Pular para o conteúdo principal

A aterrissagem da Huygens em Titã: Dez anos depois


Impressão artística da área em redor do local de aterragem da Huygens, com base em imagens e dados recolhidos pela sonda no dia 14 de Janeiro de 2005.
Crédito: ESA - C. Carreau

Há dez anos atrás, a Humanidade obteve o seu primeiro olhar de perto de uma lua estranha e fria que pode ser capaz de suportar vida como a conhecemos.

A sonda Huygens da ESA pousou à superfície da grande lua de Saturno, Titã, no dia 14 de Janeiro de 2005, três semanas após se libertar da nave-mãe, a Cassini da NASA. Pela primeira vez na história, um emissário da Terra pousou suavemente num mundo do Sistema Solar exterior.

"Lembro-me claramente da sensação de sonho que é estar num universo um momento e noutro universo no momento seguinte," escreve Carolyn Porco, líder da equipa de imagem da Cassini, num texto acerca da aterragem da Huygens. "Mas não foi um sonho. Tínhamos, sem dúvida, viajado até Titã, 10 vezes mais longe do Sol do que a Terra, e tocado Titã. O Sistema Solar pareceu subitamente um local muito mais pequeno."

A Cassini chegou ao sistema saturniano em Julho de 2004 e, portanto, já havia observado Titã quando a Huygens aí pousou. Mas o módulo de aterragem enviou de volta informações impossíveis de obter sem ser de perto, um tesouro de dados que começou durante a descida de duas horas e meia da Huygens através da atmosfera espessa da lua.

"As imagens capturadas pela sonda e anunciadas ao público nessa mesma noite eram tudo o que as imagens de órbita não eram: imagens da superfície da lua, requintadamente detalhadas e sem filtros, que contavam uma história inequívoca," escreve Porco.

Vistas aéreas do local de aterragem da Huygens, capturadas pela sonda quando descia pela atmosfera de Titã.
Crédito: ESA/NASA/JPL/Universidade do Arizona

Essas fotografias revelaram o que parecia ser uma linha costeira, bem como canais sinuosos obviamente esculpidos por líquidos, acrescenta. Mas esse líquido não era a água; Titã tem um sistema meteorológico com base em hidrocarbonetos.

"Eram evidências circunstanciais mas incontestáveis da presença de hidrocarbonetos líquidos que tínhamos dificuldade em encontrar a partir de órbita, evidências incrivelmente emocionantes," escreve. "Depois da aterragem, seguiu-se outra visão inesquecível, por baixo de um céu nublado um chão coberto por seixos que se estendia até ao horizonte da lua."

A Huygens enviou dados para a Terra a partir da superfície gelada durante 72 minutos, antes de ficar sem bateria.

As medições e observações da Huygens ajudaram a levantar o véu de mistério que envolvia Titã. Por exemplo, a Huygens obteve um perfil detalhado da atmosfera de Titã, dominada por nitrogênio, recolhendo leituras da temperatura, pressão e densidade ao longo de uma gama ampla de altitudes.

Além disso, as análises do metano atmosférico pela Huygens não suportaram a sugestão de que o elemento químico era produzido por micróbios (a maioria do metano encontrado na atmosfera da Terra tem uma origem biológica).

Para comemorar o aniversário, a ESA compilou uma lista das 10 descobertas mais importantes da Huygens.


Na década que se seguiu desde a aterragem da sonda Huygens em Titã, o conhecimento científico sobre esta lua nublada de Saturno cresceu imenso.
Crédito: NASA/JPL-Caltech

Apesar da Huygens ter cessado operações pouco depois de pousar em Titã, a Cassini continua a estudar a grande lua (juntamente com o próprio Saturno e muitas outras luas). Por exemplo, ao longo de mais de 100 passagens, a Cassini mapeou grande parte da superfície de Titã e, usando radar, analisou a profundidade de alguns dos maiores mares de hidrocarbonetos da lua. Adicionalmente, as medições de gravidade sugerem que Titã contém um oceano subsuperficial de água líquida.

