Pular para o conteúdo principal

Documentos militares são apresentados em evento no Canadá


A entrada do complexo da Montanha Cheyenne, centro de comando do Norad

Pesquisador obteve a liberação de diversos arquivos antes classificados da defesa aeroespacial conjunta entre esse país e os Estados Unidos

O evento Audiência Pública sobre UFOs do Canadá aconteceu dentro da programação da Alien Cosmic Expo, realizada em Ontário entre os dias 24 e 26 de fevereiro. O congresso teve a participação de figuras importantes da Ufologia Mundial, como Paul Hellyer, ex-primeiro ministro do Canadá, o líder do Paradigm Research Group (PRG) Stephen Bassett, Nick Pope, ex-funcionário do Ministério da Defesa Britânico (MoD), e o renomado ufólogo Stanton Friedman. Um dos grandes destaques foi a participação do pesquisador Victor Viggiani, que tem estudado aparições de UFOs e documentos oficiais há mais de três décadas.

Victor Viggiani apresentou documentos que obteve recorrendo à Lei de Liberdade de Informação canadense, e foram obtidos junto ao Comando de Defesa Aeroespacial Norte-Americano (Norad), que cobre Estados Unidos e Canadá. Os documentos apontam que em diversas ocasiões foram enviados caças para interceptar objetos voadores não identificados, em uma média de 75 ações dessas por ano. Viggiani destacou que somente são listados os casos nos quais os interceptadores se aproximaram o suficiente dos intrusos não somente para identificá-los visualmente, mas também para enquadrá-los em seus sistemas de mira. Além disso o pesquisador lembra que as ocorrências listadas nos documentos são somente aquelas que os oficiais do órgão estão dispostos a liberar.

O requerimento apresentado por Victor Viggiani pretendia que fosse apresentada uma relação completa de alvos de interesse, porém a resposta do Norad foi de que tal documentação é confidencial e não pode ser liberada para o público, pois é necessário um grau de acesso à informação somente para aqueles que têm necessidade de saber a respeito. Da documentação fazem parte seis páginas em forma de listas, nas quais alguns dos itens foram alterados ou censurados, deixando claro a natureza sensível da informação ali exibida. Viggiani afirma ter documentação relacionada a um caso descrito pelo ex-primeiro ministro do Canadá Paul Hellyer, no qual dois CF-18 canadenses perseguiram três UFOs em 2001 nas proximidades da Base Aérea Comox, atingindo altitudes de 10.500 m.


Victor Viggiani

POSSÍVEL EVIDÊNCIA FÍSICA ENCONTRADA

Outro documento, com data de 14 de novembro de 2008, é referente à descoberta de um fragmento metálico descrito como tendo feito parte de um veículo que viajou no espaço sideral. O fragmento foi recuperado por um piloto não identificado da área de Wollaston Lake, em Saskatchewan, e teria sido levado ao Conselho de Pesquisa Nacional em Ottawa. A Audiência Pública sobre UFOs foi um sucesso, e Stephen Bassett lembrou: "Em uma democracia constitucional o governo tem o direito de manter segredos, mas não de mentir para o público". E Viggiani, após ler um alerta impresso em um dos documentos do Norad, de que qualquer divulgação destes ameaça a segurança nacional e é um ato de espionagem contra os Estados Unidos, acrescentou: "Então estou divulgando estes documentos, e desafio o governo norte-americano a me processar".


O documento do Norad reafirmando que a relação dos alvos de interesse é confidencial

Leia os documentos obtidos por Victor Viggiani aquiaquiaquiaquiaqui aqui

Confira em vídeo parte da apresentação de Victor Viggiani:



FONTE: REVISTA UFO

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ovnis e estranhas criaturas próximos ao Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (RN)

Desde o ano de 2016 militares da Aeronáutica que trabalham na Barreira do Inferno já percebiam bolas de luzes alaranjadas como também feixes de luzes amarelados no céu noturno, bem próximo daquela região. Por desconhecerem totalmente a origem dessas luzes misteriosas e a finalidade delas, vários militares observavam intrigados e chegavam a comentar entre eles sobre esses fenômenos luminosos. Dias após a percepção dessas claridades no céu noturno, alguns militares começaram a perceber ao redor daquela localidade o aparecimento de criaturas vivas, de seres que não eram humanos. Um dos militares chegou a ver um "Urso Polar" e imediatamente comunicou a outros militares de plantão. Tal militar chegou a passar mal após a aparição de tal criatura. Já um outro militar flagrou uma outra criatura aparentando ser um "homem de grande porte" sair andando de dentro da água do mar. Outro militar relata que presenciou duas criaturas que de início pareciam apenas dois cachorros g…

Ovnis em Iporanga (SP)

Entrada da Casa de Pedra, caverna com maior boca do Mundo, 215 metros.

Iporanga em tupi significa “Rio Bonito” e foi palco da exploração de ouro no período colonial e, posteriormente da exploração de chumbo e zinco no século passado. Na região há famosas cavernas: Formação Iporanga e Formação Votuverava. Em Iporanga, efetuaram-se diversos estudos de mapeamento geológico e pesquisa mineral, sobretudo pela CPRM - Serviço Geológico do Brasil. A seção geológica mais conhecida é o famoso perfil Apiaí-Iporanga. A cidade atrai muitos visitantes por possuir lindas cachoeiras, piscinas naturais, vales, grutas e cavernas. Iporanga é a cidade que possui o maior número de cachoeiras em todo o Brasil, nas 365 cavernas cadastradas. O turista poderá praticar esportes radicais como o rapel, canyonismo e trekking. Atrativos culturais podem ser visitados como o museu da cidade, a Igreja Matriz e as casas com o estilo colonial. Por todos estes motivos, Iporanga é considerada um dos mais importantes cent…

O caso Roswell nordestino: Queda de UFO na Bahia, em Janeiro de 1995

Por Ufo Bahia: Nessa data, as 09:00 horas, uma in­formante do G-PAZ, "M" da TV BAHIA me ligou contando uma mirabolante his­tória de queda de um UFO em Feira deSantana(BA) a 112 Km de Salvador. Umfazendeiro de apelido Beto, tinha ligadopara TV SUBAÉ daquela cidade oferecen­do – em troca de dinheiro – um furo dereportagem; um disco voador tinha caído na sua fazenda e ele tinha provas e ima­gens do fato!
Apenas depois do meio dia, conse­gui – por fim – falar com Beto, que apóssua proposta de negócio, ante minha (apa­rente) frieza, me contou com bastante de­talhes o acontecido. Soube que tambémtentara vender suas provas a TV BAHIA,onde procurou o repórter José Raimundo:
"Ontem pela madrugada caiu algu­ma coisa na minha fazenda, dentro de umalagoa. Era do tamanho de um fusca; aqui­lo ficou boiando parcialmente submerso,perto da beirada. Tentei puxar como pude,trazendo para perto de mim, com uma vara.Aquilo parecia um parto... (quando seabriu uma porta) começou primeiro a sa…