outra criatura aparentando ser um "homem de grande porte" sair andando de dentro da água do mar. Outro militar relata que presenciou duas criaturas que de início pareciam apenas dois cachorros g…

A noite em que Lavras (MG) parou para ver um UFO

Serra da Bocaina no município de Lavras (MG)

Na noite de 1º de junho de 1969, um UFO sobrevoou a cidade de Lavras, região Sul do estado de Minas Gerais, sendo observado por centenas de pessoas. O fotógrafo amador e médico Dr. Rêmulo Tourino Furtini tirou diversas fotografias do estranho objeto, que chegou a fazer um pouso em um pasto existente na época. O sargento Inocêncio França do Tiro de Guerra local e vários atiradores comprovaram o pouso, constatado tecnicamente após o ocorrido. Na época, o caso foi notícia na mídia de todo o país, despertando o interesse da Nasa e até mesmo do extinto bloco soviético.


Ufo é fotografado na madrugada

Naquela fria madrugada de 1º de junho de 1969 algumas pessoas encontram-se nas ruas, já que no tradicional Clube de Lavras estava acontecendo um dos seus famosos bailes. Alguns bares encontravam-se abertos e alguns bêbados ziguezagueavam por aquelas ruas tranquilas.

Era uma noite comum de inverno, como tantas outras em uma cidade interiorana, quando…