A missão Cassini-Huygens de 3,2 mil milhões de dólares - um esforço conjunto da NASA, da ESA e da Agência Espacial Italiana - foi lançada em 1997. A sonda Cassini vai continuar a fazer observações até Setembro de 2017. Quando terminar a sua missão, fará um mergulho intencional de morte na espessa atmosfera do planeta.



FONTE: ASTRONOMIA ONLINE

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ovnis e estranhas criaturas próximos ao Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (RN)

Desde o ano de 2016 militares da Aeronáutica que trabalham na Barreira do Inferno já percebiam bolas de luzes alaranjadas como também feixes de luzes amarelados no céu noturno, bem próximo daquela região. Por desconhecerem totalmente a origem dessas luzes misteriosas e a finalidade delas, vários militares observavam intrigados e chegavam a comentar entre eles sobre esses fenômenos luminosos. Dias após a percepção dessas claridades no céu noturno, alguns militares começaram a perceber ao redor daquela localidade o aparecimento de criaturas vivas, de seres que não eram humanos. Um dos militares chegou a ver um "Urso Polar" e imediatamente comunicou a outros militares de plantão. Tal militar chegou a passar mal após a aparição de tal criatura. Já um outro militar flagrou uma outra criatura aparentando ser um "homem de grande porte" sair andando de dentro da água do mar. Outro militar relata que presenciou duas criaturas que de início pareciam apenas dois cachorros g…

Ovnis em Iporanga (SP)

Entrada da Casa de Pedra, caverna com maior boca do Mundo, 215 metros.

Iporanga em tupi significa “Rio Bonito” e foi palco da exploração de ouro no período colonial e, posteriormente da exploração de chumbo e zinco no século passado. Na região há famosas cavernas: Formação Iporanga e Formação Votuverava. Em Iporanga, efetuaram-se diversos estudos de mapeamento geológico e pesquisa mineral, sobretudo pela CPRM - Serviço Geológico do Brasil. A seção geológica mais conhecida é o famoso perfil Apiaí-Iporanga. A cidade atrai muitos visitantes por possuir lindas cachoeiras, piscinas naturais, vales, grutas e cavernas. Iporanga é a cidade que possui o maior número de cachoeiras em todo o Brasil, nas 365 cavernas cadastradas. O turista poderá praticar esportes radicais como o rapel, canyonismo e trekking. Atrativos culturais podem ser visitados como o museu da cidade, a Igreja Matriz e as casas com o estilo colonial. Por todos estes motivos, Iporanga é considerada um dos mais importantes cent…

O caso Roswell nordestino: Queda de UFO na Bahia, em Janeiro de 1995

Por Ufo Bahia: Nessa data, as 09:00 horas, uma in­formante do G-PAZ, "M" da TV BAHIA me ligou contando uma mirabolante his­tória de queda de um UFO em Feira deSantana(BA) a 112 Km de Salvador. Umfazendeiro de apelido Beto, tinha ligadopara TV SUBAÉ daquela cidade oferecen­do – em troca de dinheiro – um furo dereportagem; um disco voador tinha caído na sua fazenda e ele tinha provas e ima­gens do fato!
Apenas depois do meio dia, conse­gui – por fim – falar com Beto, que apóssua proposta de negócio, ante minha (apa­rente) frieza, me contou com bastante de­talhes o acontecido. Soube que tambémtentara vender suas provas a TV BAHIA,onde procurou o repórter José Raimundo:
"Ontem pela madrugada caiu algu­ma coisa na minha fazenda, dentro de umalagoa. Era do tamanho de um fusca; aqui­lo ficou boiando parcialmente submerso,perto da beirada. Tentei puxar como pude,trazendo para perto de mim, com uma vara.Aquilo parecia um parto... (quando seabriu uma porta) começou primeiro a sa…