Pular para o conteúdo principal

Cientistas realmente encontraram indícios de vida extraterrestre em um cometa?



Esta semana, vários veículos noticiaram que o cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko – onde pousamos com o módulo Philae – poderia abrigar vida alienígena. Mas, segundo o io9, diversos cientistas estão bastante céticos quanto a esta alegação.

>>> Sonda Rosetta identificou enormes sumidouros na superfície do cometa 67P

Os astrobiólogos Max Wallis e Chandra Wickramasinghe afirmaram no Encontro Nacional de Astronomia em Llandudno, País de Gales, que certas características do cometa 67P são o resultado de microrganismos que vivem abaixo de sua superfície gelada.

Isso inclui a sua crosta negra de hidrocarbonetos, o gelo abaixo da superfície, crateras de fundo plano e liso, entre outros. Wickramasinghe afirmou no evento:

O que estamos dizendo é que os dados provenientes do cometa parecem inequivocamente, na minha opinião, apontar para o envolvimento de microrganismos na formação das estruturas de gelo, a preponderância de hidrocarbonetos aromáticos, e a superfície muito escura… Isso não é facilmente explicado em termos de química prebiótica.

Primeiro, ele diz “inequivocamente”; depois, emenda com um “na minha opinião”. Isso, por si só, já é um enorme alerta vermelho – e tem mais.

A astrofísica Jillian Scudder, que estava presente na conferência, disse que os pesquisadores não ofereceram “nenhuma evidência extraordinária” para sustentar a alegação de que há vida no cometa: “na verdade, a maior parte da palestra foi para apresentar variações na geologia; a hipótese de vida foi enxertada no final”.

Cientistas da missão Rosetta, que levou o módulo Philae para o cometa, já desconsideraram essas alegações de que há vida alienígena por lá. Matt Taylor chamou isso de “pura especulação”; Monica Grady, por sua vez, disse que a ideia é “altamente improvável”.

O comunicado à imprensa basicamente diz que o cometa tem água e produtos orgânicos, mas isso não é necessariamente sinal de vida. Thomas Gautier, pesquisador da NASA, explica ao io9:

Moléculas orgânicas de forma alguma servem como prova de vida, pois podem se formar muito facilmente através de diversos processos abióticos (sem vida). A formação de moléculas orgânicas abióticas é bem conhecida no laboratório, e amplamente difundida através do sistema solar.

Para piorar a situação, Wickramasinghe é conhecido por divulgar hipóteses bem absurdas. Ele disse que fósseis alienígenas foram encontrados em meteoritos; que a NASA está escondendo provas de vida em Marte; e que a gripe e SARS vêm do espaço. O astrônomo e blogueiro Phil Plait, do Bad Astronomy, dedicou nada menos que nove posts para desbancar ideias espúrias do cientista nos últimos anos.

Ou seja, não fique tão ansioso para que os cientistas descubram vida no cometa 67P. Afinal, a missão é emocionante por si só: seu objetivo é testar a panspermia, ou seja, a hipótese de que os blocos essenciais da vida – não necessariamente seres vivos – se originaram em outros lugares do universo, viajando pelo espaço em cometas e asteroides que colidiram na Terra. Além disso, o Philae pode nos ajudar a entender a origem do nosso sistema solar.

FONTE: http://gizmodo.uol.com.br/

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ovnis e estranhas criaturas próximos ao Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (RN)

Desde o ano de 2016 militares da Aeronáutica que trabalham na Barreira do Inferno já percebiam bolas de luzes alaranjadas como também feixes de luzes amarelados no céu noturno, bem próximo daquela região. Por desconhecerem totalmente a origem dessas luzes misteriosas e a finalidade delas, vários militares observavam intrigados e chegavam a comentar entre eles sobre esses fenômenos luminosos. Dias após a percepção dessas claridades no céu noturno, alguns militares começaram a perceber ao redor daquela localidade o aparecimento de criaturas vivas, de seres que não eram humanos. Um dos militares chegou a ver um "Urso Polar" e imediatamente comunicou a outros militares de plantão. Tal militar chegou a passar mal após a aparição de tal criatura. Já um outro militar flagrou uma outra criatura aparentando ser um "homem de grande porte" sair andando de dentro da água do mar. Outro militar relata que presenciou duas criaturas que de início pareciam apenas dois cachorros g…

Ovnis em Iporanga (SP)

Entrada da Casa de Pedra, caverna com maior boca do Mundo, 215 metros.

Iporanga em tupi significa “Rio Bonito” e foi palco da exploração de ouro no período colonial e, posteriormente da exploração de chumbo e zinco no século passado. Na região há famosas cavernas: Formação Iporanga e Formação Votuverava. Em Iporanga, efetuaram-se diversos estudos de mapeamento geológico e pesquisa mineral, sobretudo pela CPRM - Serviço Geológico do Brasil. A seção geológica mais conhecida é o famoso perfil Apiaí-Iporanga. A cidade atrai muitos visitantes por possuir lindas cachoeiras, piscinas naturais, vales, grutas e cavernas. Iporanga é a cidade que possui o maior número de cachoeiras em todo o Brasil, nas 365 cavernas cadastradas. O turista poderá praticar esportes radicais como o rapel, canyonismo e trekking. Atrativos culturais podem ser visitados como o museu da cidade, a Igreja Matriz e as casas com o estilo colonial. Por todos estes motivos, Iporanga é considerada um dos mais importantes cent…

O caso Roswell nordestino: Queda de UFO na Bahia, em Janeiro de 1995

Por Ufo Bahia: Nessa data, as 09:00 horas, uma in­formante do G-PAZ, "M" da TV BAHIA me ligou contando uma mirabolante his­tória de queda de um UFO em Feira deSantana(BA) a 112 Km de Salvador. Umfazendeiro de apelido Beto, tinha ligadopara TV SUBAÉ daquela cidade oferecen­do – em troca de dinheiro – um furo dereportagem; um disco voador tinha caído na sua fazenda e ele tinha provas e ima­gens do fato!
Apenas depois do meio dia, conse­gui – por fim – falar com Beto, que apóssua proposta de negócio, ante minha (apa­rente) frieza, me contou com bastante de­talhes o acontecido. Soube que tambémtentara vender suas provas a TV BAHIA,onde procurou o repórter José Raimundo:
"Ontem pela madrugada caiu algu­ma coisa na minha fazenda, dentro de umalagoa. Era do tamanho de um fusca; aqui­lo ficou boiando parcialmente submerso,perto da beirada. Tentei puxar como pude,trazendo para perto de mim, com uma vara.Aquilo parecia um parto... (quando seabriu uma porta) começou primeiro a sa…