Pular para o conteúdo principal

Pilotos tiveram estranhos encontros com UFOs na América Latina


Pilotos têm observado UFOs em suas cabines de pilotagem há décadas, por vezes com inusitados efeitos

Surpreendentes casos latino-americanos desafiam todas as explicações; intrusos foram captados por radar em algumas ocasiões

O ambiente profissional estressante e competitivo, mais o temro de perder o emprego, têm feito ao longo das décadas a maior parte dos pilotos de aeronaves comerciais silenciarem a respeito de seus notáveis encontros com objetos desconhecidos nos céus. E em termos de qualidade de testemunho nenhum pesquisador poderia pedir por nada melhor, devido ao intenso treinamento a que pilotos comerciais são submetidos, estando aptos a identificar fenômenos atmosféricos e astronômicos, além de serem versados no reconhecimento de outras aeronaves e objetos aéreos convencionais.

Contudo, frequentemente esse silêncio é quebrado, e casos estarrecedores vêm à tona. Um destes foi divulgado pelo jornal mexicano El Universal, na edição de 13 de março de 1992. O caso ocorreu em 6 de março do mesmo ano, envolvendo um voo não identificado da Aeroméxico que viajava da Cidade do México para Monterrey. Após a decolagem às 11h30 o piloto reduziu as luzes da cabine e os passageiros começaram a dormir. Contudo, subitamente todos ficaram muito acordados ao perceberem que conseguiam ver o céu e as estrelas acima deles como se o avião não possuísse teto. Uma testemunha descreve o inusitado fenômeno: "Parecia que voávamos no espaço, e conseguíamos ver o céu e as estrelas sem a interrupção das paredes e teto do avião, que ainda estavam lá pois conseguíamos percebê-las tocando nelas, mas estavam completamente invisíveis. Podíamos até ver os pilotos na cabine, nos controles da aeronave que não conseguíamos ver, somente tocar".

Surpreendentemente, a reportagem aponta que não houve pânico a bordo, todos tentavam entender o que estava acontecendo até que se deram conta da presença de um objeto de formado discoidal voando ao lado do avião. A matéria afirma que a aeronave da Aeroméxico desapareceu dos radares por dez minutos, mesmo tempo em que ficou incomunicável. Outra ocorrência divulgada por um jornal apareceu em uma edição de 2001 do El Merurio do Chile, quando às 11h30 a tripulação do Voo 560 da LAN Chile observou um objeto descrito como de tamanho considerável, formado oval e aparência metálica. O piloto contatou o Centro de Controle de Tráfego Aéreo de Santiago, que informou que nenhum radar civil rastreou o intruso. Contudo, A 5º Brigada Aérea em Cerro Moreno, Antofagasta, e o aeroporto regional de Calama conseguiram captar o UFO. A tripulação de um cargueiro que decolara do aeroporto de Calama confirmou o avistamento do LAN 560, e o radar militar apontou uma altitude de 18.000 m para o objeto, consideravelmente maior que a de voos comerciais. Além disso afirmou que não poderia ser um balão meteorológico, já que os lançamentos destes se davam pela manhã bem cedo.

FONTE: REVISTA UFO

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça histórias de pessoas que foram abduzidas por Extraterrestres

As pessoas do mundo se dividem em dois grandes grupos e um terceiro bem pequeno.

Os dois grandes grupos são: aqueles que acham que ETs existem e aqueles que acham que ETs não existem.

Correndo por fora, existe uma minoria silenciosa que se mantém quietinha, aparentemente, porque, se essas pessoas disserem as coisas que elas sabem, ninguém acreditaria nelas.

Elas fazem parte do pequeno grupo que jura de pé junto ter feito contato com seres extraterrestres.

O fotógrafo nova-iorquino Steven Hirsch, de 63 anos, é um cara que, se não acredita nessas pessoas, pelo menos acredita no direito que elas têm de contar suas histórias do jeito que quiserem.

Por isso, ele criou um blog em que entrevista e fotografa gente que diz ter sido abduzida por alienígenas. O endereço é littlestickylegs.blogspot.co.uk.

- Eu não quero que os meus leitores tenham nenhum tipo de ideia pré-concebida sobre essas pessoas até qie eles vejam suas imagens e leiam suas palavras. Minhas entrevistas mal conseguem ir além…

Mémorias da Ufologia: Caso SANTA ISABEL

FOTOS DO LAUDO

Na localidade de Santa Izabel(SP) em junho de 1999, a Sra. Alzira Maria de Jesus foi encontrada morta na sua cama, e por volta das 8 hs da manhã sua nora percebe o fato e sai imediatamente para ir ao orelhão e ligar para o seu marido e espera à ajuda e , ao chegar de volta em casa quase 40 min.depois a nora vê o corpo da sra. com o rosto totalmente desfigurado e praticamente sem carne; foi feito o boletim de ocorrência na delegacia da cidade sob n°145/99 em 24 de Junho. Posteriormente confirmou-se que à causa da morte foi a parada respiratória, mas o que aconteceu realmente como rosto desta sra. num espaço menor de uma hora?O laudo é cita sobre as configurações do mesmo, inclusive nas cavidades oculares, mas o que teria causado à perda do rosto ficou indeterminada. Mais estranho ainda é que na noite anterior aos fatos foram vistas bolas de luz voando nessa região rural e no início da madrugada os animais,como cachorros,gansos,e outros começaram à fazer um intenso barulh…

O caso Roswell nordestino: Queda de UFO na Bahia, em Janeiro de 1995

Por Ufo Bahia: Nessa data, as 09:00 horas, uma in­formante do G-PAZ, "M" da TV BAHIA me ligou contando uma mirabolante his­tória de queda de um UFO em Feira deSantana(BA) a 112 Km de Salvador. Umfazendeiro de apelido Beto, tinha ligadopara TV SUBAÉ daquela cidade oferecen­do – em troca de dinheiro – um furo dereportagem; um disco voador tinha caído na sua fazenda e ele tinha provas e ima­gens do fato!
Apenas depois do meio dia, conse­gui – por fim – falar com Beto, que apóssua proposta de negócio, ante minha (apa­rente) frieza, me contou com bastante de­talhes o acontecido. Soube que tambémtentara vender suas provas a TV BAHIA,onde procurou o repórter José Raimundo:
"Ontem pela madrugada caiu algu­ma coisa na minha fazenda, dentro de umalagoa. Era do tamanho de um fusca; aqui­lo ficou boiando parcialmente submerso,perto da beirada. Tentei puxar como pude,trazendo para perto de mim, com uma vara.Aquilo parecia um parto... (quando seabriu uma porta) começou primeiro a sa…