Pular para o conteúdo principal

Desenvolvimento do foguete mais poderoso da NASA acaba de alcançar marco importante



A NASA espera lançar no fim de 2018 o seu Space Launch System (SLS) — um poderoso foguete da próxima geração capaz de exercer empuxo de 907 toneladas. Os engenheiros da agência terminaram a construção de uma plataforma suficientemente robusta para testar o seu enorme tanque de combustível. Um marco importante para o projeto e mais um passo em direção à viagem de humanos para Marte.

A construção na plataforma de teste 4693 começou em maio de 2014 e foi concluída em dezembro de 2016. A estrutura tem 67 metros de altura e está localizada no Centro de Voos Espaciais Marshall, em Huntsville, Alabama. Para comemorar o fim da importante fase de construção, a NASA lançou um timelapse de 60 segundos, mostrando a plataforma durante sua construção.



Os engenheiros agora estão instalando o equipamento necessário para testar o maior tanque de combustível do foguete, incluindo cabos, tubos, válvulas, sistemas de controle, câmeras, iluminação e equipamentos de teste especificamente desenvolvidos para o teste.

Este local de testes será importantíssimo para garantir que o tanque de mais de 2 milhões de litros de hidrogênio líquido possa suportar as forças extremas a que terá que resistir durante o lançamento. O tanque faz parte do enorme estágio central de quatro motores do SLS, que está programado para enviar a nave espacial Orion e seus quatro ocupantes em uma jornada ao redor da Lua. É importante ressaltar que se trata da mesma tecnologia necessária para a viagem até Marte.


O enorme tanque de combustível que será testado na nova plataforma em Marshall. Imagem: NASA/MAF/Steven Seipel.

“A escala e a capacidade desta plataforma de teste são únicas, e foram necessárias pessoas de todo o país, de todos os setores, para criá-la — fornecedores e finalizadores de concreto, fabricantes de aço, parafusos e mais”, observou Robert Bobo, gerente do teste de resistência estrutural do SLS no Marshall. “Todos envolvidos nisso estão orgulhosos do Space Launch System, um foguete americano que enviará astronautas o mais longe no espaço em que os humanos já estiveram.”

A nova plataforma foi desenvolvida para simular as poderosas dinâmicas de lançamento e voo, empurrando, puxando e dobrando um protótipo do tanque de hidrogênio líquido de 45,4 metros, recentemente construído pela Boeing, na Instalação de Montagem da NASA em Michoud, Nova Orleans. Um tanque tão grande e pesado que precisará ser enviado para o local de testes em uma barcaça. Uma vez montado na plataforma, o tanque de hidrogênio líquido, junto com o de oxigênio líquido, abastecerá 2,7 milhões de litros de propulsor super-resfriado para os quatro motores RS-25, produzindo 907 toneladas de empuxo na base do estágio central.


Behold Pegasus, a barcaça que irá transportar partes do Space Launch System. Imagem: NASA/Michoud/Steven Seipel.

Um total de 38 cilindros hidráulicos, com pesos variando entre 226,7 kg a 1,4 tonelada, serão posicionados em determinados pontos ao longo do tanque para simular o empuxo produzido pelos motores RS-25. Durante o teste, esses cilindros vão se estender e retrair, empurrando e puxando, em diferentes combinações, para expor o tanque de hidrogênio às condições esperadas no lançamento.

Os cilindros são capazes de aplicar 907 toneladas de força de puxação e esmagamento e até 154,2 toneladas de força de cisalhamento. Com isso, mais de 3.500 medições individuais serão feitas, incluindo de temperatura e pressão. Mais de 30 testes diferentes estão marcados, em um processo que levará vários meses.

Por último, a nova plataforma será equipada com câmeras de alta definição, então se prepare para umas imagens bem legais quando os testes começarem neste ano!

[NASA]

Imagens: NASA

FONTE: GIZMODO BRASIL

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ovnis e estranhas criaturas próximos ao Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (RN)

Desde o ano de 2016 militares da Aeronáutica que trabalham na Barreira do Inferno já percebiam bolas de luzes alaranjadas como também feixes de luzes amarelados no céu noturno, bem próximo daquela região. Por desconhecerem totalmente a origem dessas luzes misteriosas e a finalidade delas, vários militares observavam intrigados e chegavam a comentar entre eles sobre esses fenômenos luminosos. Dias após a percepção dessas claridades no céu noturno, alguns militares começaram a perceber ao redor daquela localidade o aparecimento de criaturas vivas, de seres que não eram humanos. Um dos militares chegou a ver um "Urso Polar" e imediatamente comunicou a outros militares de plantão. Tal militar chegou a passar mal após a aparição de tal criatura. Já um outro militar flagrou uma outra criatura aparentando ser um "homem de grande porte" sair andando de dentro da água do mar. Outro militar relata que presenciou duas criaturas que de início pareciam apenas dois cachorros g…

Ovnis em Iporanga (SP)

Entrada da Casa de Pedra, caverna com maior boca do Mundo, 215 metros.

Iporanga em tupi significa “Rio Bonito” e foi palco da exploração de ouro no período colonial e, posteriormente da exploração de chumbo e zinco no século passado. Na região há famosas cavernas: Formação Iporanga e Formação Votuverava. Em Iporanga, efetuaram-se diversos estudos de mapeamento geológico e pesquisa mineral, sobretudo pela CPRM - Serviço Geológico do Brasil. A seção geológica mais conhecida é o famoso perfil Apiaí-Iporanga. A cidade atrai muitos visitantes por possuir lindas cachoeiras, piscinas naturais, vales, grutas e cavernas. Iporanga é a cidade que possui o maior número de cachoeiras em todo o Brasil, nas 365 cavernas cadastradas. O turista poderá praticar esportes radicais como o rapel, canyonismo e trekking. Atrativos culturais podem ser visitados como o museu da cidade, a Igreja Matriz e as casas com o estilo colonial. Por todos estes motivos, Iporanga é considerada um dos mais importantes cent…

O caso Roswell nordestino: Queda de UFO na Bahia, em Janeiro de 1995

Por Ufo Bahia: Nessa data, as 09:00 horas, uma in­formante do G-PAZ, "M" da TV BAHIA me ligou contando uma mirabolante his­tória de queda de um UFO em Feira deSantana(BA) a 112 Km de Salvador. Umfazendeiro de apelido Beto, tinha ligadopara TV SUBAÉ daquela cidade oferecen­do – em troca de dinheiro – um furo dereportagem; um disco voador tinha caído na sua fazenda e ele tinha provas e ima­gens do fato!
Apenas depois do meio dia, conse­gui – por fim – falar com Beto, que apóssua proposta de negócio, ante minha (apa­rente) frieza, me contou com bastante de­talhes o acontecido. Soube que tambémtentara vender suas provas a TV BAHIA,onde procurou o repórter José Raimundo:
"Ontem pela madrugada caiu algu­ma coisa na minha fazenda, dentro de umalagoa. Era do tamanho de um fusca; aqui­lo ficou boiando parcialmente submerso,perto da beirada. Tentei puxar como pude,trazendo para perto de mim, com uma vara.Aquilo parecia um parto... (quando seabriu uma porta) começou primeiro a sa…